Asterix (de Albert Uderzo e René Goscinny)

Asterix (em francês: Astérix) é um personagem de histórias em quadrinhos criada em 1959 na França por Albert Uderzo e René Goscinny. Após o falecimento de Goscinny, Uderzo deu continuidade ao trabalho, com a colaboração de Sylvie, filha de Uderzo.

As histórias de Asterix foram traduzidas para mais de 100 idiomas, sendo populares ao redor da Europa, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, América do Sul, África e Ásia. Porém não são muito conhecidas nos Estados Unidos e Japão.

Até aos dias de hoje foram lançados 33 álbuns com o personagem, um dos quais é uma compilação de histórias curtas. Asterix também inspirou 11 adaptações para o cinema (8 animações e 3 com atores), jogos, brinquedos e um parque temático.

História
Estamos no ano 50 antes de Cristo. Toda a Gália foi ocupada pelos romanos… Toda? Não! Uma aldeia povoada por irredutíveis gauleses ainda resiste ao invasor. E a vida não é nada fácil para as guarnições de legionários romanos nos campos fortificados de Babaorum, Aquarium, Laudanum e Petibonum…

Este é o prólogo de todas as edições dos livros de Asterix, o gaulês.

O personagem reside, com seus amigos, em uma pequena aldeia na Armórica ao norte da antiga Gália, resistindo ao domínio romano. Para enfrentar as legiões, contam com a ajuda de uma poção mágica, que lhes dá força sobre-humana, preparada pelo druida Panoramix. A exceção é Obelix, que caiu dentro de um caldeirão com a poção quando ainda era bebê, e por isso adquiriu permanentemente a superforça.

Personagens
• Asterix, o herói Gaulês e melhor amigo de Obelix. O seu nome provém da palavra asterisque (asterisco).
• Obelix, o distribuidor de menires e amigo de Asterix, possui força sobre-humana permanente porque caiu dentro do caldeirão de poção quando era bebê. Adora seu cachorrinho Ideiafix. Só pensa em duas coisas: comer javali e bater nos romanos. Seu nome provém do francês Obelisque obelisco e está relacionado a seu trabalho com menires.
• Panoramix, o velho druida que aconselha Asterix, Obelix e o chefe Abracourcix, é o único a saber preparar a poção mágica. O seu nome provém da palavra panoramique (panorâmico).
• Matasetix ou Abracourcix (no original, Abraracourcix), o chefe da aldeia. O seu nome provém do original francês à bras raccourcis (braço partido), em português evoca “abra um curso”.
• Cacofonix ou Chatotorix, (no original, Assurancetourix), o bardo. Péssimo cantor, mas bom companheiro. O seu nome provém do francês assurance tous risques (seguro contra todos os riscos).
• Ideiafix (no original, Idéfix), o cão de Obelix. O seu nome provém do francês ideé fixe (idéia fixa).
• Decanonix ou Veteranix ((no original, Agecanonix), o ancião da aldeia, também conhecido como Geriatrix em algumas versões. O seu nome provém do francês age canonique (idade canônica).
• Éautomatix ou Automatix (no original, Cétautomatix), o ferreiro que sempre critica a qualidade dos peixes vendidos por Ordenalfabetix. O seu nome provém do francês c’est automatique (é automático).
• Ordemalfabetix ou Ordenalfabetix (no original, Ordralfabetix), o peixeiro que sempre está brigando com Automatix por causa de suas críticas. O seu nome provém do francês ordre alfabetix (ordem alfabética).
• Júlio César, o majestoso e inteligente imperador romano, inimigo dos gauleses.
• Boapinta ou Naftalina, (no original, Bonemine) é a mulher de Abracurcix, sempre arrependida de ter casado com este. Seu nome, no original (Bonemine), vem do francês bonne mine, significando “estar em forma”, “estar bem”, “disposta”.

Humor
O humor de Asterix é tipicamente francês, com trocadilhos, caricaturas e estereótipos.

Estereótipos e alusões
Asterix e Obelix encontram muitas alusões ao século XX em suas jornadas. Os godos são militaristas, lembrando os alemães dos séculos XIX e XX; os bretões são fleumáticos, educados, falam ao contrário (numa tradução direta do inglês, como “Eu peço seu o perdão?”), tomam cerveja quente e água quente com leite (até Asterix trazer o chá) e conduzem do lado esquerdo da estrada; a Hispânia é um local cheio de pessoas de sangue quente e turistas; e os lusitanos são baixinhos e educados (Uderzo disse que todo os portugueses que ele conhecera eram assim). Há também humor com franceses: os normandos comem tudo com creme, e os corsos são preguiçosos e têm queijos nauseabundos.

Existem muitas caricaturas, como o burocrata de Obelix e Companhia baseado em Jacques Chirac. Alguns personagens que servem de alusão ao local visitado: a Cleópatra é inspirada em Elizabeth Taylor, ao visitar a Bretanha encontram-se quatro bardos famosos lembrando os Beatles, encontram na Bélgica Dupond e Dupont de Tintin, e na Hispânia Dom Quixote e Sancho Pança. Nos livros mais recentes aumentam as paródias, com o espião Zerozerosix, baseado em Sean Connery, o escravo Spartakis, baseado em Kirk Douglas, e um alienígena inspirado em Mickey Mouse.

Linguagem
Uma das bases do humor são os trocadilhos, a começar pelos protagonistas, batizados com os símbolos para notas de rodapé: asterisco (*) e obelisco (†). Para aumentar os trocadilhos, todos os povos têm terminações comuns de nomes: os gauleses terminam em -ix (em possível citação a Vercingetorix) e as gaulesas em -a (Naftalina, Iellousubmarina), os romanos em -us (Acendealus, Apagalus, General Motus), normandos em -af (Batiscaf, Telegraf), bretões em -ax e -os (Relax, Godseivezekingos), egípcios em -is (Pedibis, Quadradetenis), gregos em -os e -as(Okeibos, Plexiglas), vikings em -sen (Kerosen, Franksen), godos em -ic (Clodoric, Eletric), e hispânicos nomes compostos (Conchampiñon & Champignon, Lindonjonsón & Nixón).

Línguas estrangeiras tem representação diferente:
Iberos: Igual ao espanhol, inversão e exclamações (‘¡’) e interrogações (‘¿’)
Godo: escrita gótica (gauleses não entendem)
Viking: Ø e Å no lugar de O e A (gauleses não entendem)
Índios americanos: Pictogramas (gauleses não entendem)
Egípcios: hieróglifos com notas de rodapé (gauleses não entendem)
Grego: letras retas, esculpidas

Piadas recorrentes
• O bordão de Obelix é “Esses [nome do povo] são uns loucos”, sendo “romanos” o povo mais freqüente.
• O péssimo canto de Chatotorix (que em livros tardios enerva os deuses e leva à chuva), geralmente impedido por Automatix.
• Automatix reclamar dos peixes de Ordenalfabetix, iniciando uma briga entre toda a aldeia.
• Obelix requisitar poção mágica apesar desta ter efeito permanente nele (em A Galera de Obelix, ele acaba por tomá-la com graves consequências).
• Legionários reclamarem após serem espancados ou fazendo trabalhos tediosos (“alistem-se, diziam eles”).
• A gula de Obelix.
• Um grupo de piratas (paródia de Barbe Rouge, uma história contemporânea) que ao se encontrar com Asterix e Obelix, geralmente têm seu navio afundado (às vezes, eles até sacrificam o seu próprio barco para evitar a surra dos gauleses).
• Chatotorix ser amarrado na hora do banquete para que não possa canta

Revisionismo

Algumas piadas provém de fatos históricos:
após atravessar o canal da Mancha Obelix sugere um túnel sob esse mesmo canal, e um bretão responde que já planejam construir;
Obelix derruba o nariz da Esfinge;
Asterix diz à Cleópatra para apelar aos gauleses para, por exemplo, eles construírem um canal entre o Mediterrâneo e o Mar Vermelho;
Os gregos impedem substâncias que dão força extra nas Olimpíadas;
Asterix introduz o chá na Inglaterra;
Os menires de Obelix viram as rochas de Carnac;
Muitas vezes a aparição de Brutus alude á sua participação na morte de César

Cinema
Algumas histórias de Asterix foram transformadas em filmes de animação e filmes com actores.

Animação
Asterix, o Gaulês – 1967
Asterix e Cleópatra – 1968
Os 12 Trabalhos de Asterix – 1976
Asterix e a Surpresa de César – 1985
Asterix Entre os Bretões – 1986
A Grande Luta – 1989
Asterix Conquista a América – 1995
Asterix e Obelix e Os vikings – 2006

Filmes
Asterix e Obelix contra César (1999) – De Claude Zidi. Com Gérard Depardieu (Obelix) e Christian Clavier (Asterix)
Asterix e Obelix: Missão Cleópatra (2002) – De Alain Chabat. Com Gérard Depardieu (Obelix), e Christian Clavier (Asterix).
Asterix nos Jogos Olímpicos (2008), com Gérard Depardieu (Obelix) e Clovis Cornillac (Asterix)

Livros
– Asterix o Gaulês (1961)
O centurião romano Caius Bonus, após descobrir sobre a poção mágica sequestra Panoramix para descobrir como fazê-la.
– A Foice de Ouro (1962)
Panoramix quebra sua foice, e Asterix e Obelix vão comprar outra em Lutécia.
– Asterix e os Godos (1963)
Panoramix é sequestrado pelos godos, e Asterix e Obelix vão à Germânia resgatá-lo.
– Asterix Gladiador (1964)
Chatotorix é sequestrado pelos romanos como presente para César, e Asterix e Obelix vão a Roma. Para conseguir resgatá-lo, entram para a escola de gladiadores.
– A Volta à Gália (1965)
Após um romano começar a isolar a aldeia com uma paliçada, Asterix propõe a ele desistir após um banquete com comidas pegas ao redor da Gália (num trajeto parecido com o Tour de France).
– Asterix e Cleópatra (1965)
O arquiteto egípcio Numerobis é incumbido pela rainha Cleópatra de construir um palácio para Júlio César em três meses, para que Cleópatra ganhe uma aposta feita com o imperador romano. Por sorte, seu pai conheceu Panoramix e vai pedir ajuda ao druída e a Asterix e Obelix.
– O Combate dos Chefes (1966)
Um chefe de aldeia simpático aos romanos propõe um duelo a Abracurcix, valendo a aldeia. No meio-tempo, Panoramix é atingido por um menir e enlouquece.
– Asterix e os Bretões (1966)
Após conquistar quase toda a Gália, César decide invadir a Bretanha (atual Reino Unido). Apenas uma aldeia resiste, e Cinemapax, um contraparente de Asterix, resolve ir à Gália para pedir a ajuda de seu primo e da poção de Panoramix.
– Asterix e os Normandos (1967)
Abracurcix recebe seu sobrinho covarde, Calhambix, com a missão de torná-lo um homem. No meio-tempo, normandos vêm á Gália em busca do “campeão do medo”.
– Asterix Legionário (1967)
Obelix se apaixona por Falbalá – e ao descobrir que o noivo desta, Tragicomix fora alistado à força e mandado para a África, Asterix e Obelix entram na legião romana para resgatá-lo.
– O Escudo Arverno (1968)
Abracurcix é enviado para uma estância hidroterápica por estar doente, Asterix e Obelix vão para Gergóvia, e César busca o escudo de Vercingetorix.
– Asterix nos Jogos Olímpicos (1968)
Asterix descobre que os romanos e os gregos participam, de quatro em quatro anos, de uma competição chamada jogos olímpicos. Como a Gália está ocupada pelo Império Romano, Asterix pode participar dos jogos, como representante da Gália. Mas há um problema: ele não pode usar a poção de Panoramix…
– Asterix e o Caldeirão (1969)
Um gaulês deixa um caldeirão cheio de serstécios na aldeia por segurança – e após o dinheiro sumir, Asterix e Obelix buscam recuperá-los.
Asterix na Hispânia (1969)
O filho do chefe da última aldeia resistente à ocupação na Hispânia é sequestrado e levado para a Gália – e Asterix e Obelix resolvem levá-lo de volta.
– A Cizânia (1970)
César decide conquistar a aldeia acabando com a união dos gauleses – para isso, usa um romano especializado em discórdia, Tulius Detritus.
– Asterix entre os Helvécios (1970)
Um questor romano é envenenado pelo governador da Gália, e apela á Panoramix – porém a poção antídoto exige uma flor montanhosa, que Asterix e Obelix vão buscar na Helvécia.
– O Domínio dos Deuses (1971)
Para conquistar a aldeia César começa a construir um grande hotel, o Domínio dos Deuses, na floresta que a circunda.
– Os Louros de César (1972)
Um bêbado Abracurcix promete ao cunhado um guisado temperado com a coroa de louros de César, e Asterix e Obelix acabam em Roma tentando conquistá-la.
– O Adivinho (1972)
Enquanto Panoramix está ausente, um adivinho começa a se aproveitar da credulidade dos gauleses.
– Asterix na Córsega (1973)
Após descobrirem um líder corso seqüestrado, Asterix e Obelix resolvem acompanhá-lo de volta para casa.
– O presente de César (1974)
César dá a um legionário por seaposentar, as terras da aldeia, e este legionário repassa-as a um taverneiro, que vai reclamar seu terreno.
– A Grande Travessia (1975)
Asterix e Obelix vão pescar – e acabam por chegar à América do Norte.
– Obelix e Companhia (1976)
Para desunir a aldeia, um assessor de César começa a comprar os menires de Obelix, estimulando a concorrência na aldeia.
Asterix entre os Belgas (1979)
Abracourcix não se conforma com o fato de César achar os belgas o povo mais bravo da Gália e vai à Bélgica tirar satisfações.
– O Grande Fosso (1980) – (O primeiro álbum realizado sem a contribuição de Goscinny)
Asterix e Obelix se envolvem com uma aldeia separada por um fosso, as rivalidades de seus dois chefes e as artimanhas de um gaulês traidor que quer se casar com a filha de um dos chefes.
– A Odisséia de Asterix (1981)
Asterix e Obelix viajam até a Galiléia conseguir petróleo para o druida acompanhados por um druida espião Zerozerosix (feito à imagem de Sean Connery, ator de 007).
– O Filho de Asterix (1983)
Um bebê é deixado na porta da casa de Asterix, que se vê obrigado a encontrar seus verdadeiros pais – ninguém menos que César e Cleópatra.
– As 1001 Horas de Asterix (1987)
Asterix e Obelix vão à Índia com Chatotorix para que o bardo use sua voz para fazer chover e livrar a princesa Jade de ser executada.
– A Rosa e o Gládio (1991)
Os guerreiros se envolvem com a galanteria gaulesa, a liberação feminina e uma nova e diferente legião de legionário(a)s.
– A galera de Obelix (1994)
Escravos roubam a galera de César e a escondem na aldeia gaulesa; Obelix se transforma em granito ao beber a poção mágica e Asterix e o druida vão com os escravos atrás de uma possível cura.
– Asterix e Latraviata (2001)
Os romanos usam uma atriz idêntica à bela Falbala para que ela recupere o gládio e o elmo de Pompeu, dados de presente a Asterix e Obelix por seus pais.
– Asterix: O dia em que o céu caiu (2005-França)
Os gauleses recebem a visita de estranhos seres espaciais que querem confiscar a poção mágica (referências a Walt Disney, aos mangás e ao Schwarzenegger).
Asterix e a volta às aulas / Asterix e o Regresso dos Gauleses – (2007-Brasil) – (2003-França / Portugal)
Coleção de histórias curtas publicadas na revista Pilote.

Além disso há álbuns dos filmes:
– Asterix e os índios
Semelhante ao álbum “A grande travessia”
– A Surpresa de César
Semelhante aos álbuns “Asterix Legionário” e “Asterix Gladiador”
Os 12 Trabalhos de Asterix
– Asterix: O golpe do menir
– Asterix e os Vikings

E “Como Obelix caiu no caldeirão do druida quando ele era pequeno”.

Parque Asterix
O parque temático foi inaugurado em 1989 em Paris. Conta com diversas atrações, como brinquedos e shows, além de pessoas fantasiadas como os personagens das histórias. Apesar do apelo de herói nacional, sofre com a concorrência da vizinha Eurodisney.

Fonte:
http://pt.wikipedia.org

Deixe um comentário

Arquivado em História em Quadrinhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s