Eliana Ruiz Jimenez (Trova-Legenda: Passagem do Tempo)


Que pena que a vida passa 
sem que a gente, na corrida, 
desfrute, com tempo, a graça 
do tempo melhor da vida! 
A. A. de Assis – Maringá/PR 

Eu nem sei o que dizer 
de um relógio relicário; 
nem escuto ele bater 
e nem vejo o seu horário! 
Ademar Macedo – Natal/RN 

Olhando através do tempo, 
vejo uma outra cidade, 
onde o melhor passatempo 
foi curtir a mocidade! 
Alberto Paco – Maringá/PR 

Con sombra y reloj cercanos 
sin traspasar los umbrales 
entrelazadas sus manos 
ven luz de ciudad geniales. 
Anahi Duzevich Bezoz – Argentina 

Através da novidade 
que um relógio representa, 
um casal olha a cidade 
que lá em baixo se apresenta. 
Angelica Villela Santos – Taubaté/SP 

O tempo passa apressado 
mas nem me importo, porque 
qualquer instante é sagrado 
se estou junto de você. 
Antonio Juraci Siqueira – Belém/PA 

Enquanto o tempo ameaça 
com seus bloqueios constantes, 
o amor entorna uma taça 
no banquete dos amantes. 
Antonio Cabral Filho – Rio de Janeiro/RJ 

O relógio disparou 
no tempo que não se tem. 
Hoje o Natal nem passou, 
amanhã outro já vem. 
Ari Santos de Campos – Itajaí/SC 

Os ponteiros marcham lento, 
mais um ano que se acaba 
– pede PAZ meu pensamento, 
para um mundo que desaba! 
Carolina Ramos – Santos/SP 

Ante o relógio gigante, 
este casal, de mãos dadas, 
só quer passar adiante 
as horas abençoadas! 
Colavite Filho – Santos/SP 

O relógio possui frestas, 
que permitem espiar 
certas culpas tão funestas … 
que o tempo tenta apagar … 
Cristina Cacossi – Bragança Paulista/SP 

Amor, senhor da utopia; 
Tempo, senhor da razão. 
Mas, nessa eterna porfia, 
sempre vence o coração. 
Dáguima Verônica – Santa Juliana/MG 

Um sábio, um dia me disse: 
“ Não passes a vida à toa; 
semeia para a velhice, 
que o tempo não corre, voa!”… 
Darly O. Barros – São Paulo/SP 

Se te espero e tu demoras, 
o relógio no meu braço 
vai crescendo com as horas, 
tomando-me todo o espaço. 
Dalva de Araújo – Santos/SP 

Um casal apaixonado 
que anseia por se casar, 
vendo o relógio parado, 
cansou de tanto esperar… 
Diamantino Ferreira – Campos/RJ 

Passa o tempo, sem piedade, 
mas o casal sonhador 
celebra, em meio à saudade, 
a eternidade do amor. 
Dorothy Jansson Moretti – Sorocaba/SP 

O meu relógio desperta 
o sono da madrugada, 
mostrando que é a hora certa 
de enfrentar sua jornada. 
Edite Capelo – Santos/SP 

Hora a hora a nossa imagem 
o tempo ao mundo escancara… 
Somos peças da engrenagem 
de um relógio que não para! 
Edmar Japiassú Maia – Nova Friburgo/RJ 

Do topo daquela torre, 
o nosso olhar se alongou… 
Se der saudade, ali morre, 
porque o tempo, ali… parou… 
Elisabete Aguiar – Mangualde/Portugal 

Marcando as horas da vida, 
o relógio da parede, 
embala os sonhos, querida, 
quando me deito na rede!… 
Flávio Stefani – Porto Alegre/RS 

Somos dois numa só vida 
recitando o verbo amar, 
que nem as horas, querida, 
nós percebemos passar. 
Francisco José Pessoa – Fortaleza/CE 

E vendo o tempo que passa, 
afloram recordações: 
as retretas lá na praça, 
flertes causando emoções!… 
Glória Tabet Marson – S. J. dos Campos/ SP 

Para meu grande desgosto 
relógio não se acalma… 
– Enche de rugas meu rosto 
e, de saudades, minha´alma!!! 
Héron Patrício – São Paulo/SP 

O relógio dos meus dias 
vem batendo devagar. 
Só recordo as alegrias, 
vou dormir quando parar. 
Janske Niemann – Curitiba/PR 

Quisera o tempo parar 
quando estamos bem juntinhos, 
mas o relógio a zombar 
encurta nossos carinhos. 
João Batista Xavier Oliveira – Bauru/SP 

A vida passa depressa 
pois quer a morte alcançar, 
mas aquele amor, sem pressa, 
não deixa a vida passar. 
Joana D’arc da Veiga – Nova Friburgo/RJ 

No doce embalo da rede, 
um sono bom me enfeitiça 
e o relógio de parede 
me acompanha na preguiça. 
José Lucas de Barros – Natal/RN 

Sempre digo: o tempo passa, 
sabendo que sou quem passo. 
Ao Novo Ano ergo uma taça, 
pois o que vier eu traço. 
José Marins – Curitiba/PR 

Mirando pasar el tiempo 
nos damos cuenta en la vida 
que el amor no es pasatiempo 
sino una lucha aguerrida. 
Libia Beatriz Carciofetti – Argentina 

Não fico mais à mercê 
do soar de cada hora, 
pois o tempo pôs você 
no meu tempo sem demora! 
Lisete Johnson – Porto Alegre/RS 

De mãos dadas com o amor, 
vencemos as horas más, 
sabendo que o Criador 
nos dá coragem e paz! 
Lóla Prata – Bragança Paulista/SP 

Olhando o tempo passar, 
no relógio da memória, 
eu senti coisa invulgar, 
pois revivi nossa história! 
Luiz Carlos Abritta – Belo Horizonte/MG 

Inmenso reloj de vida 
que no detiene su andar. 
Contemplamos la partida, 
de la tarde, sin hablar. 
Maria Cristina Fervier – Argentina 

Nem bem partiste… e a saudade 
já me causando transtorno, 
não vê num mar de ansiedade 
a hora do teu retorno. 
Maria Nelsi Sales Dias – Santos/SP 

Até o relógio parou 
no alto do campanário 
quando o amante jurou 
amor maior que o cenário.. 
Marina Valente – Bragança Paulista/SP 

Descobri, pela janela 
das horas de minha vida, 
que o futuro é uma aquarela 
ainda a ser colorida. 
Mário A. J. Zamataro – Curitiba/PR 

Com que pressa o tempo passa 
quando estou junto de ti 
no relógio lá da praça 
nem os ponteiros eu vi. 
Mercedes Lisbôa Sutilo – Santos/SP 

Vendo este mundo violento, 
irmão a matar o irmão, 
pergunto: – Será que há tempo 
de Deus nos dar seu perdão?… 
Myrthes Masiero – São José dos Campos/SP 

Eu vejo o tempo passar, 
recordo os anos dourados, 
mil bailes para dançar, 
e os sonhos realizados! 
Nadir N. Giovanelli – S. J. Campos/SP

Amando, a mão eu seguro, 
e em cada hora de graça, 
mirando para o futuro, 
é mais um ano que passa. 
Nei Garcez – Curitiba/PR 

Viver não é passatempo 
e um paradoxo encerra: 
a gente é que mata o tempo, 
e o tempo é que nos enterra. 
Olympio Coutinho – Belo Horizonte/MG 

Do teu relógio os ponteiros, 
marcam com exatidão, 
tantos momentos fagueiros 
vividos com emoção. 
Olga Maria Dias Ferreira – Pelotas/RS 

Nem que a hora desta vida, 
venha a nos inquietar… 
pois ao seu lado querida 
nem vejo a mesma passar!… 
Paulo Roberto da Silva – Caicó/RN 

O mundo é roda gigante, 
girando sempre a girar, 
e eu sou passageiro errante 
procurando meu lugar! 
Prof. Garcia – Caicó/RN 

Para o tempo de repente, 
se nós, juntos, de mãos dadas, 
olhando o futuro à frente, 
sonhamos novas jornadas… 
Renato Alves – Rio de Janeiro/RJ 

Do Nascer à Despedida 
não devemos esquecer 
que o Relógio desta Vida 
não esquece de bater !… 
Sônia Ditzel Martelo – Ponta Grossa/PR 

Restam horas já passadas, 
da história de uma paixão: 
lembranças esfumaçadas, 
nas sombras do carrilhão. 
Vanda Alves da Silva – Curitiba/PR 

Num momento de magia, 
nós dois ali, face a face… 
e o meu coração pedia 
para que o tempo parasse! 
Vanda Fagundes Queiroz – Curitiba/PR 

Todo o tempo duma vida 
que passamos neste mundo, 
é nos dado p’la medida 
de horas, minutos, segundos. 
Victor Batista – Barreiro/Portugal 

Olhando a terra distante, 
sou parte que não se explica: 
quão difícil ir adiante 
deixando infância tão rica!… 
Wagner Marques Lopes – Pedro Leopoldo/MG 

Há um relógio em cada esquina 
Marcando o tempo atual; 
Mas não marca quem destina, 
Nosso destino final. 
Wellington Freitas – Caicó/RN 

Fonte:
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em trova-legenda, Trovas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s