Wanderlino Arruda (Poesias Avulsas)

Libreria Fogola Pisa
Adoro tua beleza

Adoro a tua beleza,
a luz da tua simpatia,
o amor gostoso que há nos teus olhos,
um brilho, uma bênção de felicidade
que tua alma não deixa esconder,
que te faz tão linda!

Como é bom amar a vida
do jeito que te vejo amar.
bom seria que estivéssemos sempre juntos,
bem juntinhos para vermos o sol e a lua,
para sentir as estrelas todas
e contá-las no tempo e no infinito,
com infinita ternura.

Bom seria ter sempre e sempre
a sensação de tua presença,
do teu calor,
da tua pele morena,
da tua alegria,
do teu viver !
–––––––––––-
Amar

Amar,
Amar muito,
Amar todas as horas,
amar sempre, sempre
amar a vida,
te amar, meu amor,
porque amar é viver.
Gostando de ti,
gosto do vida,
vivo de amar.
De tudo que acontece,
no meio dos sofrimentos,
no meio das alegrias,
no meio das esperanças,
adoro o teu amor,
adoro o teu sorriso,
o brilho da tua alegria,
a cor verde dos teus olhos,
te adoro, morena.
Entre a terra e o céu,
gosto das flores,
da brisa, da luz,
das muitas crianças,
gosto do próprio amor.
Mas, acima de tudo,
de mais do que tudo,
é de ti, minha querida,
o meu viver,
O meu amar !
–––––––––––––––-

Bons dias bem vividos

Doce lembrança,
saudades,
adoráveis sentimentos,
claros montes,
luz, muita luz,
intensa luz.

Meio-dia, limite,
alegria muita.
Na distância, um logo além,
no depois, um antes:
auroras, felicidade.

Tardes de intensa alegria,
noites-verão, dias-inverno,
Ingênuas manhãs,
ingênuas,
bem ingênuas,
mais que a madrugada,
de sonhos nos sonhos,
deleite.
Simbiose, crepúsculos,
tons vermelhos,
rosa-amarelo, ouro no azul,
lilases e sombras
douradas maravilhas…
prata. Antes do depois, ainda,
fios de claridade,
fontes, conforto-luz,
pura alegria,
sorrisos,
bons dias bem vividos!
–––––––––––––––––––––––-

Causa de amor
Ao teu lado,
bem pertinho de ti,
sinto feliz alegria,
aura de muito amor
envolvente e carinhoso,
doce como sonho
em meio da madrugada.

És beleza, brilho e luz.
Tez morena,
olhos de esmeralda:
um encanto.Tua presença linda
desperta em mim
gostosa vida,
evidente causa de amor !
––––––––––––––––––

Olhar-magia

A beleza de teus olhos
eu julgo, eu analiso:
são brilhos de um céu em cor
de mil momentos.Teu olhar tem majestade
em claro-verde
de penumbra luz,
carinho e tarde
em viagem mito
de encantamento.

Teus olhos, um esplendor,
cativam minh’alma
e o meu querer.Teus olhos mostram,
teus olhos vibram
sonho e transcendência linda,
em direção Sul,
ou Leste-oeste,
ou ao Infinito.

Nunca vou deixar dizê-los
charme e bem-parecer,
encantamento:
a Natureza os fez,
mas o enlevo-imã,
luzir fascínio, emoção e música
só eu sei sentir.Teus olhos,
Um espelhar divino,
uma luz crescente,
sol marcante para os meus.

Aí teu fôlego e coração:
significado de amor.
Aí, minha querida,
em guerra e viver-estímulo
reconheço te fazer feliz !
–––––––––––––––––––-

A poesia de Dóris
Linda a poesia de Dóris,
Linda!
Muito de poesia:
beleza de juventude,
ritmo de meninice,
colorido de alegria.
Mil cores.

Confidência de Primavera,
Dóris deixa fluir e fluir-se
sem segredo algum.
O verso é cristal:
jorra e seduz, sempre sincero,
limpo e transparente.
Agradável sempre!

Dóris canta o canto,
não importa se o dia é dia
ou se a noite chega,
porque poesia tem cheiro-criança
e brilho de floresta mágica.
Toda criatura é de Deus,
Realidade sempre.
A música é livre
e o verso não é ilusão.

No infinito olhar de Dóris,
o além permite caminho
E o amanhã será sempre lindo.
Preciso é dourar a esperança,
preciso é viver e amar,
dispensando a visão de enfeites.
“Felicidade é pés na enxurrada,
tamancos na mão,
alma ensopada
pingando paixão”.Mais do que isso
só banho em águas de fadas.
Ou dança com duendes
de múltiplas madrugadas.
––––––––––––––––––––––––––––

Sonhos de sonhos

Passo a passo,
passam os passos
de sonhos bem sonhados
em múltiplas sinergias.

Alma com sol e lua,
estrelas incontadas,
terra e céu,
saudades.
Aqui encanta o canto
com mil matizes.

A sensibilidade vive e vibra
por luminosas dimensões.
O bem-querer cavalga
em cintilantes brisas
de vento-luz.
Felicidade sim.

É acordado o amanhecer:
agora ilumina a sedução
e poetiza vívidas vidas,
vidas revividas.
Múltiplas vidas.

Fonte:

Casa do Bruxo
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s