Arquivo da categoria: dia das mães

Trova de Dia das Mães – Orlando Brito (São Luiz/ MA)

Anúncios

Deixe um comentário

14 de maio de 2012 · 00:36

Ciranda de Trovas (Mãe) Parte 2, final

Para mãe, não há uma rima,
no idioma português,
pois ser mãe é obra prima,
– foi assim que Deus a fez.
Luiz Hélio Friedrich – Curitiba/PR

Dizes que és pobre … E eu, coitado,
inveja tenho de ti …
– Tens tua mãe a teu lado,
e a minha – eu nem conheci!
Luiz Otávio – Rio de Janeiro/RJ

Tendo ao seio o meu menino,
tudo em volta é luz, é brilho.
Nem sei mesmo onde eu termino
e onde começa o meu filho!
Magdalena Léa Barbosa Correia – Rio de Janeiro/RJ

A mãe é esta criatura
que mil vezes dá perdão.
E tem paciência e ternura
sobrando no coração.
Milton Souza – Porto Alegre/RS

Apesar de mim distante,
lembro de ti, mãe querida;
porque foste a mais brilhante
estrela da minha vida!
Nemésio Simas – Raul Soares/MG

Guarda no olhar a doçura
com que me embalou um dia.
Mãe lembra sempre a figura
e a ternura de Maria.
Nilci Guimarães – Rio de Janeiro/RJ

Das dores que o tempo aguça
a mais triste, eu desconfio,
ser a da mãe que soluça
junto de um berço vazio…
Nilo Aparecido Pinto

Mãe, com divina bondade,
inteligência e com brilho,
faz tudo que ao filho agrade,
sem nada exigir do filho.
Orlando Woczikosky – Curitiba/PR

Em paz o mundo estaria,
se governassem a Terra
apenas mães que algum dia
perderam filhos na guerra!
Osmar Godinho – PR

Como de um eixo central,
desde a manhã à noitinha,
a vida toda de um lar
gira em torno da mãezinha.
Pedro Coltro – Ribeirão Preto/SP

Minha Mãe – frase sagrada
da mais sublime expressão,
para ser perpetuada
no fundo do coração.
Pedro Paulo de Lemos – RJ

Mamãe foi feliz morrendo,
foi feliz porque morreu!
pois se me visse sofrendo,
sofria mais do que eu !
Renato Caldas – Açu/RN.

À minha mãe que voou,
nas asas de um querubim,
pedindo hoje aqui estou
que do céu vele por mim.
Sara Furquim – Rio Branco do Sul/PR

Carinhos de filhos, quero!
Fazem bem ao coração:
São frutos do amor sincero;
São frutos da gratidão!
Selma Patti Spinelli – São Paulo/SP

Penso ouvir teu acalanto,
minha mãe, lá de onde estás,
querendo enxugar meu pranto
e ninar-me, em horas más.
Thereza Costa Val – Belo Horizonte/MG

Amor…. assim eu defino:
Mamãe tão velha… e eu, marmanjo,
tratado igual a um menino:
-Veste o agasalho, meu anjo!…
Vanda Fagundes Queiroz – Curitiba/PR

Apesar da longa ausência,
sinto a sua vibração…
que marcou minha existência
e tatuou meu coração!
Vânia Ennes – Curitiba/PR

Rosto negro, alma de neve,
ternura de risos francos,
o Brasil muito de deve,
mãe – preta dos filhos brancos.
Vasco de Castro Lima – Lavrinhas/SP

Eu rememoro a saudade
de minha mãe, as carícias:
serena necessidade
de seu carinho e delícias…
Vidal Idony Stockler – Curitiba/PR

Ser mãe, é ser o que encerra
tudo que é nobre e bendito :
– é ter a alma na terra
e o coração no infinito …
Virgílio G. Assumpção

Almejo trilhas sem fim,
ornamentadas de rosas!…
Mãe, vais à frente de mim,
cultivando as mais formosas!
Wagner Marques Lopes – Pedro Leopoldo/MG

Transcendo o sonho e refaço
minhas rotas do passado,
para ter de novo o abraço
do ventre em que fui gerado.
Wandira Fagundes Queiroz – Curitiba/PR

Mamãe é um sono desperto,
é uma estrela que reluz,
é oásis num deserto,
é bondade, é paz, é luz.
Zeni de Barros Lana – Itaverava/MG

Fonte:
Nilton Manoel. Portal Movimento das Artes

Imagem obtida no site de A. M. A. Sardenberg. Alma de Poeta.

Deixe um comentário

Arquivado em dia das mães, Trovas

Trova de Dia das Mães – Severino Uchoa (Aracajú/SE)

Deixe um comentário

13 de maio de 2012 · 23:45

Trova de Dia das Mães – Sinésio Cabral (Fortaleza/CE)

Deixe um comentário

13 de maio de 2012 · 23:10

Trovas em Homenagem às Mães

Com que suave ternura
tece a canária o seu ninho!
– Mãe é assim, dengosa e pura,
a nossa e a do passarinho…
A. A. de Assis

Mãe é ternura infinita
e ainda que a alma lhe doa,
ante um filho não hesita,
enxuga o pranto e…perdoa!
Carolina Ramos

Quando a mãe beija seu filho
– tesouro herdado de Deus –
quanto fulgor! Quanto brilho
espelha nos olhos seus!
Diamantino Ferreira

Tricotando o sapatinho,
a mamãe pára um momento
e acaricia o pezinho,
no seu ventre, em movimento…
Domitilla Borges Beltrame

Se “Mãe” não tem com que rime,
não desistas, trovador…
Troca a palavra sublime
pelo sinônimo “Amor”!
Dorothy J. Moretti

Lampadário de bonança,
luzente, formoso e terno,
nada supera a esperança
que existe no olhar materno!
Elen De Novais Felix

Minha mãe, foram teus braços,
refúgio dos meus segredos,
onde deitei meus cansaços
e adormeceram meus medos!
Ercy M. Marques Faria

Deus, em toda sua glória,
com tanta grandeza e brilho,
pra completar sua história,
quis ter mãe e quis ser filho!
Gislaine Canales

Ser mãe é trabalho insano
que tal carinho irradia
e te faz, por todo o ano,
ser a mãe de cada dia!…
Hermoclydes S.franco

Minha mãe partiu e agora
na saudade que me envolve,
eu sou criança que implora:
-Por favor, Senhor…devolve…
Izo Goldman

Minha Mãe. Minha alegria.
Meu amor. Minha santinha.
Deu-me tudo o que eu queria
mas levou tudo o que eu tinha.
José Gilberto Gaspar

Vou ser mãe…ela murmura…
e o seu ventre, com nobreza,
aos poucos, forma a figura
de um templo da natureza…
Marina Bruna

Louvo as mães, o sol caindo,
vão à igreja, levam velas,
à Virgem sempre pedindo
pelos filhos…não por elas.
Moacyr Figueiredo

Te amando, mãe, desde o berço,
eu nem te amei tanto assim,
pois não te dei nem um terço
do amor que tu deste a mim!
Regina Célia de Andrade

Fecunda o ventre rosado
do amor, a fértil semente
e, a mãe, abriga um legado
que é futuro em seu presente…
Relva do Egypto R. Silveira

Minha mãe, do amor escrava,
com seu carinho e constância,
era a fonte que irrigava
o jardim de minha infância!
Renata Paccola

Quando piso, descuidado
as trilhas do coração,
sinto, a cada passo dado,
minha mãe me dando a mão!
Roberto Resende Vilela

Penso ouvir teu acalanto,
minha mãe, lá de onde estás,
querendo enxugar meu pranto
e ninar-me, em horas más.
Thereza Costa Val

É noite!… E, num desvario,
na dor que a sufoca e invade,
chorando – o berço vazio –
a mãe embala a saudade!
Therezinha Dieguez Brisolla

Além de toda a alegria
de ser mãe, eu penso assim:
– Que bênção lembrar que, um dia,
anjos moraram em mim…
Vanda Fagundes Queiroz

Fonte:
http://www.recantodasletras.com.br/homenagens/3664419
Colaboração de Olga Agulhon (repassando de A. A. Assis / J. B. Xavier)

Deixe um comentário

Arquivado em dia das mães, Trovas

Walter Gonçalves Horta (Coração de Mãe)


Que seja eterno enquanto dure,
Então que dure eternamente.
Que seja válido enquanto vale,
Então que valha para sempre.

Que seja como a luz solar,
Tendo muito brilho e amor,
Que seja como uma caricia,
Meiga e suave em seu fulgor

Que seja leve como a pluma,
Que não carregue culpa nenhuma.
Que seja alvo como a neve,
E tão veloz como a puma.

Que seja forte como um touro,
E mais valioso que o ouro.
Que seja brilhante como uma estrela,
E precioso como um diamante.

Só é possível comungar
Todos estes elementos num altar.
Que é muito bonito mas discreto,
Embora enorme como o mar.
Capaz de todos abrigar.
Coração de mãe é este encantado lugar!

Fonte:
Poema enviado pelo autor

Deixe um comentário

Arquivado em dia das mães, poema.

Trova de Dia das Mães- Maria Nascimento (Corupire/AL)

Deixe um comentário

13 de maio de 2012 · 22:30