Arquivo da categoria: Trovia

Trovia 109 (Trovas Humorísticas)

Para obter a Revista Trovia na íntegra, entre em contato comigo para envia-la.
Cabelo é um negócio louco…
há divergências fatais:
– Na cabeça, um fio é pouco;
mas… na sopa… ele é demais!
Elisabeth S. Cruz – RJ

Não botem fogo na cana
peço ecologicamente –,
que a cana boa e bacana
é que põe fogo na gente!
Héron Patrício – SP

Ao homem muito ciumento
há um dilema que aperreia:
ou esquece o casamento,
ou casa com mulher feia!
Josa Jásper – RJ

Carro velho, meu amor,
dá trabalho: além de feio,
no morro, falta motor;
na ladeira… falta freio!
José Ouverney – SP

Nunca vi coisa mais jeca,
disse o sapo num lamento:
– Por que ver a perereca
só depois do casamento?…
Milton Nunes Loureiro – RJ

A sereia canta e encanta;
isso eu não faço, mas deixe…
Embora sem graça tanta,
eu também vendo o meu peixe.
Osvaldo Reis – PR

Todo sujeito falante,
dotado de “boa cuca”,
traz bem na testa um volante
escrito assim: – Arapuca.
Evandro Sarmento – RJ

Vendo-a grávida, ele diz:
– Homem? Mulher? Que vai ser?
E ela responde… feliz:
– Ele resolve… ao crescer!
Zaé Júnior – SP

Fonte:
A.A. de Assis (coord.). Trovia. Revista Virtual Mensal. Ano 10 – n. 109 – novembro de 2008. UBT Maringá.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Trovas, Trovia