Ademar Macedo (Mensagens Poética n. 465)

Uma Trova de Ademar
Uma Trova Nacional

Tem mulher que, vendo a abelha,
na atitude sem sentido,
logo à ela se assemelha:
mal casou… Mata o marido!
–HÉLIO DE CASTRO/PR–

Uma Trova Potiguar

Tanta sereia na praia,
fiz pescaria invertida,
pesquei um Siri de saia
que infernizou minha vida.
–FRANCISCO MACEDO/RN–

…E Suas Trovas Ficaram

O viúvo, à falecida,
chorando que dava pena:
– Vai com Deus, minha querida,
que eu fico com Madalena
–ANALICE FEITOZA DE LIMA/SP–

Uma Trova Premiada

2008 – Bandeirantes/PR
Tema: TRABALHO – M/E

Sem trabalho e vomitando
sobre um morcego no lixo,
diz o ébrio: num tô lembrando
de ter comido este bicho!
–CLARINDO BATISTA/RN–

Simplesmente Poesia

Clementina.
–HENRIQUE MARQUES SAMYN/RJ–

Clementina entrou no bar esbaforida
procurando por Antônio, que saíra
há bem pouco, junto a uma mulher da vida.

Atirou-se pelo chão, desesperada,
Clementina. Uma garrafa de bebida
fez de sua companheira; e a madrugada

a mulher assim varou. Nascendo o dia,
despertou em casa alheia, de ressaca,
nua, na cama do Pedro (o da Maria,)
que é amante do Carlinhos – o “Cachaça”.

Estrofe do Dia

Pingo Velho do Monteiro
está cansado e sem dom,
garganta faltando voz,
viola faltando som;
nem toca, nem canta mais
nem morre, nem fica bom.
–HELENO SEVERINO/PE–

Soneto do Dia

Amador Cobra
–TAPAJÓS GOMES/RJ–

Este “enorme colega” (assim define-o
outro colega, espirituosamente),
não garanto, mas deve ser parente
de algum poste da Light, consanguíneo.

É professor e aluno juntamente,
tem prática, traquejo, raciocínio,
e onde quer que ele esteja tem domínio
só pela altura… que faz medo à gente.

É muito alto, demais, o nosso Cobra
e embora assim comprido, ele não dobra
apesar, meus leitores, dos pesares…

Isto de altura é coisa que acontece,
mas o Cobra, palavra que parece
um sobrado de três ou quatro andares!

Fonte:
Textos enviados pelo Autor

Montagem da Trova do Ademar, por José Feldman sobre imagem enviada pelo autor
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Mensagens Poéticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s