Arquivo da categoria: Premiações

Câmara Brasileira do Livro ( Finalistas do 54ª Prêmio Jabuti) – Parte I

Em virtude de ser uma lista extensa, dividi em duas partes.
Já são conhecidos os finalistas do 54º Prêmio Jabuti. Em apuração aberta ao público nesta quinta-feira, 20, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) apresentou as notas atribuídas pelos jurados às dez melhores obras de cada uma das 29 categorias do prêmio. 
Esta foi apenas a primeira etapa do processo que irá apontar os melhores livros de 2011, e que culminará com a entrega dos prêmios de Livro do Ano Ficção e Livro do Ano Não Ficção, no dia 28 de novembro. 
A fase que se encerra foi resultado da análise de um total de 2.203 inscritos. Para chegar aos finalistas, três jurados especialistas em cada categoria atribuíram notas de 0 a 10 às dez melhores obras inscritas. Classificaram-se as que obtiveram as melhores médias. A avaliação teve como base os critérios estabelecidos para cada categoria no regulamento, disponível em: http://www.premiojabuti.com.br/content/regulamento.
Todos os resultados foram auditados pela Parker Randall. O curador do Prêmio Jabuti, José Luiz Goldfarb, e o Conselho de Curadores, formado por especialistas do setor editorial, ficaram responsáveis por checar se todas as obras classificadas cumpririam com os critérios estabelecidos pelo regulamento. Integram o Conselho de Curadores a escritora e membro da Academia Paulista de Letras Ana Maria Martins, o diretor científico da Fapesp, Carlos Brito, o vice-reitor de Extensão da Universidade Estácio de Sá, Deonísio da Silva, e o poeta Frederico Barbosa.
Na segunda fase do prêmio, os escolhidos serão submetidos a uma nova análise, cuja apuração está marcada para o dia 18 de outubro. Na ocasião, serão conhecidas as três melhores obras de cada categoria, que serão laureadas com o Jabuti. Além disso, os primeiros colocados receberão o prêmio em dinheiro de R$ 3,5 mil.
Os Livros do Ano, categorias Ficção e Não Ficção, serão escolhidos apenas entre os primeiros lugares das categorias. Além dos jurados, participam da escolha os associados das quatro entidades representativas do setor: CBL, SNEL, ANL e ABDL. 
Concorrem ao Livro do Ano Ficção os primeiros colocados nas categorias: “Romance”, “Contos e Crônicas”, “Poesia”, “Infantil” e “Juvenil”. 
Já para o Livro do Ano Não Ficção, participam as categorias: “Teoria/Crítica Literária”, “Reportagem”, “Ciências Exatas”, “Tecnologia e Informática”, “Economia, Administração e Negócios”, “Direito”, “Biografia”, “Ciências Naturais”, “Ciências da Saúde”, “Ciências Humanas”, “Didático e Paradidático”, “Educação”, “Psicologia e Psicanálise”, “Arquitetura e Urbanismo”, “Fotografia”, “Comunicação”, “Artes”, “Turismo e Hotelaria” e “Gastronomia”.
RELAÇÃO DOS FINALISTAS
1. Capa
1º – A anatomia de John Gray – Leonardo Iaccarino – Editora Record
2º – A máquina de fazer espanhóis – Lourenço Mutarelli – Cosac & Naify
3º – História do cabelo – Gabriela Castro – Cosac & Naify
4º – O circo do Dr. Lao – Retina78 – Leya
5º – Ratos – Laboratório Secreto – Editora Intrínseca
6º – Formação (bildung), educação e experimentação em Nietzsche – Marcos da Mata – Editora Eduel
7º – Dresden – Elmo Rosa – Editora Record
8º – Eu vi o mundo – Gabriela Castro – Cosac & Naify
9º – Primeiro Tempo – Marcelo Aflalo – Editora Magma cultural
10º – Bonita Maria do Capitão – Germana Gonçalves de Araujo – EdUNEB
2. Ilustração
1º – Bananas podres – Ferreira Gullar – Casa da palavra
2º – O ovo ou a galinha? – Gustavo Rosa – Editora Rideel
3º – Água sim – Andrés Sandoval – Companhia das letras
4º – Apolinário – O homem-dicionário – Daniel Bueno – Editora Original
5º – Disse me disse – Elma – Editora Paulinas
6º – Um dia de chuva – Guazzeli – Cosac & Naify
7º – Quando meu pai se encontrou com o ET fazia um dia quente – Lourenço Mutarelli – Companhia das letras
8º – Animais – Grupo Xiloceasa – Editora 34
9º – Poemas de pé quebrado – Maria Tania Carneiro Leão – Editora Carpe diem
10º – Diário de navegação – Pero Lopes e a expedição de Martim Afonso de Sousa (1530-1532) – Vallandro Keating – Editora Terceiro nome
3. Ilustração de Livro Infantil e Juvenil
1º – Mil e uma estrelas – Marilda Castanha – Editora SM
2º – A visita – Lúcia Hiratsuka – Editora DCL
3º – Tati é especial – Jean-Claude R. Alphen – Editora Scipione
4º – Madiba – O menino africano – Renato Alarcão – Cortez Editora
5º – Carmela vai à escola – Elisabeth Teixeira – Editora Record
6º – Contradança – Roger Mello – Companhia das letras
7º – A Compoteira – Bebel Callage – Editora Prumo
8º – O esconderijo das vontades – Laura Michel – Callis Editora
9º – Marina e Mariana – Salmo Dansa – Editora Lafonte
10º – A Dona da Festa – Graça Lima – Editora Record
4. Arquitetura e Urbanismo 
1º – A arquitetura de Croce, Aflalo e Gasperini – Fernando Serapião – Editora Paralaxe
2º – Warchavchik fraturas da vanguarda – José Lira – Cosac & Naify
3º – Chai-Na – Otília Arantes – EDUSP
4º – Desenho e desígnio: O Brasil dos Engenheiros Militares (1500-1822) – Beatriz Piccolotto Siqueira Bueno – EDUSP
5º – Paulo Casé 80 anos: vida, obra e pensamento – Alfredo Britto, Regina Zappa e Roberto Segre – Casa da palavra
6º – Galo cantou: A conquista da propriedade pelos moradores do Cantagalo – Paulo Rabello de Castro – Editora Record
7º – Glaziou e as raizes do paisagismo no brasil – Bia Hetzel E Silvia Negreiros – Editora Manati
8º – Neocolonial, modernismo e preservação do patrimônio no debate cultural dos anos 1920 no Brasil – Maria Lúcia Bressan Pinheiro – EDUSP
9º – São paulo uma interpretação – Jorge Wilheim – Editora SENAC
10º – Belle Époque dos Jardins – Guilherme Mazza Dourado – Editora SENAC
5. Artes
1º – Samico – Weydson Barros Leal – Editora Bem-te-vi
2º – Brecheret e a Escola de Paris – Daisy Peccinini – FM Editorial
3º – Antunes Filho, Poeta da cena – Sebastião Miralé – Edições SESC-SP
4º – Emanoel Araujo ? Escultor – Paulo Herkenhoff – Editora Via impressa
5º – Fayga Ostrower Ilustradora – Fayga Ostrower – Instituto Moreira Sales
6º – No mar = At sea – Luise Weiss – Imprensa oficial do estado
7º – Teatro Municipal de São Paulo 100 anos Palco e Platéia da Sociedade Paulistana – Organização: Carlos Eduardo Martins Macedo/Texto: Marcia Camargos/Ensaio Fotográfico:Cristiano Mascaro – Editora Dado Macedo
8º – Memória da Arte Franciscana na Cidade do Rio de Janeiro – Anna Maria Fausto Monteiro de Carvalho – Rosa Maria Costa Ribeiro – Cesar Augusto Tovar Silva – Editora Arteway
9º – Vai que nós levamos as partes que te faltam: Daniel Senise = Go we’ll bring the parts you leave behind: Daniel Senise – Maria Iovino – Imprensa oficial do estado
10º – Artesãos da Sapucaí – Carlos Feijó e André Nazareth – Editores olhares
6. Biografia
1º – Fernando Pessoa: uma quase autobiografia – José Paulo Cavalcanti Filho – Editora Record
2º – Eu vi o mundo – Gabriela Castro – Cosac & Naify
3º – João Goulart: uma biografia – Jorge Ferreira – Editora Civilização brasileira
4º – Cláudio Manuel da Costa – Laura de Mello e Souza – Companhia das letras
5º – Antônio Vieira – Ronaldo Vainfas – Companhia das letras
6º – Solo – Cesar Camargo Mariano – Editora Leya
7º – Justa – Aracy de Carvalho e o resgate de judeus: trocando a Alemanha nazista pelo Brasil – Mônica Raisa Schpun – Editora Civilização brasileira
8º – A Bossa do Lobo – Ronaldo Bôscoli – João Baptista da Costa Aguiar – Editora Leya
9º – Angelo Agostini: A Imprensa Ilustrada da Corte à Capital Federal, 1864-1910 – Gilberto Maringoni – Editora Devir
10º – Roland Barthes -uma biografia intelectual – Leda Tenório da Motta – Editora Iluminuras
7. Ciências Exatas
1º – Eletrodinâmica de Ampére – André Koch Torres Assis e João Paulo Martins De Castro Chaib – Editora UNICAMP
2º – Química medicinal: Métodos e Fundamentos em Planejamento de Fármacos – Carlos A. Montanari (organizador) – EDUSP
3º – Substâncias orgânicas: Estrutura e Propriedades – Nídia Franca Roque – EDUSP
4º – O telescópio na magia natural de Giambattista della Porta – Fumikazu Saito – Editora da PUC-SP
5º – O observatório no telhado – Oscar T. Matsuura – Companhia editora de Pernambuco
6º – Processos Biológicos Avançados para Tratamento de Efluentes e Técnicas de Biologia Molecular para o Estudo da Diversidade Microbiana – Márcia Dezotti, Geraldo Lippel Sant’Anna Jr, João Paulo Bassin – Editora Interciência
7º – Mecânica Quântica – José Roberto Mahon – Grupo Gen
8º – Simulação computacional de circuitos elétricos – Luiz de Queiroz Orsini e Flávio Cipparrone – EDUSP
9º – Controle Linear de Sistemas Dinâmicos – Teoria, Ensaios Práticos e Exercícios – José C. Geromel e Rubens H. Korogui – Editora Edgard Blucher
10º – Tópicos de mecânica clássica – Marcus A. M. de Aguiar – Editora Livraria da física
8. Ciências Humanas
1º – ritmo espontaneo: organicismo em raizes do Brasil de Sergio Buarque de Holanda – João Kennedy Eugenio – Editora da Universidade federal do Piauí
2º – Um estilo de história – Fernando Nicolazzi – Editora da UNESP
3º – A política da escravidão no Império do Brasil – Tâmis Parron – Editora Civilização Brasileira
4º – Mutações: A invenção das crenças – Adalto Novaes (org.) – Edições SESC-SP
5º – Entre a luxúria e o pudor: a história do sexo no Brasil – Paulo Sérgio do Carmo – Editora Octavo
6º – A sociologia e o mundo moderno – Octavio Ianni – Editora Civilização brasileira
6º – Dicionário da Antiguidade Africana – Nei Lopes – Editora Civilização brasileira
7º – Oniska: poética do xamanismo na amazônia – Pedro de Niemeyer Cesarino – Editora Perspectiva
8º – Lições de filosofia primeira – José Arthur Giannotti – Companhia das letras
9º – Para uma história da belle époque: a coleção de cardápios de Olavo Bilac – Lúcia Garcia – Imprensa oficial do estado
10º – In difesa della razza: Os Judeus Italianos Refugiados do Fascismo e o Antissemitismo do Governo Vargas, 1938-1945 – Anna Rosa Campagnano – EDUSP
9. Ciências Naturais
1º – Gestão do Saneamento Básico – Abastecimento de água e esgotamento sanitário – Coleção Ambiental – Arlindo Philippi Jr., Alceu de Castro Galvão – Editora Manole
2º – Fundamentos da Paleoparasitologia – Luiz Fernando Ferreira, Karl Jan Reinhard e Adauto Araújo (orgs.) – Editora Fiocruz
3º – Frutas da Amazônia Brasileira – Silvestre Silva – Metalivros
4º – Direito ambiental – do global ao local – Angela Barbarulo – Editora Global
5º – O futuro da Terra – H. Moysés Nussenzveig – Editora FGV
6º – Geografia- Práticas de Campo, Laboratório e Sala de Aula – Luis Antonio Bittar Venturi (organizador) – Editora Sarandi
7º – Educação Ambiental na Formação do Administrador – José Carlos Barbieri e Dirceu da Silva – Editora Cengage Learning
8º – O Desafio da Sustentabilidade na Construção Civil – Série Sustentabilidade – Vol. 5 – Vahan Agopyan e Vanderley M. John – Editora Edgard Blucher
9º – Energia Eólica – Série Sustentabilidade – Eliane A. Faria Amaral Fadigas – Editora Manole
10º – Irrigação e Fertirrigação em fruteiras tropicais e hortaliças. – Valdemício Ferreira de Sousa, Waldir Aparecido Marouelli, Eugênio Ferreira Coelho, José Maria Pinto/ Maurício Antonio Coelho Filho – Editora EMBRAPA
10. Ciências da Saúde
1º – Clínica Psiquiátrica – A visão do Depto. e do Instituto de Psiquiatria do HCFMUSP – Eurípedes Constantino Miguel, Valentim Gentil, Wagner Farid Gattaz – Editora Manole
2º – Tratado de Gastroenterologia – Federação Brasileira de Gastroenterologia – Editores: Schlioma Zaterka e Jaime Natan Eisig – Editora Atheneu
3º – Coluna vertebral – Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem – João Luiz Fernandes e Francisco Maciel Júnior – Editora Elsevier
4º – Estatística na área da saúde: conceitos aplicações e prática computacional – Arminda Lucia Siqueira, Jacqueline Domingues Tibúrcio – Editora CoopMed
5º – Artigos Científicos – Como Redigir, Publicar e Avaliar – Maurício Gomes Pereira – Grupo Gen
6º – Tratado de Fisioterapia Hospitalar – Assistência Integral ao Paciente – Joaquim Minuzzo Vega, Alexandre Luque, George Jerre V. Sarmento e Luiz Fernando de Oliveira Moderno – Editora Atheneu
7º – Epidemiologia e Saúde – Fundamentos, métodos e aplicações – Naomar de Almeida Filho – Grupo Gen
8º – clínica e laboratório “Prof. Celso Carlos de Campos Guerra” – João Carlos de Campos Guerra/Carlos Eduardo dos Santos Ferreira – Sarvier Editora
9º – PET e PET/CT em Oncologia – SBB Medicina Nuclear – Editores: Celso Darío Ramos e José Soares Junior – Editora Atheneu
10º – Farmácia Clínica – Segurança na Prática Hospitalar – Fábio Teixeira Ferracini e Wladmir Mendes Borges Filho – Editora Atheneu
11. Comunicação
1º – O império dos livros: Instituições e Práticas de Leitura na São Paulo Oitocentista – Marisa Midori Deaecto – EDUSP
2º – Linha do tempo do design gráfico no Brasil – Chico Homem de Melo e Elaine Ramos Coimbra – Cosaf & Naify
3º – Repressão e Resistência: Censura a Livros na Ditadura Militar – Sandra Reimão – EDUSP
4º – 70 anos de Radiojornalismo no Brasil, 1941-2011 – Sonia Virgínia Moreira – EDUERJ
5º – Olho de vidro: a televisão e o estado de exceção da imagem – Marcia Tiburi – Editora Record
6º – As Capas desta História – Ricardo Carvalho, Vladimir Sacchetta e Jose Luiz Del Roio – Instituto Vladmir Herzog
7º – Revistas de invenção – 100 revistas de cultura do modernismo ao século XXI – Sergio Cohn (organizador) – Azougue Editorial
8º – Lanterna Mágica: infância e cinema infantil – João Batista Melo – Editora Civilização Brasileira
9º – O negro nos espaços publicitários brasileiros: perspectivas contemporâneas em diálogo – Leandro Leonardo Batista e Francisco Leite (Orgs.) – Escola de comunicação e artes (USP) e Coordenadoria dos Assuntos da População Negra – CONE/ PMSP
10º – Música e Propaganda – Paulo Cezar Alves Goulart – Editora A9
12. Contos e Crônicas
1º – O livro de Praga – Sérgio Sant’Anna – Companhia das letras
2º – Vento sul – ficções – Vilma Arêas – Companhia das letras
3º – O anão e a ninfeta – Dalton Trevisan – Editora Record
4º – O Destino das metáforas – Sidney Rocha – Editora Iluminuras
5º – Nós passaremos em branco – Luís Henrique Pellanda – Editora Arquipélago
6º – Axilas e outras histórias Indecorosas – Rubem Fonseca – Nova Fronteira
7º – Enquanto água – Altair Martins – Editora Record
8º – Onde terminam os dias – Francisco de Morais Mendes – Editora 7 letras
9º – Contos de mentira – Luisa Geisler – Editora Record
10º – Passaporte para a China – crônicas de viagem – Lygia Fagundes Telles – Companhia das letras
Continua…
Fonte:
Câmara Brasileira do Livro

Deixe um comentário

Arquivado em Premiações, Premio Jabuti

IX Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores de 2012 (Programação)

LOCAL: ESCOLA DE TEATRO, DANÇA E MÚSICA FAFI, EM VITÓRIA ES.

Dias 27, 28 e 29 de Julho de 2012. PROMOÇÃO: CLUBE DOS TROVADORES CAPIXABAS CTC –

APOIO: SECRETARIA DE CULTURA DA PREFEITURA DE VITÓRIA

SEXTA DIA 27

LOCAL: FAFI, CENTRO DE VITÓRIA, ES.

Inscrições gratuitas e recebimento de Crachá.

Evento aberto para professores, estudantes, poetas iniciantes, escritores e povo em geral.

Certificado com Carga Horária de 32 horas, no final para todos que tiverem 80% de freqüência.

Exposições dos Artistas Plásticos, Kátia Maria Bobbio Lima, Maria do Rosário Silva Santos e Levi Basílio.

Inauguração da Tenda da Quinta Literária, organizada pelo Escritor Edilson Celestino Ferreira.

Varal de Poesias e Trovas em Pipas (Papagaios).

Local: Escola de Teatro Dança e Música FAFI, na Avenida Jerônimo Monteiro, 656, no Centro. 0

19h30m –

Abertura Solene do IX CONGRESSO BRASILEIRO DE POETAS TROVADORES.

Comemoração dos 32 anos do Clube dos Trovadores Capixabas, CTC.

Apresentação das Delegações Visitantes dos Estados Brasileiros.

Palestra “A Trova como bem Imaterial de Cultura”, pelo Presidente do CTC, Clério José Borges.

Homenagens a Personalidades do Estado e do Município.

Entrega do TROFÉU ENO THEODORO WANKE ao Trovador do Ano, Agostinho Rodrigues, de Campos, RJ, representado pela Escritora e Trovadora, Ruth Farah Nacif Lutterback, da Cidade de Cantagalo, RJ.

Entrega de Troféus, Medalhas e Certificados aos vencedores e participantes do Concurso de Trovas tema PESCADORES.

Entrega dos Títulos honoríficos, COMENDA EXCELSO TROVADOR e COMENDA EXCELSA TROVADORA e das COMENDAS EXCELSO MAGNIFÍCO ESCRITOR 2012 e EXCELSA MAGNÍFICA ESCRITORA 2012.

Homenagens às entidades Culturais da Grande Vitória.

Homenagem a Maurício de Oliveira pelo Compositor e Cantor Alomar Cassiano Borges e pelo Músico Sebastião Braz.

Show do Cantor e Compositor Teodorico Boamorte.

Performance do Ator Everaldo Nascimento.

Apresentação do Grupo Lítero-Musical, VOZES DA VILA, com os Artistas, Andra Valladares, Barbosa Lima, Horacio Xavier e Karla Skarine.

SÁBADO DIA 28

9h
Concentração na Escola de Teatro Dança e Música FAFI, na Avenida Jerônimo Monteiro, 656, no Centro de Vitória.

Passeio pelos Pontos Turísticos de Vitória, passando pela PRAÇA DOS TROVADORES na Enseada do Suá até Ilha das Caieiras.

Almoço por adesão em Restaurante típico da região, na Ilha das Caieiras, com Moqueca Capixaba, prato individual somente a R$ 20,00, para os participantes do Congresso.

Início do Concurso Relâmpago de Trovas.

15,00 horas – Concentração no local do evento, Escola de Teatro Dança e Música FAFI.


16,00 horas – 

Sarau Poético.

Exibição do Filme Revolta do Queimado de João Carlos Christo Coutinho, sobre a Revolta dos Negros Escravos ocorrida em 1849, em Queimado, que na época pertencia a Vitória.

Vídeo “Como Compor (Montar) um Livro”, de Lola Prata.

Vídeos de eventos culturais no Brasil.

Apresentação dos Poetas Trovadores.

18h –
Lançamento e re-lançamento de Livros da Lei Rubem Braga de Vitória; Lei Chico Prego da Serra; Lei Vila Velha de Cultura e Lei João Bananeira, com coordenação do Jornalista Maurilen de Paulo Cruz, o Mauri.

18h30m –
Homenagens a Personalidades e Artistas, Poetas e Escritores Capixabas

19h –
Sarau Poético: Momento Solano Trindade, com Suely Bispo, dentro do Projeto Viagem pela Literatura da Biblioteca Pública Municipal Adelpho Poli Monjardim.

20h – Palestras e Informes até as 21h30m.

22h – Serenata dos Trovadores – Trovadores visitantes e Comunidade do bairro Itararé, cantando músicas de Serenata pelas ruas, com violonistas.

DOMINGO DIA 29

9h –
Concentração na Escola de Teatro Dança e Música FAFI, na Avenida Jerônimo Monteiro, 656, no Centro de Vitória.

Saída para o passeio de Escuna GRATUITO, para os participantes do Congresso, pela Baía de Vitória, com celebração Ecumênica (Missa) em Trovas. (Uma hora e meia de passeio, com salva vidas individual e toda segurança possível).

Apresentação dos Trovadores no final da celebração.

Premiação do Concurso Relâmpago de Trovas.

Votação da CARTA DE VITÓRIA.

12h – Confraternização final, no Clube Álvares Cabral.

Encerramento às 16 horas.

Maiores informações e Ficha de Inscrição pela INTERNET em:
http://www.clerioborges.com.br/congresso2012.html e no Web Site do Clube dos Trovadores Capixabas: http://www.trovadorescapixabas.com.br CTC – Clube dos Trovadores Capixabas Tel.: 27 – 3328 07 53 (Clério José Borges).

HOSPEDAGEM: Não haverá hospedagem gratuita. HOTÉIS: Alguns hotéis oferecem preço diferenciado para os participantes do Congresso, basta que se identifiquem ao telefonarem para a confirmação da reserva da hospedagem. Pesquise e pechinche antes de firmar compromisso.

ALICE VITÓRIA HOTEL, (Diária. Casal 154,00. Individual: R$ 134,00), fica a 300 metros da FAFI, local do Congresso. Rua Cel. Vicente Peixoto, 95, Centro e Praça Presidente Getúlio Vargas, 5, Centro, Tel.: (27) 3331 11 44.
CANNES PALACE HOTEL, (Diária Casal: R$ 89,00) Av. Jerônimo Monteiro, 111, Centro. Tel.: (27) 3232-72 00.
HOTEL CIDADE ALTA – (Diária Casal: R$ 70,00 / Diária Simples uma pessoa: R$ 35,00) Penha/Marcos – Rua Dionízio Rosendo, n.º 213 – Cidade Alta – Em frente à Catedral de Vitória – Telefones: (027) 32 23 06 53 / Celular (27) 99 92 27 76.

HISTÓRIA – Vitória é a segunda capital mais antiga do Brasil. A Ilha de Vitória é formada por um arquipélago composto por 33 ilhas e por uma porção continental, totalizando 93,38 quilômetros quadrados. As paisagens da cidade encantam a quem chega, quer seja de avião, navio ou pela via terrestre. Foi fundada no dia 8 de setembro de 1551, na então ilha de Guaananira ou Ilha do Mel, nome dado pelos povos indígenas.

Fonte:
Clério José Borges de Sant’Anna

Deixe um comentário

Arquivado em Congressos - Eventos, Premiações, Trovadores

Calendário de Festas de Concursos de Trovas- 2012

15, 16 e 17 de junho
Jogos Florais de Curitiba
23 de junho
Concurso de Maranguape
21 e 22 de julho
Concursos de São Paulo
11 a 14 de outubro
Natal e Caicó
27 de outubro
Jogos Florais de Cantagalo
26, 27 e 28 de outubro
Ouro Fino
24 e 25 de novembro
Jogos Florais de Niterói

Fonte:
Calêndula Literária. UBT Porto Alegre. Edição nº 408 – Junho de 2012.

Deixe um comentário

Arquivado em Premiações

Clube de Escritores de Ipatinga (Premiação e Lançamento de Coletânea, dia 5 de Maio)

clique sobre a imagem para melhor visualização
Mais uma vez, o Clube de Escritores de Ipatinga nos brinda com uma antologia.

A poeta Marília Siqueira Lacerda organiza certames -inclusive o respeitado CECON_Circuito Estadual de Contos – o jornal da entidade, divulga livros, enfim ,bastante movimentação cultural, agregadora por natureza.

Será dia 05 de maio, haverá a premiação do 11o Circuito de Literatura e a entrega das coletâneas, cuja impressão sempre agrada ao olhar.

A partir das 20 horas, no Centro Cultural USIMINAs. Ipatinga fica no “Vale do Aço”, em Minas Gerais, Brasil.

85 escritores nacionais:

A. Zarfeg
Adriano Alcantara
Aglaé Torres
Agnaldo Tadeu
Alzira Umbelino
Amélia Luz
Andreia Donadon Leal
Angela Togeiro
Angélica Vaccarini
Antônio de Oliveira
Antônio Geraldo
Aroldo Chagas
Braz Henriques
Carlos Alberto Cavalcanti
Carlos Soares de Oliveira
Cesar Cardoso
César Teixeira
Chames Salles Rolim
Cida Pinho
Cirlena Costa
Clara Lúcia
Clauder Arcanjo
Cláudia Bergo
Clevane Pessoa
Dalva Abrahão
Daniel Retamoso
Dércio Braúna
Désio Cafiero Filho
Éder Rodrigues
Édson Roberto
Elza Teixeira de Freitas
Erna Pidner
Eustáquio Gorgone
Fabrício Gortes
France Gripp
Frederico Spada
Gabriel Bicalho
Geraldo Dias Cruz
Geraldo Magela
Goretti de Freitas
Hebe Rôla
Humberto Venuto
J.B.Donadon-Leal
Jefferson Silveira
Jhonatan Oliveira
João Batista Trevenzoli
José Carlos Aragão
José Di Lorenzo Serpa
José Manuel
José Senaldoria
J.S.Ferreira
Kelson Oliveira
Lázaro Barreto
Lenemar Calhau
Ligia Porto
Lúcia Trevenzoli
Luiz Dias Vasconcelos
Luis Pimentel
Marcelo Leite
Marcelo Rocha
Márcia De Conti
Maria Helena Camargos
Marilda Ladeira
Marilia Siqueira Lacerda
Mário Roberto
Marta Miranda
Merivaldo Pinheiro
Moacir Chrisóstomo
Nélio Canêdo
Nely Morato
Nena de Castro
Nivaldo Resende
Odemir Tex Júnior
Pérola Gandra
Romero Lamego
Santos Peres
Sebastião Nascimento
Simone Eberle
Tanussi Cardoso
Vagner Canuto
Vanda Gallinari
Valdir Azambuja
Vanderlei Lourenço
Zarife Selim de Salles

Visitem o site do CLESI:
http://www.clesi.com.br

Fonte:
Clevane Pessoa (Haruko)
Diretora Regional do InBrasCi em belo Horioznte
Acadêmica Fundadora da ALB/Mariana.

Deixe um comentário

Arquivado em Convite, Lançamento de Livro, Minas Gerais, Premiações

XXXI Concurso de Trovas da ATRN/NATAL (Programação da Premiação)


PROGRAMAÇÃO DA ATRN PREMIAÇÃO:

Caros confrades e amigos,

Envio-lhes a programação de nossa festividade dos dias 6 e 7 de outubro próximo, para premiação das trovas classificadas nos concursos nacional e estadual realizados neste ano de 2011.

Com a alegria da presença de todos vocês, nos dizemos ao embalo
das melhores expectativas.

Abraço.
Zé Lucas.

ACADEMIA DE TROVAS DO RIO GRANDE DO NORTE.

Festividade de premiação – concursos 2011.

PROGRAMAÇÃO:

Dia 6/10/2011
-Dia livre para receber os visitantes de outros Estados;

20h, no auditório da Academia Norte- Riograndense de Letras:

– Apresentação do Madrigal da Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte;

-Solenidade de premiação;

-em seguida, coquetel, no salão de eventos da ANRL.

Dia 7/10/2011

-7h30, saída para Natal, dos poetas que se encontrarem em Pirangi;

-8h – Saída para Parnamirim, partindo da Praça Augusto Leite, em Natal;

-9h30 – Missa em Trovas, na Matriz de Nossa Senhora de Fátima;

– após a missa, visita à Prefeitura Municipal, em cujo auditório será realizada
uma rodada de trovas em agradecimento e homenagem à progressista cidade de Parnamirim, Trampolim da Vitória;

-11h30, partida para Caicó, com almoço previsto em Currais Novos;

-16h – previsão de chegada a Caicó, para a programação do Clube dos Trovadores do Seridó, nos dias 8 e 9/10/2011, com retorno programado para após o almoço de despedida (dia 9).

José Lucas de Barros – Presidente

Fonte:
Ademar Macedo

Deixe um comentário

Arquivado em Concursos de Trovas, Premiações, Programações

V Concurso Literário "Cidade de Maringá" (Noite de Premiação)


No dia 25 de junho (sábado), realizou-se a entrega dos prêmios a todos vencedores de todas as modalidades do V Concurso Literário “Cidade de Maringá”, na cobertura do Hotel Metrópole Bristol.

Na ocasião, além dos premiados, familiares e amigos, estiveram presentes representantes de diversas Academias de Letras não só do Paraná mas de outros estados brasileiros, como
Renato Benvindo Frata da Academia de Letras e Artes de Paranavaí,
Héron Patrício (da Academia Pousoalegrense de Letras),
Arlindo Tadeu Hagen (Academia Juizforense de Letras e Vice Presidente da União Brasileira dos Trovadores a nível nacional),
Roza de Oliveira (Academia Paranaense de Poesia),
este que vos escreve este artigo (Presidente Estadual da seccional Paraná da Academia de Letras do Brasil), e outros que me fogem os nomes no momento.

A mesa foi composta pela
presidente da Academia de Letras de Maringá Olga Agulhon,
o prefeito de Maringá, Silvio Magalhães Barros,
a secretária de cultura Flor de Maria Silva Duarte,
o grande literato (cronista, contista, haicaista, trovador, poeta) A. A. de Assis,
e outras autoridades presentes.

Após algumas homenagens foram entregues os diplomas e troféus (produzidos por artista plástico maringaense) aos vencedores, com a leitura das trovas, poema livre e soneto pelos seus autores, salvo raras exceções de vencedores que não puderam comparecer ao evento.

José Feldman

Deixe um comentário

Arquivado em Maringá, Notícias Em Tempo, Premiações

Festividades dos XVI Jogos Florais de Curitiba

Estamos em festa. Venha participar!

Nosso site está em construção: http://www.ubtcuritiba.com/

A UBT- Seção de Curitiba apresenta a programação de um dos mais importantes eventos culturais do Paraná em 2010:
“XVI Jogos Florais de Curitiba”.
Convidamos e contamos com a sua presença!

Abraço fraterno,
Maria da Graça Stinglin de Araújo
Presidente

PROGRAMAÇÃO OFICIAL – XVI JOGOS FLORAIS DE CURITIBA – 2010

Dias 18, 19 e 20 de junho de 2010

Dia 18 de junho (sexta-feira)

17h45m – Saudação aos visitantes, no saguão do Hotel .Participação de Milton I. Fadel (cantor) e Manoel Moskalewski (músico).

18h15m – Saída para a Câmara Municipal de Curitiba, (a uma quadra do Hotel).

19h – Solenidade de abertura, na CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA
* Premiação dos estudantes classificados no XVI Jogos Florais de Curitiba.
* Homenagens.
* Apresentação musical, Fabiano Crusara (tenor), Júlio Enrique Gómez (pianista).

Dia 19 de junho (sábado)

8h45m – Passeio turístico por alguns pontos da cidade. Ônibus apanhará os trovadores e convidados no Hotel.
* Almoço – Livre

14h30m – Solenidade de premiação dos trovadores classificados (âmbito internacional-nacional-estadual).
Local: Salão “PARANÁ”, nas dependências do Hotel.
* Apresentação musical: Coral “La Vie en Rose”, da Rede Feminina de Combate ao Câncer, sob a regência da maestrina Ellisana Gazda Kunn.

18h– Saída para o jantar na Chácara “Sapolândia” – ônibus para os visitantes (ida e volta).

19h – Jantar. (Sapolândia – chácara do Vereador João Claudio Derosso, Rua Antonio de Paula, 3695).
* Lançamento do livro “Paraná em Trovas”, organizado por Vânia Maria Souza Ennes .
* Roda de Samba do IEP, com os músicos: Aderli Santi, Cesar Basseti, Harry Korman, Kleber Humphreys, Manoel Moskalewski, Mário G. Damasceno, Milton Fadel, Nivaldo Gouvea Júnior, Orlando Dias e Paulo Dorsa.
* Revoada de trovas.

Dia 20 de junho (domingo)

9h15m: Embarque no hotel, dos visitantes.

10h – Missa em trovas, na Igreja São Francisco de Paula – Rua Desembargador Motta, nº 2.500
* Apresentação musical a cargo de Cirlei Donim (cantora lírica)

12h – Almoço de despedida (por adesão) no Restaurante do Hotel.
*************************************************************************
Hotel “Paraná Suíte” – Rua Lourenço Pinto, nº 456 –– próximo do Shopping Estação e da Câmara Municipal de Curitiba. Fone/fax (41) 3322-4242.

OBS:

Dia 17 de junho – Palestra com Antônio Augusto de Assis –
“A TROVA DE LUIZ OTÁVIO”,
Biblioteca Pública do Paraná, rua Cândido Lopes, nº 133, 3º andar.

Fonte:
UBT/Curitiba

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos - Comemorações, Premiações

Ribeirão Preto – Capital Brasileira da Cultura 2010

Anualmente uma cidade brasileira é contemplada com o título de Capital Brasileira da Cultura. Até agora já receberam o título de Capital Brasileira da Cultura as cidades : Olinda (PE) 2006, São João Del Rei (MG) 2007, Caxias do Sul (RS) 2008, São Luís (MA) 2009 e Ribeirão Preto (SP) que será a CBC 2010.

Este projeto é promovido pela ONG CBC de São Paulo em parceria com o Ministério da Cultura, Ministério do Turismo, SESC TV, Discovery Channel e a Quixote Art & Eventos de Curitiba, empresa que presta consultoria na execução e formatação dos projetos e ações associadas a este evento.

Concorreram ao título de Capital Brasileira da Cultura 2010 as cidades de Parati/RJ, Ribeirão Preto/SP, Bento Gonçalves/RS, Gramado/RS, Prado/MG, Itabira/MG, Senador Pompeu/CE e as paranaenses Campo Mourão, Lapa e Paranaguá. Joinville/SC, Petropolis/RJ e Rio Branco/AC.

Para merecer esta honraria, os jurados levarão em consideração a programação cultural do município, a infra-estrutura e os equipamentos culturais da cidade (museus, teatros, cinemas, etc) e a integração entre as ações do poder público e da comunidade, observando a existência de Conselhos Municipais de Cultura e outros mecanismos exigidos pelo Sistema Nacional de Cultura.

Além do apoio para o desenvolvimento de sua programação regular, a Capital Brasileira da Cultura receberá algumas atividades para auxiliar a qualificar e capacitar artistas e técnicos que atuem na produção cultural, bem como, a cidade vencedora contará com uma divulgação extra na mídia nacional e internacional: O canal Discovery Channel por exemplo, veiculará durante diariamente durante todo o ano de 2010, cinco inserções de 30 segundos de uma mensagem institucional sobre a Capital Brasileira da Cultura 2010, além de programas produzidos pela SESC TV de São Paulo, entre outras formas de ações promocionais.

Este ano, graças a parceria existente deste projeto com o Bureau Internacional de Capitais Culturais, a cidade de São Luís do Maranhão ganhou um espaço em Atenas/Grécia para divulgar os seus atrativos turísticos e culturais.

A Capital Brasileira da Cultura foi apresentada para 48 universidades da Europa

O Presidente do Bureau Internacional de Capitais Culturais (www.ibocc.org), Xavier Tudela, apresentou o projeto Capital Brasileira da Cultura na Conferencia Anual da Rede de Universidades das Capitais Européias da Cultura (University Network of the European Capitals of Culture – UNeECC). Essa organização agrupa 48 universidades que estão sediadas em cidades que já foram ou serão nomeadas capitais européias da cultura. Este ano a Conferencia realizou-se em Vilna (Lituânia), cidade que juntamente com Linz (Áustria) é a Capital Européia da Cultura 2009.

Além da Capital Brasileira da Cultura, Xavier Tudela apresentou também as outras iniciativas que estão sendo implementadas pelo Bureau desde o ano 1998, em diversas partes do mundo: Capital Americana da Cultura, Capital da Cultura Catalã, Capital da Cultura Espanhola , US Capital of Culture e outros projetos em andamento.

A Capital Brasileira da Cultura (www.capitalbrasileiradacultura.org), criada em 2003, tem como objetivo principal valorizar e promover a diversidade e o patrimônio cultural do Brasil, fomentando a utilização da cultura como ferramenta de desenvolvimento social e econômico. A Organização Capital Brasileira da Cultura que implementa o projeto no Brasil, faz parte do Bureau Internacional de Capitais Culturais, entidade com sede em Barcelona, que promove internacionalmente as cidades capitais culturais, estabelecendo novas pontes de cooperação com a Europa, continente que tem estabelecido as capitais culturais desde o ano 1985.

O projeto CBC conta com o apoio do Ministério da Cultura, Ministério do Turismo, SESC SP e Discovery Networks Latin América / US Hispanic.

Fontes:
– Guata – Cultura em movimento.
http://www.guata.com.br/
http://www.capitalbrasileiradacultura.org/

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias Em Tempo, Premiações

Prêmio Jabuti

História

A história do Prêmio Jabuti começa por volta de 1957, em um período repleto de desafios para o mercado editorial, com recursos escassos e baixa articulação do segmento. Apesar das adversidades, não faltava entusiasmo aos dirigentes da Câmara Brasileira do Livro naquela época. As discussões foram comandadas pelo então presidente da entidade, Edgar Cavalheiro e pelo secretário Mário da Silva Brito – dois intelectuais e estudiosos da literatura brasileira – e outros membros da diretoria do biênio 1955-1957 interessados em premiar autores, editores, ilustradores, gráficos e livreiros que mais se destacassem a cada ano.

Essas discussões em torno de uma “láurea” ou “galardão”, como se dizia na época, ganharam forma na diretoria seguinte, de 1957-1959, presidida por Diaulas Riedel, a quem coube a confirmação da escolha da figura do jabuti para nomear o prêmio e a realização de concurso para a confecção da estatueta, vencido pelo escultor Bernardo Cid de Souza Pinto.

A primeira premiação ocorreu também na gestão do presidente Diaulas Riedel. No final do ano de 1959, em solenidade simples e despretensiosa realizada no auditório da antiga sede da CBL na avenida Ipiranga, foi feita a entrega do primeiro Prêmio Jabuti. Foram laureados autores como Jorge Amado, na categoria Romance, pela obra “Gabriela, Cravo e Canela”. A Saraiva ganhou o prêmio de Editor do Ano.

O nome

Mas por que um jabuti para nomear um prêmio do livro? A resposta, tem explicação no ambiente cultural e político da época, influenciado, sobretudo, pelo modernismo e nacionalismo, pela valorização da cultura popular brasileira, nas raízes indígenas e africanas, nas suas figuras míticas, símbolos seculares carregados de sabedoria e experiência de vida e legados de uma geração à outra. Sílvio Romero, Mário de Andrade, Monteiro Lobato e Luís da Câmara Cascudo, entre o final do século XIX e o início do século XX, foram pioneiros na pesquisa, no estudo e na divulgação dessa rica cultura popular.

E foi Monteiro Lobato, provavelmente, o mais prolífico na recriação literária das histórias desses personagens meio enigmáticos, meio reveladores e sempre sedutores do folclore nacional. Um desses personagens da literatura infantil de Lobato é, como se sabe, o jabuti. O pequeno quelônio, já familiar no imaginário das culturas indígenas tupi, ganhou vida e personalidade nas fabulações do autor das “Reinações de Narizinho”, como uma tartaruga vagarosa, mas obstinada e esperta, cheia de truques para vencer obstáculos, para enganar concorrentes mais bem dotados e chegar na frente ao fim da jornada. Com essas credenciais, ganhou também a simpatia e a preferência dos dirigentes da CBL. Eles o elegeram para inspirar e patrocinar um prêmio para homenagear e promover o livro.

Jabuti repaginado

Ao longo dos seus 50 anos o Jabuti passou por transformações. No início, a cerimônia de entrega do Prêmio era feita na antiga sede da entidade, na avenida Ipiranga, depois passou a ser realizada durante as Bienais do Livro. Mas o Jabuti ganhou vida própria, e os diretores da CBL sentiram a necessidade de criar um evento proporcional à credibilidade que o Prêmio ganhou junto ao mercado editorial e à própria sociedade. Em 2004, ocorreu a primeira grande cerimônia de entrega das estatuetas, realizada no Memorial da América Latina. Nos últimos três anos, essa grande festa do livro do Brasil ganhou um dos espaços mais nobres da capital paulista – a Sala São Paulo.

O Jabuti foi se transformando aos poucos. No Regimento Interno do Prêmio, criado em 1959, constam apenas sete categorias de premiação: Literatura, Capa e Ilustração, Editor do Ano, Gráfico do Ano, Livreiro do Ano e Personalidade Literária. Atualmente, são contempladas todas as esferas envolvidas na criação e produção de um livro, em um total de 21 categorias, passando pela tradução, ilustração, capa e projeto gráfico, além das categorias tradicionais como Romance, Contos e Crônicas, Poesia, Reportagem, Biografia e Livro Infantil. Por sua abrangência, o Jabuti é considerado o maior e mais completo prêmio do livro no Brasil.

Outra iniciativa que trouxe ainda mais glamour ao Prêmio foi a criação das categorias Livro do Ano de Ficção, em 1991, e Livro do Ano de Não-Ficção, dois anos depois, em 1993. Esses prêmios são revelados somente na noite da entrega das estatuetas e são o ponto alto do evento, em um momento de grande expectativa por todos os agentes do mercado editorial.

Fatos curiosos

O livro de 50 anos do Jabuti traz ainda outras curiosidades. Em 2004, por exemplo, ano que registrou o maior número de obras inscritas (2.374), o vencedor do Livro do Ano de Ficção foi “Budapeste”, de Chico Buarque. A obra, no entanto, ganhou Menção Honrosa (3o lugar) na categoria Romance. “Houve um silêncio na platéia”, conta José Luiz Goldfarb, curador do Prêmio Jabuti. No dia seguinte, a mídia impressa também abriu espaço nas suas páginas para questionar o episódio. Como um livro que ficou em terceiro lugar na sua categoria poderia levar o prêmio de Melhor Livro do Ano? “O que ocorreu, na verdade, é que os vencedores das 20 categorias são escolhidos somente pelos jurados e os Livros do Ano recebem também os votos do mercado editorial, sendo que o grande vencedor não necessariamente é o 1. colocado de uma categoria”, explica.

Polêmicas à parte, o fato é que o Jabuti tornou-se, nas palavras de Rosely Boschini, presidente da CBL, um “patrimônio nacional”. “Com obstinação e argúcia, à maneira do seu inspirador, o Prêmio Jabuti avançou sem esmorecer, ganhou agilidade e encarou uma longa jornada. Avançou, ganhou densidade e respeito, conquistou o reconhecimento de todos os que, no Brasil, produzem informação, conhecimento e arte, de todos os que escrevem, publicam e leem livros. Tornou-se, ele próprio, um personagem vivo da cultura brasileira contemporânea”, destaca Rosely Boschini. Na maior festa do livro no Brasil, ganhar ou não o Prêmio, já não faz diferença. O importante é participar.

Fonte:
http://www.cbl.org.br/jabuti/telas/historia/

Deixe um comentário

Arquivado em Premiações, Premio Jabuti

Convite Oficial do 8º Circuito Literatura do CLESI – Ipatinga


Vencedores dos prêmios do 8º Circuito de Literatura do Clesi

6º Prêmio Nacional de Poesia – Cidade Ipatinga

1º lugar –
Do tempo enfeitado de azul, de Marcelo Rocha, de Governador Valadares-MG

2º lugar –
Quando o outono vier, de Augusto Sérgio Bastos, do Rio de Janeiro-RJ

3º lugar –
Ofício de Angústias, de Santos Peres, de Avaré-SP

Menção Honrosa

Era rima a tua carne, de Frederico Spada, de Juiz de Fora-MG

O Quintal, de Fabrício Pires Fortes, de Santa Maria-RS

A face do beijo, de Alzira Maria Umbelino, de Belo Horizonte-MG

Quaresmeiras e outras paixões que não roxeam, de Éder Rodrigues, de Belo Horizonte-MG.
===================

23º Festival Estadual de Poesia

1º Lugar –
Diários de Entomofagia, de Simone Eberle, de Ipatinga – MG

2º Lugar –
Mulheres Sacrossantas, de Luiz Dias Vasconcelos, de Sete Lagoas – MG

3º Lugar –
Jejum, de Éder Rodrigues, de Belo Horizonte – MG

4º Lugar –
Dias Áridos, de Adriano Alcântara, de Passos – MG

5º Lugar –
Sexo Verbal, de Jhonatan de Souza Oliveira, de Coronel Fabriciano – MG
==============

7º FESP Destaque Infanto-Juvenil

Categoria de 08 a 11 anos

1º Lugar –
Ser Criança é…, Kiara Lacerda de Lacerda, de Belo Oriente – MG
Colégio São Francisco Xavier

2º Lugar –
Recado Urgente, Quéren Hapuque Viega Pereira, de Governador Valadares – MG
E. E. Pedro Ribeiro Cavalcante Filho

3º Lugar –
O Artista Deus, de Samantha Oliveira Brum, de Ipatinga – MG
Colégio São Francisco Xavier

Categoria de 12 a 15 anos

1º Lugar –
O Farol, de Fernanda Aguiar Tavares, de Belo Horizonte – MG
E. M Salgado Filho

2º Lugar
Juventude, de Liridiow Ferreira Costa, de Governador Valadares – MG
E. E.Pedro Ribeiro Cavalcante Filho

3º Lugar
Para ela eu disse adeus, de Nélio Carvalho Soares, de Governador Valadares – MG
E. E.Pedro Ribeiro Cavalcante Filho
=========================

8º Concurso Estadual de Contos

1º lugar
Cataclisma, de Ligia Pôrto, de Belo Horizonte-MG

2º lugar
Diário de Um Real Imaginário, de Andreia Donadon Leal, de Mariana-MG

3º lugar
Mimo, de Alzira Maria Umbelino, de Belo Horizonte-MG

Clube dos Escritores de Ipatinga
Tel.: 31-3822.3876 / 8673.2532
http://www.clesi.com.br/

Fonte:
Academia Brasileira de Poesia da Casa Raul de Leoni

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos, Premiações, Resultados de Concursos

IV Encontro das Academias de Letras do Paraná e Premiação do IV Concurso Literário "Cidade de Maringá"

PROGRAMAÇÃO:

DIA 19 de junho de 2009 (sexta-feira)

Manhã: recepção/chegada ao Bristol Metrópole Hotel.

12h00/12h30: almoço no restaurante do hotel, Piso “L”.

14h00 às 17h00, no salão Rio de Janeiro, Piso “L”:
IV ENCONTRO DAS ACADEMIAS DE LETRAS DO PARANÁ.

17h15: Lanche

19h30: Noite Cultural, no Auditório Hélio Moreira – Paço Municipal.
Programação:
– Lançamento da Coletânea 2009 da ALM.
– Apresentação da peça premiada.
– Show de lançamento do 2º CD Trovadores do Campo, da dupla Pedro Ornellas e Campos Sales, de São Paulo – SP.

– 22h00: Jantar no restaurante do hotel, Piso “L”, para os escritores premiados e participantes do Encontro das Academias.

Dia 20 de junho de 2009 (sábado)

– 07h00/08h00: Café da Manhã no restaurante do hotel, Piso “L”.

– 09h00: Oficina de Haicai, com a escritora Lena de Jesus Ponte (Rio de Janeiro – RJ),no salão Rio de Janeiro, Piso “L”.

– 12h00: almoço no restaurante do hotel, Piso “L”.

Tarde Cultural.

14h30, no auditório da Biblioteca Municipal “Bento Munhoz da Rocha Netto”: Apresentação das crônicas premiadas.

A música erudita e seus poemas, com o pianista Júlio Enrique Gómez e a poetisa Roza de Oliveira.

16h00, no Teatro Reviver:
Espetáculo “O menino que ganhou uma boneca”, com a Cia. Teatral Tipos & Caras. Texto e direção de Majô Baptistoni. Duração: 40 minutos.

Noite:

19h30: FESTA DE PREMIAÇÃO, nos salões Paris e Londres, “Cobertura”.
* Ao término da cerimônia de premiação, será servido o jantar, no local.

Dia 21 de junho de 2009 (domingo)

07h00/08h00: Café da Manhã no restaurante do hotel, Piso “L”.

– Passeio, de “jardineira”, pelos pontos turísticos de Maringá,
com saída em frente à Catedral.
09h00 às 10h30: 1ª turma
10h30 às 12h00: 2ª turma

12h30: almoço de despedida, no restaurante do hotel.

Fonte:
Academia de Letras de Maringá

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos, Premiações, Tertúlia

XXV Jogos Florais de Bandeirantes (Premiação)

Poetas residentes em seis estados participaram da festa de premiação dos XXV Jogos Florais de Bandeirantes-PR. O evento foi promovido pela Secretaria da Educação e Cultura do município, em parceria com com a seção local da UBT – União Brasileira de Trovadores.

A programação teve destaque em quatro momentos especialmente marcantes:

1. a inaguração de um obelisco em homenagem ao Jubileu de Prata dos Jogos Florais de Bandeirantes, no qual foram afixadas cerca de 100 trovas em placas metálicas.

2. a eleição da Musa dos XXV Jogos Florais.

3. A solenidade de entrega dos troféus aos trovadores premiados em âmbito estudantil (local), em âmbito estadual e em âmbito nacional.

4. A Missa em trovas, que contou com a participação da cantora lírica Domitilla Borges Beltrame, presidente estadual da UBT São Paulo.

Relação dos premiados

ÂMBITO NACIONAL – LÍRICAS E FILOSÓFICAS
TEMA = “AUDÁCIA”

VENCEDORES: (por ordem alfabética)
Almira Guaraci Rabelo – Belo Horizonte/MG
Carolina Ramos – Santos
Darly O. Barros – São Paulo
João Freire Filho – Rio de Janeiro
Milton Nunes Loureiro – Niterói/RJ.

MENÇÕES HONROSAS:
Campos Sales(02) – São Paulo
Éderson Cardoso de Lima – Niterói
Milton Nunes Loureiro – Niterói
Pedro Mello – São Paulo.

MENÇÕES ESPECIAIS:
Arlindo Tadeu Hagen – Belo Horizonte
Carolina Ramos – Santos
Edmar Japiassú Maia – Rio de Janeiro
Marcelo Zanconato Pinto – Cuiabá/MS
Renata Paccola – São Paulo
Terezinha Dieguez Brisolla – São Paulo
Wanda de Paula Mourthé(02) – Belo Horizonte.
———————————————————————————
ÂMBITO NACIONAL – HUMORÍSTICAS
TEMA = “TRABALHO”

VENCEDORES: (também por ordem alfabética)
Clenir Neves Ribeiro – Nova Friburgo
Élbea Priscila S. e Silva – Caçapava/SP
Héron Patrício – São Paulo
João Paulo Ouverney – Pindamonhangaba

MENÇÕES HONROSAS:
Ademar Macedo – Natal/RN
Antonio Carlos Teixeira Pinto – Brasília/DF
Marilúcia Rezende – São Paulo
Martha Maria O. P. de Barros – São Paulo
Olympio Cruz Simões – Belo Horizonte.

MENÇÕES ESPECIAIS:
Arlindo Tadeu Hagen – Belo Horizonte
Clarindo Batista de Araújo – Natal/RN
Francisco Neves Macedo – Natal/RN
Jaime Pina da Silveira – São Paulo
José Antonio de Freitas – Pitangui/MG
Marilúcia Rezende – São Paulo
Renato Alves – Rio de Janeiro
Ruth Farah Lutterback – Cantagalo/RJ
Selma Patti Spinelli – São Paulo
==================================
ÂMBITO ESTADUAL – LÍRICAS E FILOSÓFICAS
TEMA: “VIDA”

Vencedores
A. A. de Assis – Maringá
Janete A. Guerra (2) – Bandeirantes
Maria Helena O. Costa – Ponta Grossa
Vanda Fagundes Queiroz – Curitiba

Menções Honrosas
A. A. de Assis – Maringá
Arlene Lima – Maringá
Dari Pereira – Maringá
Vanda Fagundes Queiroz (2) – Curitiba

Menções Especiais
Amália Max – Ponta Grossa
A. A. de Assis – Maringá
Fernando Vasconcelos – Ponta Grossa
Istela Marina G. Lima – Bandeirantes
Lucília A. T. Decarli – Bandeirantes
Maria da Conceição Fagundes – Curitiba
Maria Helena Cristovo (2) – Bandeirantes
Maria Helena O. Costa (2) – Ponta Grossa
Neide Rocha Portugal – Bandeirantes
Sônia M. Dietzel Martelo – Ponta Grossa
Vanda Alves da Silva – Curitiba
===========================================

ÂMBITO ESTADUAL = HUMORÍSTICAS
Tema ALARME (H)

Vencedores
A. A. de Assis (3) – Maringá
Dari Pereira – Maringá
Vanda Alves da Silva – Curitiba

Menções Honrosas
Dari Pereira – Maringá
Janske N. Schlenker – Itupava
Lucília A. T. Decarli – Bandeirantes
Maria da Conceição Fagundes – Curitiba
Maurício Fernandes Leonardo – Ibiporã

Menções Especiais
Amália Max – Ponta Grossa
Fernando Vasconcelos – Ponta Grossa
Istela Marina G. Lima – Bandeirantes
Janete A. Guerra – Bandeirantes
Maria Helena Cristovo (2) – Bandeirantes
Maurício Fernandes Leonardo – Ibiporã
Neide Rocha Portugal – Bandeirantes
Nei Garcez – Curitiba
Vanda Alves da Silva – Curitiba
Vanda Fagundes Queiroz. – Curitiba

..
Fonte:
E-mail enviado por A. A. de Assis

Deixe um comentário

Arquivado em Premiações