Arquivo da categoria: Resultados de Concursos

Concurso de Contos Águas do Tijuco (Resultado Final)

A Fundação Cultural de Ituiutaba promotora do Concurso de Contos Águas do Tijuco, o mais importante concurso de contos do país, tanto pela qualidade dos contistas participantes, da comissão julgadora e pela premiação paga ao vencedor, considerado o maior prêmio literário do Brasil. Esse ano em sua segunda edição tivemos a participação de centenas de contistas, numa disputa que proporcionou a comissão julgadora muita dificuldade para se chegar ao vencedor, devido à qualidade dos contos inscritos. Tivemos a participação de contos vindos do Japão, Alemanha, Portugal e Estados Unidos, de brasileiros radicados nesses países.

Ao final do julgamento, o grande vencedor do 2° Concurso de Contos Águas do Tijuco de Ituiutaba, é Eder Rodrigues de Belo Horizonte, com o conto: “Orquestra de enxadas”. Segue abaixo a relação dos dez (10) contos selecionados pela comissão julgadora, que irá fazer parte do livro editado pela promotora, Fundação Cultural, onde serão publicados os dez contos selecionados, porém, sem ordem de classificação, destaque apenas para o conto vencedor, “Orquestra de enxadas”, que irá receber, além da publicação, R$ 3.000,00.

1º lugar: Orquestra de enxadas – Eder Rodrigues – Belo Horizonte – Minas Gerais

– Anjo Velho – Marina Tschernyschew – Guarujá – SP

– Assimétricos – Lúcio Emílio do Espírito Santo – Bom Despacho – Minas Gerais

– As areias de antes – Helder Luiz Rodrigues – Curitiba – PR

– Movimento das Marés – Osvaldo Vasconcelos Vilela – Rio de Janeiro – RJ

– O último medo – Márcia Maria Carini – Saõ Paulo – SP

– O vento – Tanussi Cardoso – Rio de Janeiro – RJ

– Perfeição – Fábio Dobashi Furuzato

– Réquiem para um escritor anônimo – Diego Trindade Hahn – Santa Maria – RS

– Vento na janela – Elicos Araujo – Brasília – DF

Fonte:
http://fundacaoituiutaba.com.br/?p=1226

Deixe um comentário

Arquivado em Resultados de Concursos

Concurso Nacional de Poesias de Ponta Grossa/PR (Resultado Final)

Mais de 400 trabalhos foram inscritos nas categorias local e nacional do Concurso de Poesias 2013, que conheceu os vencedores esta semana. O edital foi promovido pela Fundação Municipal de Cultura (FMC) e Conselho Municipal de Política Cultural (CPMC). A homenageada deste ano é a poeta ponta-grossense Sônia Ditzel Martelo. Os demais concursos literários ainda não divulgaram os resultados.

A Comissão Avaliadora, composta por Sônia Ditzel Martelo, Diego Gomes do Valle e Ubirajara Araújo Moreira, escolheu vencedores locais e nacionais. Cada premiado recebe um prêmio no valor de R$ 1 mil.

O concurso, que acontece desde 2008, visa incentivar a produção literária local e o intercâmbio com brasileiros que gostam das letras. Nesta edição, o edital recebeu centenas de inscrições, dificultando o trabalho da comissão, como explica a professora Sônia Ditzel Martelo. Ela e os demais avaliadores leram 362 poemas nacionais e 63 de Ponta Grossa. “Foi muito intenso e gratificante participar de um concurso nacional dentro da maior seriedade como são os trabalhos desenvolvidos pela Fundação”, reforça Sônia.

O presidente da Fundação Municipal de Cultura, Paulo Eduardo Goulart Netto, lembra que os interessados com residência em Ponta Grossa puderam se inscrever nos dois níveis, bastando enviar trabalhos diferentes e inéditos. “O grande número de inscrições mostra que Ponta Grossa se firma no cenário nacional como uma grande incentivadora e aglutinadora da produção literária, além de mostrar a seriedade do trabalho desenvolvido pelo órgão gestor de Cultura ao longo dos últimos anos”, revela.

Por iniciativa da Comissão Avaliadora, foram conferidas ainda 12 menções honrosas (quatro para poetas ponta-grossenses e oito para outras cidades brasileiras), devido à alta qualidade das produções apresentadas. As obras premiadas e as menções honrosas serão publicadas em antologia, numa edição especial dos concursos de Contos, Poesias e Crônicas de 2013, com 1.500 exemplares, editada pela Fundação Municipal de Cultura no 1º semestre de 2014.

Vencedores

Categoria Nacional:

1º Lugar – Vó e Vô – André Telucazu Kondo, Jundiaí/SP

2º Lugar – Ananás – Rei! – José Jair Batista Filho, de Arujá/SP

3º Lugar – A Vertigem – Adriano Apocalypse de Almeida Cirino, Belo Horizonte/MG

Categoria Local

1º Lugar – Cheiro de Sítio – Elioenai Padilha Ferreira, de Ponta Grossa/PR

2º Lugar – Fugas Caseiras – Kleber Bordinhão, de Ponta Grossa/PR

3º Lugar – Conexão Virtual – Cássia Letícia Miranda Rodrigues, de Ponta Grossa/PR

Menções Honrosas – Local

Escape – Hellen Andréia da Silva Bizerra, de Ponta Grossa/PR

Dez para as Sete – a.m. – Ana Carolina Gilgen, de Ponta Grossa/PR

Testamento – Rosana de Hollebem, de Ponta Grossa/PR

Marés – Samuel Antunes dos Santos, de Ponta Grossa/PR

Menções Honrosas – Nacional

Acróstico – Carlos Alberto de Assis Cavalcanti, de Arcoverde/PE

Poeta Analfabeto – Rômulo César L. Rodrigues de Melo, de Recife/PE

O Milagre dos Corpos – Odenir Paim Peres Júnior (Odemir Tex Jr), de Santa Maria/RS

Poema de Insetos – Marcelo Melo Soriano, de Santa Maria/RS

Porque os Amavam… – Maria Apparecida S. Coquemala, de Itararé/SP

Ilusionismo – Carlos Henrique Costa, de Rio de Janeiro/RJ

Insônia – Rodrigo Ladeira, de Itanhaém/SP

Falado! – Geraldo Trombin, de Americana/SP

Fonte:
http://www.culturaplural.com.br/concurso-de-poesias-revela-resultado/

Deixe um comentário

Arquivado em Resultados de Concursos

Prêmio Literário Fundação Biblioteca Nacional 2013 (Resultado Final)

1– Prêmio Alphonsus de Guimaraens

Categoria: Poesia
Vencedor: Armando Freitas Filho – “Dever”
Editora: Companhia das Letras
Comissão julgadora: Celina Portocarrero, Afonso Henriques de Guimarães Neto e Alberto Vasconcelos da Costa e Silva

2 – Prêmio Aloísio Magalhães

Categoria: Projeto Gráfico
Vencedor: Flávia Castanheira – “Contos maravilhosos infantis e domésticos”
Editora: Cosac Naify
Comissão julgadora: Ana Camara Soter da Silveira, Sérgio Liuzzi Guimarães e Victor Alexis Burton

3 – Prêmio Sérgio Buarque de Holanda

Categoria: Ensaio Social
Vencedor: Joel Birman – “O sujeito na contemporaneidade”
Editora: Civilização Brasileira
Comissão julgadora: Ricardo Augusto Benzaquen de Araújo, Dulce Chaves Pandolfi e Maria Alice Rezende de Carvalho

4 – Prêmio Mario de Andrade

Categoria: Ensaio Literário
Vencedor: Paulo Henriques Brito – “A tradução literária”
Editora: Civilização Brasileira
Comissão julgadora: Maria Flora Sussekind, José Almino de Alencar e Silva Neto e Luiz de França Costa Lima Filho

5 – Prêmio Paulo Rónai

Categoria: Tradução
Vencedor: Denise Bottmann – “Mrs.Dalloway”
Editora: L&PM Editores
Comissão Julgadora:
Berilo Vilaça Vargas, Leonardo Fróes da Silva e Tomaz Adour da Camara

6 – Prêmio Machado de Assis

Categoria: Romance
Vencedor: Verônica Stigger – “Opsianie Swiata”
Editora: Cosac Naify
Comissão julgadora: Sérgio Ferreira Rodrigues Pereira, Marcelo Francisco Batista Moutinho e Tatiana Oliveira Siciliano

7 – Prêmio Clarice Lispector

Categoria: Conto
Vencedor: Cintia Moscovich – “Essa coisa brilhante que é a chuva”
Editora: Record
Comissão julgadora: Jorge Antonio Marques, Luísa Chaves de Melo e André Luis Mansur Baptista

8 – Prêmio Sylvia Orthof

Categoria: Literatura Infantil
Vencedor: Leo Cunha – “Haicais para pais e filhos”
Editora: Record
Comissão julgadora: Elizabeth D’Angelo Serra, Ana Maria Martins Machado e Laura Constância Austregésilo Athayde Sandroni

9 – Prêmio Glória Pondé

Categoria: Literatura Juvenil
Vencedor: Marcos Bagno – “Marcéu”
Editora: Positivo
Comissão julgadora: Rona Hanning, Marisa de Almeida Borba e Ninfa de Freitas Parreira

Fonte:
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2013/12/premio-biblioteca-nacional-anuncia-livros-vencedores-da-edicao-2013.html

Deixe um comentário

Arquivado em Resultados de Concursos

24º Concurso de Contos Paulo Leminski 2013 (Resultado Final)

Vencedores
1º Lugar – “A estranha”, de Robson Rosário Curvêlo, de Praia Grande (SP);

2º Lugar – “Lalena, os sapatos e os ovos”, de José Humberto da Silva Henriques, de Uberaba (MG);

3º Lugar – “O atirador de facas”, de Carlos Bruni Fernandes, de São Paulo (SP);

Melhor Conto Toledano –
 

“Aquele sorriso”, de Valdinei José Arboleya.

Menções Honrosas:
(por ordem alfabética)

Celso Cláudio Carneiro, de Goiânia (GO). Conto: “ Ânfora, âncora e Minâncora”;

Márcia Maria Carini, de São Paulo (SP). Conto: “O Barbeiro”;

Euler Lopes Teles, de Barra dos Coqueiros (SE). Conto: “Cauê”;

Edileuza Bezerra de Lima Longo, de São Paulo (SP). Conto: “Com as mãos vazias”;

Bethânia Pires Amaro, de Salvador (BA). Conto: “Leões e gazelas”;

Amarildo de Sousa, de Divinópolis (MG). Conto: “A mulher que fabricava anjos”.

Deixe um comentário

Arquivado em Resultados de Concursos

31º Concurso Literário Yoshio Takemoto (Resultado Final)

Divulgamos os vencedores das categorias de língua portuguesa do 31º Concurso Literário Yoshio Takemoto, iniciativa da Associação Cultural e Literária Nikkei Bungaku do Brasil, cujas inscrições foram encerradas em 15/10/2013. O concurso teve quatro categorias em língua portuguesa: conto, haicai, poesia e, pela primeira vez, tradução do japonês para o português. As categorias de língua portuguesa juntam-se às já tradicionais sete categorias em língua japonesa: conto, ensaio, tanka (poesia lírica tradicional), haicai, poesia livre, senryu (poesia satírica) e tradução do português para o japonês.

Na categoria Conto em Língua Portuguesa, inscreveram-se 84 autores. A categoria Haicai em Língua Portuguesa recebeu os trabalhos de 53 autores. A categoria Poesia em Língua Portuguesa teve a participação de 97 autores. Em sua estreia, a categoria Tradução de Japonês para Português contou com a inscrição de oito autores.

Foram agraciados com Prêmio de Menção Honrosa dois concorrentes em cada categoria. Adicionalmente, os julgadores puderam atribuir um Prêmio Especial aos trabalhos de grande qualidade.

Os Prêmios Especiais, à exceção da categoria conto, receberão diplomas e R$ 500,00 em dinheiro. As Menções Honrosas, à exceção da categoria conto, receberão diplomas e R$ 200,00 em dinheiro.

O Prêmio Especial da categoria conto receberá um diploma e R$ 700,00 em dinheiro. As Menções Honrosas da categoria conto receberão diplomas e R$ 300,00 em dinheiro.

Os trabalhos acima premiados serão publicados no número especial da revista Brasil Nikkei Bungaku, edição 46, de março de 2014.

Em adição aos prêmios definidos no regulamento, quatro trabalhos de cada uma das seguintes categorias: Conto, Haicai e Poesia, foram agraciados com um prêmio de incentivo, que consiste em sua publicação nos números regulares da revista Brasil Nikkei Bungaku ao longo de 2013.

A cerimônia de premiação terá lugar na cidade de São Paulo, em 30 de março de 2014.

A seguir, a relação dos ganhadores nas quatro categorias.

 1. Categoria Conto em Língua Portuguesa

Julgamento de Kasuko Hirata e Sumiko Nishitani Ikeda.

Cada participante pôde inscrever até dois contos.

Prêmio Especial

Mauro Martiniano de Oliveira (São Paulo, SP): “No velório”.

Duas Menções Honrosas

Augusto Sérgio Bastos (Rio de Janeiro, RJ): “e-vidência”.

Monique Araújo de Brito (Niterói, RJ): “O legado”.

Prêmio Incentivo (quatro trabalhos)

André Luís Soares (Guarapari, ES): “Tiramissu”.

Cleison Fernandes de Souza (Manaus, AM): “O beijo trocado”.

Roberto Bezerra de Sousa (São Paulo, SP): “O cafajeste fino”.

Waldir Capucci (Jacareí, SP): “O fim do mundo”.

  2. Categoria Haicai em Língua Portuguesa

Julgamento de Edson Kenji Iura e Teruko Oda.

Cada participante inscreveu um conjunto de dez haicais.

 Prêmio Especial

Tania Alves da Costa (São Paulo, SP): “Cerejeiras floridas”.

 Duas Menções Honrosas

João Toloi (Guarulhos, SP): “Quase um lamento”.

Reneu do Amaral Berni (Goiânia, GO): “Na praia do rio”.

 Prêmio Incentivo (quatro trabalhos)

Carlos Viegas (Brasília, DF): “A velha senhora”.

Jaíra Presa (Santos, SP): “Bolhas de sabão”.

Sérgio Francisco Pichorim (São José dos Pinhais, PR): “À luz do luar”.

Tereza Delong (Irati, PR): “Portão da escola”.

 3. Categoria Poesia em Língua Portuguesa

Julgamento de Eunice Arruda e Yoji Fujyama.

Cada participante pôde inscrever até dois poemas.

 Prêmio Especial

Giovanna Carla Silva de Oliveira (Brasília, DF): “Esse bicho”.

 Duas Menções Honrosas

Marcelo Gomes Jorge Feres (Rio de Janeiro, RJ): “Fugido em palavras com asas”.

Regina Alonso (Santos, SP): “Diálogo mudo”.

 Prêmio Incentivo (quatro trabalhos)

André Telucazu Kondo (Jundiaí, SP): “Sonho de lagarta”.

Luiz Carlos de Moura Azevedo (São Paulo, SP): “Alvarenga & ranchinho nunca perdiam o bonde”.

Primo Alfredo Brandimiller (São Paulo, SP): “O fio da meada”.

Roque Aloisio Weschenfelder (Santa Rosa, RS): “Soneto do enfim”.

 4. Categoria Tradução de Japonês para Português

Julgamento de Andrei Cunha, Meiko Shimon, Neide Hissae Nagae e Sonia Regina Longhi Ninomiya.

Cada participante inscreveu uma tradução da história “Tenguwarai”, de autoria de Toyoshima Yoshio.

 Duas Menções Honrosas

André Felipe de Sousa Almeida (São Paulo, SP ): “A gargalhada do Tengu”.

Thiago Abreu (Rio de Janeiro, RJ): “Tenguwarai”.

 Não foi atribuído Prêmio Especial

Não foi atribuído Prêmio Incentivo
=====================

A Associação Cultural e Literária Nikkei Bungaku do Brasil (www.nikkeibungaku.org.br) é uma entidade sem fins lucrativos, cujo objetivo original era a promoção da literatura em língua japonesa produzida no Brasil. Recentemente, almejando um maior intercâmbio com a sociedade brasileira, passou a promover igualmente a literatura escrita em língua portuguesa. Publica, em três edições ao ano, a revista Brasil Nikkei Bungaku, na qual divulga trabalhos em prosa e poesia de seus colaboradores, em japonês e português. Tem sede em São Paulo. Organiza, anualmente, o concurso literário que leva o nome de Yoshio Takemoto (1911-1983), destacado professor e poeta nipo-brasileiro e fundador, em 1966, da Associação Colônia Bungaku Kai, embrião da atual Associação Cultural e Literária Nikkei Bungaku do Brasil.

Fonte:
http://www.kakinet.com/cms/?p=1286

Deixe um comentário

Arquivado em Resultados de Concursos

26º Aniversário Concurso de Trovas Navegando nas Poesias (Resultado Final)

Tema: FIRMEZA

(Por ordem alfabética)

VENCEDORES

Sem cumprir cada grandeza,
seja de peso ou medida,
perdemos toda firmeza
dos passos dados na vida!
ABILIO KAC – Rio de Janeiro/RJ
Deve-se a paz social
não somente à escola e ao pão,
mas à firmeza moral
dos puros de coração.
ANTONIO AUGUSTO DE ASSIS – Maringá/PR

Eu não me rendo ao cansaço
e sigo os caminhos meus,
que a firmeza do meu passo
vem da fé que tenho em Deus.
DÁGUIMA VERÔNICA – Santa Juliana/MG

Na firmeza do caráter,
na seriedade no agir,
repousa a célula máter
de um radioso porvir.
ELIANA RUIZ JIMENEZ – Balneário Comboriu/SC

Não basta apenas sonhar,
a vida requer firmeza
de agir, para transformar
uma esperança em certeza.
VANDA FAGUNDES QUEIROZ – Curitiba/PR
——————————————-

MENÇÕES HONROSAS

Quando estamos com razão,
nós falamos com firmeza,
mas com muita educação,
sem perder a gentileza.
GLEYDE COSTA – Campos/RJ

Jamais adote a incerteza
ante os percalços da vida,
mas enfrente-os com firmeza
e com fé enfrente a lida.
JOÃO COSTA – Saquarema/RJ

Invoque a Jesus clareza
Nos momentos de aflição;
aja sempre com firmeza,
busque a melhor solução.
MARTA CODEÇO – Campos/RJ

Vive em mim a sã firmeza
deste amor incompreensível,
sobrevivendo a incerteza
de ser um dia possível.
MESSODY RAMIRO BENOLIEL/RJ

No mar da vida a incerteza
a todos nós desafia;
mantenha a sua firmeza
navegando na poesia.
OLYMPIO DA C. S. COUTINHO//MG

Firmeza nas atitudes
é a base da honestidade.
Cultivar boas virtudes
traz sempre felicidade.
PALMYRA M. G. DUARTE – Rio de Janeiro/RJ

Fonte:
A. A. de Assis

Deixe um comentário

Arquivado em Resultados de Concursos, Trovas

IX Concurso de Trovas da UBT – Maranguape/CE – 2013 (Resultado Final) 1a.Parte


TROVAS EM LINGUA PORTUGUESA

ÂMBITO: MUNICIPAL

TEMA: ALIANÇA
TROVA: LÍRICA/FILOSÓFICA

VENCEDORES
1º. Lugar:

Uma aliança de paz
fez Deus por Jesus um dia
esta nem morte desfaz
tem eterna garantia.
RAIMUNDO RODRIGUES DE ARAÚJO
UBT-Maranguape/CE

2º. Lugar:

Para sanar divergência
O povo hebreu ter bonança
A bíblia faz referência
A santa arca da aliança
JOSÉ AUREISON CORDEIRO DE ABREU
UBT-Maranguape/CE

3º. Lugar:

No círculo infindo a prova
aliança é com certeza
o bem que sempre renova
no lar que existe pureza..
Raimundo Rodrigues de Araújo
UBT-Maranguape/CE

4º. Lugar:

Uma aliança com Deus
essa sim é verdadeira
com outros ate no SUS
vão te deitar na madeira
JOÃO OSVALDO SOAREA (VAVAL)
UBT-Maranguape/CE

5º. Lugar:

Sonho com a amada serena
Quero acordar não consigo
Peque a aliança, morena
E case logo comigo.
GLICE SALES ALCÂNTARA
UBT-Maranguape/CE

MENÇÕES HONROSAS

6º. Lugar:

Estamos todos em guerra
A aliança foi rompida
Miséria em nossa Terra
É a lei de Deus cumprida.
LÚCIA MAPURUNGA
UBT-Maranguape/CE

7º. Lugar:

Coaduna-se uma aliança
Num pacto de harmonia
Com muita perseverança
Para uma vida sadia
JOSÉ AUREISON CORDEIRO DE ABREU
UBT-Maranguape/CE

8º. Lugar:

Tive muitas esperanças
de contigo me casar.
Deste fim as alianças,
e vais com outra morar.
OLGA ROSÁLIA SILVA PEDROSA
UBT-Maranguape/CE

9º. Lugar:

Deus bem traçou uma aliança
Com o seu povo escolhido
A todos deu a bonança
O torrão já prometido
ANTÔNIO ANDRADE
UBT-Maranguape/CE

10º. Lugar:

A aliança é compromisso
De amor e fidelidade
Pois Deus espera por isso
E que dure a eternidade.
LÚCIA MAPURUNGA
UBT-Maranguape/CE

MENÇÕES ESPECIAIS

11º. Lugar:

O meu amor por minha amada
Virou um amor verdadeiro
E uma aliança traçada
Foi um elo prazenteiro
ANTÔNIO ANDRADE
UBT-Maranguape/CE
====================================

ÂMBITO – MUNICIPAL
TEMA: “Baião” (Trova humorística)

VENCEDORES

1º. Lugar:

Eu vi dentro do salão
uma mulata assanhada
dizendo toca um baião
que eu quero entrar na balada.
RAIMUNDO RODRIGUES DE ARAÚJO
Maranguape/CE

2º. Lugar:

Comi tanto do baião
num forró em Cachoeira
que tive uma disfunção
quase enchi uma banheira.
JOÃO OSVALDO SOARES (VAVAL)
UBT-Maranguape/CE

3º. Lugar:

Toca-se xote e baião
debaixo de uma latada
arrastando os pés no chão
rebola alegre a moçada.
RAIMUNDO RODRIGUES DE ARAÚJO
Maranguape/CE

4º. Lugar:

Um salão bem enfeitado
em noite de São João
com um baião bem tocado
tiro poeira do chão.
OLGA ROSÁLIA SILVA PEDROSA
Fortaleza/CE

5º. Lugar:

Desperte a alma no seu peito
alegra-te, tem baião
leia esta sem despeito
solta a franga no salão.
JOSÉ AUREISON CORDEIRO DE ABREU
Maranguape/CE

MENÇÕES HONROSAS

6º. Lugar:

No baião também havia
uma grande bebedeira
Mara dançava e bebia
era grande a pagodeira.
ANTÔNIO ANDRADE
UBT-Maranguape/CE

7º. Lugar:

Autêntico nordestino
abusou de um bom baião
porém seu bravo intestino
roncou bem mais que um trovão.
JOÃO OSVALDO SOARES (VAVAL)
UBT-Maranguape/CE

8º. Lugar:

Marido, se apronte correndo
termine logo o baião
meu filho acaba nascendo
de boca torta, aleijão.
GLICE SALES ALCÂNTARA
UBT-Maranguape e ACLA/CE

9º. Lugar:

Milho assado e mungunzá
tinha na festa Romão
de meia noite pra lá
não se aguentava o baião.
ANTÔNIO ANDRADE
UBT-Maranguape/CE

10º. Lugar:

Eu canto e saio espantando
mágoas do coração
cantando e me requebrando
com Luiz, “Rei do Baião”.
GLICE SALES ALCÂNTARA
UBT-Maranguape e ACLA/CE
=========================

ÂMBITO: NACIONAL E INTERNACIONAL

TEMA: DEUS
(Trovas líricas ou filosóficas)

VENCEDORES

1º. Lugar:

Mãe que tem fé, não se esquece,
de orar pelos filhos seus!…
Pois, no silêncio da prece,
Toda mãe fala com De us!
FRANCISCO GARCIA DE ARAUJO ( PROF. GARCIA)
Caicó/RN

2º. Lugar:

Na terra, no mar, no céu,
Crentes, céticos e ateus,
Em bando ou vivendo ao léu,
Todos são filhos de Deus.
ANDRÉ LUÍS SOARES.
Guarapari (ES)

3º. Lugar:

Depois de o mundo criar,
para sublimar a lida,
Deus, num gesto singular
fez o milagre da vida.
LICÍNIO ANTÔNIO DE ANDRADE
Juiz de Fora/MG

4º. Lugar:

Deus ama tanto a bondade
e gosta tanto da paz
que nem pune a humanidade
pelos erros que ela faz…
AMAEL TAVARES DA SILVA
Juiz de Fora/MG

5º. Lugar:

Terra, és planeta bonito,
que Deus, Supremo Escultor,
no ateliê do infinito,
modelou com esplendor!
WANDA DE PAULA MOURTHÉ
Belo Horizonte/MG

MENÇÕES HONROSAS

6º. Lugar:

Equilibrando o universo,
só Deus, o poeta de escol,
na beleza de seu Verso
pode rimar lua e sol!…
DOMITILLA BORGES BELTRAME
São Paulo/SP!

7º. Lugar:

O mundo precisa crer
num Deus que se chama Amor.
Se essa crença não valer,
nada mais terá valor!
ANTONIO AUGUSTO DE ASSIS
Maringá/PR.

8º. Lugar:

A brisa leve e macia
que corre a campina ao léu,
na certa, vem da alegria
de Deus, sorrindo no céu!
ADILSON DA SILVA MAIA
Niterói/RJ.

9º. Lugar:

O Amor sabe onde Deus fica:
num casebre, humildemente,
ou em mansão muito rica,
mas… sempre dentro da gente!
HÉRON PATRÍCIO
São Paulo/SP

10º. Lugar:

Deus na mais justa medida,
tem segredos de tal porte,
que a morte guarda os da vida,
e a vida guarda os da morte!
CAMPOS SALES
São Paulo/SP.

MENÇÕES ESPECIAIS

11º. Lugar:

Ao atender meu apelo,
se a vida se faz ingrata,
chego a sentir o desvelo
com que Deus sempre me trata!
THEREZINHA DIEGUEZ BRISOLLA
São Paulo/SP

12º. Lugar:

Quando a serra malfazeja
fere um tronco milenar,
o Olhar de Deus lacrimeja
junto à seiva a gotejar.
DODORA GALINARI
Belo Horizonte/MG

13º. Lugar:

Fugir do mundo não posso,
se a dor em mim não se esvai…
mas rogo a Deus, num “Pai nosso”,
e encontro forças no Pai!
EDMAR JAPIASSU
Nova Friburgo/RJ

14º. Lugar:

Pai, – que com amor profundo,
carrega nos ombros seus
todos os filhos do mundo…
– Eis um retrato de Deus!!!
ERCY MARIA MARQUES DE FARIA
Bauru/SP.

15º. Lugar:

Um mundo melhor virá
no dia em que Alá e Zeus…
Tupã… Amon… Jeová…
forem todos um só Deus!
JAIME PINA DA SILVEIRA
São Paulo – SP

DESTAQUES

16º. Lugar:

Meu Deus, ouve este pedido,
que eu faço. Sou qual Tomé!
A vida perde o sentido,
quando a gente perde a fé!
DELCY CANALLES
Porto Alegre/RS

17º. Lugar:

Dar ajuda, caridade,
são constantes atos meus
que geram felicidade
por graças vindas de Deus!
ABILIO KAC
Gávea/RJ

18º. Lugar:

Não vês motivo aparente
para eu ser feliz assim?!
-Eu sou feliz simplesmente
por ter Deus dentro de mim!!!
MARIA MADALENA FERREIRA
Magé/RJ

19º. Lugar:

Quanto os maldosos, perversos,
tentarem roubar-me a calma,
inspirai-me, ó Deus! Bons versos,
dão paz… dão vida à minha alma!
WANDERLEY RODRIGUES MOREIRA
Santos/SP

20º. Lugar:

Eu sinto uma paz imensa
quando Deus, que é puro amor,
faz-me sentir-lhe a presença
num botão se abrindo em flor.
ARGEMIRA FERNANDES MARCONDES
Taubaté/SP

Fonte:
UBT – Maranguape

Deixe um comentário

Arquivado em Concursos de Trovas, Resultados de Concursos, Trovas