Galdino Andrade (Baú de Trovas)

Prostrado aos teus pés, desejo
enfim poder afirmar-te
que quanto mais eu te beijo
mais eu desejo beijar-te!

Eu tenho te amado tanto,
com tão intensa paixão,
que muitas vezes me espanto
de ter um só coração!

Cada um dá o que sente,
o que tem no coração;
Maringá, o meu presente
é somente a gratidão
———–

Fontes:
– TROVIA – Revista Virtual Mensal – ano 10 – n.110 – dezembro de 2008
http://www.caestamosnos.org/rev_trovamar/Agosto_2009.html
http://angelorigon.blogspot.com/2006/05/mosaico-sexta.html
– Fotomontagem = José Feldman
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em A escritora em xeque, Baú de Trovas, Contos, Entrevista, Entrevistas, Maringá, Paraná, Trovas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s