Arquivo da categoria: Ribeirão das Neves

Academia Nevense de Letras, Ciências e Artes

Inspirada em sentimentos humanistas de homens abnegados, devotados ao escrever uma nova literatura, produzida na cidade que viveram e muito respeitaram, nasceu uma associação cultural, voltada para a literatura, as ciências e as artes.

A ANELCA nasceu como ANEL – Academia Nevense de Letras, fundada em 02 de outubro de 1999, pelos escritores Mauro José de Morais, professor e poeta e Maurílio Laureano da Silva, advogado, na cidade de Ribeirão das Neves – MG. O Prof. Mauro identificou na cidade muitos moradores que exerciam o escrever com gosto e esmero, onde os convidaram para a fundação de uma Academia de Letras.

Tempo memorável! Danilo Horta! Adão Ventura! Aquiles Marciano! Tantos escritores simples e bons, que efetivaram a fundação da Academia Nevense de Letras – ANEL.

Muitos fatos relevantes marcaram a evolução desta entidade. Visitas de outros homens que também amam a literatura, Murilo Badaró, Presidente da Academia Mineira de Letras, Teresinka Pereira, Presidenta da International Writers and Artists Association – IWA, Silvia Araújo Motta, Presidenta do Clube Brasileiro da Língua Portuguesa, dentre tantos outros.

Em 2005 foi necessário abrir as portas e janelas para os cientistas e artistas da cidade, assim de quarenta cadeiras passaram a cem, modificaram para ANELCA.

A ANELCA, hoje, pode se gabar de dizer que já revelou grandes talentos humanos. A Academia possui 100 cadeiras nos seus diversos segmentos, sendo que as do número 1 ao número 40 pertencem à área de literatura; as do 41 ao 70, a acadêmicos do segmento científico; e as do 71 ao 100, ao segmento artístico.

Vale destacar ainda que, no tocante às artes, a ANELCA conta hoje com representantes da capoeira, da música, atores, atrizes, artistas e cineastas.

Dentre os projetos desenvolvidos, o Centro Cultural da ANELCA Professor Adauto Junqueira Rebouças, com uma valiosa biblioteca, composta por mais de 20 mil volumes à disposição da comunidade nevense. A Escola de Novos Escritores da ANELCA, coordenada pelo Acadêmico Carlos Martins, que desponta como oportunidade ímpar para aqueles que se dedicam à arte da escrita.

Destaque para o trabalho da ilustre Patrona Oficial da ANELCA, a Sra. Ilka Maria Munhoz Gurgel, eterna educadora, que deixou uma rica contribuição social, educacional e cultural.

Acadêmicos

Cadeiras – Membros
01 Mauro José de Morais
02 Maurílio Laureano da Silva
03 Carlos Martins dos Santos Jr.
04 Eunice Ferreira Guimãres de Byrne
05 Maria do Carmo Coelho
06 Marisa de Fátima Santos Nascimento
07 Rosana Maria Cerqueira
08 Márcia de Jesus Souza
09 Silvania Bento
10 Leônidas Rodrigues Santos
11 João Batista de Paula
12 Antonio Domingos
13 Lourdes Garcia Brandão
14 Delba Avelar Menezes
15 José Marcos Rocha Morais
16 Rogério Munhoz Costa
17 Aparecida Luzia Teixeira Carneiro
18 Fernanda Pereira Gonçalves
19 Isabel Passos Eller
20 Ricardo Ramos Cruz
21 Jean Santos Otoni
22 João Alvânio Costa
23 Éder Fernandes Costa Lima
24 Graziella Aparecida Pousa
25 Wanderley Márcio Teixeira
26 Oswaldo Rodrigues França
27 Pedro Artur Alves da Silva
28 Cleusa Lúcia Oliveira Abrão
29 José de Ribamar Lima
30 Nair Albertini
31 Cláudio de Souza
32 Emídio Antônio de Souza
33 Rita de Cássia Silva Oliveira
34 André Luiz de Almeida
35 Rita de Cássia Pereira Souza
36 Jonas Vital da Silva
37 Sirlene Trindade Nogueira
38 Hermínio Neves de Jesus
39 Ednalva Amélia de Jesus
40 Andréia Patrícia de Souza

Fontes:
http://ribeiraodasneves.net/blogs/detalhe.php?id=184
http://site.anelca.com.br/
http://www.animeneves.com.br/anelca.htm

1 comentário

Arquivado em Academias e Associações, Minas Gerais, Ribeirão das Neves