Ademar Macedo (Mensagens Poética n. 459)

Chuva no Pico Alto, o ponto culminante da serra. Baturité/CE
Uma Trova de Ademar

A sonhar eu me proponho,
e no sonho eu me desnudo…
Aquele que tem um sonho
já tem metade de tudo!
–ADEMAR MACEDO/RN–

Uma Trova Nacional

Um mistério faz a vida
que parece insensatez:
destrói sonhos e, atrevida,
nos faz sonhar outra vez…
–DÉSPINA PERUSSO/PR–

Uma Trova Potiguar

O sabiá, na ternura
do som que é somente seu,
canta pela partitura
que a mão de Deus escreveu.
–JOSÉ LUCAS DE BARROS/RN–

…E Suas Trovas Ficaram

Neste abandono, menino,
toda ternura lhe cabe:
Você é Deus pequenino!
– Pena que o mundo não sabe!…
–ADELIR MACHADO/RJ–

Uma Trova Premiada

2003 – Belém/PA
Tema: PRAÇA – M/E

Vejo em frente, ali na praça,
só lixo, trapos e panos;
e, para a minha desgraça,
no meio – seres humanos!
–SELMA PATTI SPINELLI/SP–

Simplesmente Poesia

Saudade…
–ANTONIO ROBERTO FERNANDES/RJ–

+++

…Quem diz que a saudade é roxa,
quem diz que a saudade é triste
e quem diz que não existe
quem a possa definir,
não sabe o que é saudade.
Saudade é mais do que isso.
Saudade é como um feitiço,
Saudade é falta de ti…

Estrofe do Dia

Quando Deus me levar pra eternidade
ficará nesta terra a minha cruz,
juntamente com todos meus pecados
pois pecados pra lá não se conduz;
agradeço ao bom Deus por esta vida
e eu não quero que chorem na partida,
porque vou para o céu, pra ver Jesus!
–ADEMAR MACEDO/RN–

Soneto do Dia

Silêncio em Casa
–JOSÉ ANTONIO JACOB/MG–


Quando eu a beijava timidamente
ela fremia o rosto, emocionada,
e dizia uma frase delicada
para o nosso namoro adolescente.

Depois o nosso amor ficou frequente
e ela, com a voz ávida e molhada,
falava-me em dialeto diferente
malícias de mulher apaixonada.

Um dia veio um tempo de descrença,
deixando em nossa casa a indiferença,
e o amor não teve mais razão de ser…

Restou-nos um silêncio reticente…
E sempre que nos vemos frente a frente
não temos nada mais a nos dizer.

Fonte:
Textos enviados pelo Autor

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Mensagens Poéticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s