Arquivo da categoria: trovas e poemas

Roberto Pinheiro Acruche (Trovas e Poemas nº 22 – Dezembro de 2010)

Faça o download clicando sobre a figura ao lado.

As trovas e o poema abaixo, e outras, você pode obter fazendo o download, clicando sobre a figura ao lado.

Sem notar que a vida passa,
esta emoção me extasia:
Meus netos correm na praça
onde, em criança, eu corria!
Carolina Ramos – Santos-SP

Cai a chuva fria e mansa,
mas não esfria a saudade
de uma tórrida lembrança
que o meu coração invade.
Dinair Leite-PR

As lições de mais valia
pra dizer “missão cumprida!”
não vi nos livros que lia,
mas sim na escola da vida!
Renato Alves – RJ

Parque da minha cidade
de ladrilhos branco e preto…
ainda ecoa a saudade
do som daquele coreto.
Francisco José Pessoa-CE

Agora, desiludida,
reconheço o quanto errei:
eu quis viver minha vida
na vida de quem amei…
Tereza Costa Val – MG

Quem como eu faz poesia
sabe que a glória é completa.
Ninguém aposenta o dia
de trabalho de um poeta!
Nilton Manoel-SP

São teus beijos, a magia,
que me acalma e alimenta,
trazem luz, muita alegria
se uma nuvem atormenta
Marilene Bueno– RS
————–
Narcélio Lima (Caucaia – CE)
ESTRELINHA DE NATAL

Caia do céu estrelinha
Caia aqui no meu quintal
Seja minha companhia
Nesta noite de Natal

Caia logo estrelinha
Estrelinha aí do céu
Nos convide com magia
Para ver Papai Noel

E depois, minha estrelinha,
Ilumine os olhos meus
Traga toda alegria
Pra noite do menino Deus.

Fonte:
R. P. Acruche

Deixe um comentário

Arquivado em trovas e poemas