Arquivo da categoria: Dedicatória

José Feldman (Homenagem a Flávio Rubens)

Flávio Rubens possuía dentro dele uma águia, e assim como ela, tem uma história que nunca deve ser esquecida.

Uma águia é livre, e não pode ficar presa, pois precisa de grandes espaços para seus vôos rasantes.

Presa, canta, mas seu canto é o desejo de liberdade.

De que valem as asas, se não há céu para voar e paisagens para sobrevoar.

E assim como a Águia, Flávio, fez seu ninho em um horizonte de estrelas e alimentou-se de suas luzes.

Hoje, ele é esta Águia que voa cada vez mais alto, altiva, imponente, em direção a um novo horizonte desaparecendo na escuridão da madrugada, ressurgindo a cada nova aurora, aquecendo as nossas almas.

Fonte:
Imagem = http://www.xamanismo.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Dedicatória