Arquivo da categoria: Programações

I Jornada Literária do Vale Histórico (18 a 20 de Setembro, em Lorena e Guaratinguetá/SP)

clique sobre a imagem para ampliar
Jornada Literária discute literatura e oralidade no Vale do Paraíba
Evento contará com a presença de escritores como Pedro Bandeira e Thiago Mello

Entre os dias 18 e 20/09 acontece em Lorena e Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, a I Jornada Literária do Vale Histórico. Realizada pelo Instituto Uka, do Pólo de Leitura Vale Lendo e da Academia de Letras de Lorena, o evento reúne importantes nomes da literatura infantil e juvenil. O tema desta primeira edição da Jornada Literária será “Tradições Orais e Literatura”. Segundo o escritor Daniel Munduruku, o tema é uma referência necessária à discussão sobre literatura e oralidade. “Quis iniciar com este tema por entender que antes da escrita existiu e existe a oralidade. Ela é a mãe da escritura. Pensando assim quis unir autores que vêm de uma tradição oral e que agora estão usando a escrita como instrumento de divulgação da oralidade. Também quis convidar autores negros que trabalham a questão africana em seus escritos. Estes são os que irão ter um contato direto com as crianças leitoras”, contou Munduruku à Liga Brasileira de Editoras (Libre).

PROGRAMAÇÃO

Dia 18/9
 

Manhã

08h00 – EE Regina Bartelega recebe:
Rogério Andrade Barbosa e Roni Wasiry

09h00 – EM Fernando Alencar Pinto recebe (Guaratinguetá):
Maria Inez do Espírito Santo e Tiago Hakiy

08h00 – EE Geraldo Alckimin recebe:
Cristino Wapichana e Matè

Tarde

14h00 – Instituto Santa Teresa recebe:
Maria Inez do Espírito Santo e Tiago Hakiy

16h00 – EM Mário Covas recebe:
Maria Inez do Espírito Santo e Tiago Hakiy

14h00 – EM Aldelina Alves Ferraz recebe:
Rogério Andrade Barbosa e Roni Wasiry

Noite

Palestra Magna com Pedro Bandeira
Tema: “Como conquistar o aluno que não gosta de ler?”
Local: Teatro São Joaquim

Dia 19/9

Manhã
 

07h30 – CAIC recebe:
Heloisa Pires e Daniel Munduruku

10h00 – EE Francisco Marques recebe:
Heloisa Pires e Daniel Munduruku

07h30 – EM Mário Covas recebe
Rogério Andrade Barbosa e Roni Wasiry

07h30 – EM Ruy Brasil Pereira recebe:
Maria Inez do Espírito Santo e Cristino Wapichana

Tarde

14h00 – CAIC recebe:
Maria Inez do Espírito Santo e Tiago Hakiy

14h00 – EM Ruy Brasil Pereira recebe:
Cristino Wapichana e Matè

16h00 – EE Francisco Marques recebe:
Cristino Wapichana e Matè

15h00 – Obra Auxiliar de Santa Cruz recebe
Daniel Munduruku e Heloisa Pires

Noite

Mesa redonda: A presença do feminino nas mitologias
Heloisa Pires, Maria Inez do Espírito Santo e Matè
Mediação: Rogério Andrade Barbosa
Local: Auditório São José – FATEA

Dia 20/9

Manhã

Instituto Santa Teresa Recebe:
08h00 – Daniel Munduruku e Heloisa Pires

Patrocínio de São José recebe:
10h00 – Daniel Munduruku e Heloisa Pires

09h00- EM Aldelina Alves Ferraz recebe:
Maria Inez do E. Santo e Tiago Hakiy

Tarde

14h00 – EM Geraldo Alckmin recebe:
Matè e Cristino Wapichana

Noite

19h00 – Apresentação teatral: “Meu avô Apolinário” baseada na obra de Daniel Munduruku

20h00 – Palestra Magna com Thiago de Mello

Seminário Valelendo – 20/09
Local: Auditório Luís Pasin – FATEA

09h00 – Abertura oficial do evento

09h15 – Abertura cultural com Cristino Wapichana e criança leitora

09h30 – Roda de Conversa sobre políticas públicas regionais para o livro, a leitura e a literatura (representantes de instituições do Vale Histórico)

11h30 – Palavras encantadas – com Thiago de Mello

12h45 – Almoço

14h00 – sorteio da pontualidade (sorteio de livros para os presentes)

14h10 – Oficinas diversas

1ª Oficina:  “Diário de Leitura: a ideia é simples”
Prof. Cida

2ª Oficina: Literatura Indígena e Afro no cardápio de Leitura
Heloisa Pires e Maria Inez do Espírito Santo

3ª Oficina: “Ilustração e Poesia”
Denise Poeta

4ª Oficina: “Mediação de Leitura – Uma ponte entre o Livro e o Leitor.”
Marcilene Dutra Bispo e Mediadores Mirins do Projeto Lervida

Serviço
I Jornada Literária do Vale Histórico
18 a 20 de Setembro – 2013
Lorena e Guaratinguetá (SP)
Realização: Instituto UKA – Pólo de Leitura ValeLendo – Academia de Letras de Lorena.
Parceria: Instituto C&A – Prefeitura Municipal de Lorena – SP – Instituto Santa Teresa/FATEA – Unisal


Fonte:
Daniel Munduruku
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos, Programações

1a. Edição da Festiva – Festa da Escrita Criativa na PUC-RS (2 a 6 de setembro)

Evento acontece de 2 a 6 de setembro; Diego Grando, Luís Roberto Amabile, Reginaldo Pujol e Rodrigo Rosp são alguns dos escritores participantes

A Iª Festiva – Festa da Escrita Criativa é uma iniciativa inédita dos alunos do curso de Escrita Criativa da PUCRS. Em uma semana de debates sobre o tema, serão cinco mesas, que contarão com a presença de escritores. O objetivo do evento é promover a área de Escrita Criativa e incentivar discussões em volta da criação literária e da vida do escritor.

A Iª Festiva – Festa da Escrita Criativa acontece de 2 a 6 de setembro (segunda a sexta), com mesas diariamente das 18h às 19h, na sala 305 da Faculdade de Letras (FALE) da PUCRS.

Desde 1985, quando Luiz Antonio de Assis Brasil começou a ministrar uma oficina de criação literária, a Escrita Criativa na PUCRS firmou-se como um reconhecido celeiro de escritores. A hoje famosa oficina continua; além dela, a Escrita Criativa tornou-se uma área de concentração no Programa de Pós-Graduação em Letras, com opções de mestrado e doutorado – únicos em todo o Brasil.

Os cursos da área de Escrita Criativa não apenas qualificam alunos que tenham interesse em seguir a carreira de escritor, dramaturgo, roteirista, mas também atraem autores já publicados e reconhecidos, que chegam em busca de um espaço de discussão sobre o fazer literário.

Inspirada em outras festas que celebram a literatura pelo mundo afora, a Festiva pretende abrir um debate inédito e dar espaço para que o público conheça os autores da Escrita Criativa. O evento é organizado pelos escritores e alunos Luís Roberto Amabile, Moema Vilela e Rodrigo Rosp.

Iª FESTIVA – FESTA DA ESCRITA CRIATIVA

ONDE: Faculdade de Letras (FALE) – PUCRS
QUANDO: 2 A 6 de setembro, das 18h às 19h
Entrada franca e aberto ao público.
http://www.festivapuc.wix.com/festiva

PROGRAMAÇÃO

2/9 (segunda)
A FORMAÇÃO DO ESCRITOR NA PRÁTICA – E NA TEORIA

Entre oficinas, mestrados, leituras e saraus: escritores debatem modos de aprimorar a escrita.
Moema Vilela, Reginaldo Pujol Filho e Eduardo Cabeda (mediação).

3/9 (terça)
LIBERDADE DO VERSO, NECESSIDADE DO POETA

Uma reflexão sobre a técnica e a pulsão. Afinal, o que é fazer poesia hoje?
Diego Grando, Daniela Damaris e Natasha Centenaro (mediação).

4/9 (quarta)
ALGUNS MEIOS PARA LEGITIMAÇÃO DO ARTISTA

A experiência de jovens autores em concursos e editais que movimentam o sistema literário.
Guilherme Castro, Patrícia Silveira e Natalia Borges Polesso (mediação).

5/9 (quinta)
A DISTÂNCIA NÃO EXISTE PRA QUEM AMA (A LITERATURA)

Mudar de cidade, deixar o emprego, largar tudo: um papo com autores que cruzaram o país para estudar Escrita Criativa.
Davi Boaventura, Luís Roberto Amabile e Vanessa Sila (mediação).

6/9 (sexta)
O QUE NÃO É DITO EM SALA DE AULA

Novos aspectos de mercado, de gêneros, o escritor profissional e os desafios de fazer literatura no século 21.
Cristiano Baldi, Rodrigo Rosp e Juliana Grünhäuser (mediação).

Fonte:
http://concursos-literarios.blogspot.com

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos, Programações

9ª Feira Internacional do Livro de Foz de Iguaçu (Excerto da Programação: 30 agosto a 8 de setembro)

A programação abaixo está sujeita a alterações dispostas pela organização.
Entrada gratuita.

Programação – sexta, 30 de agosto

Programação infantil

09h00 – Arte de contar histórias: A bruxa Cueca – Adriana Maria Zenette (Feira das Letrinhas – Palco 2)

11h00  e 14h00 –    A arte de contar história: A Bruxa Cueca – Adriana Maria Zenette (Feira das Letrinhas – Palco 2)

Programação geral

14h00 – Rádio feira – Literatura é a Onda

20h00 – Abertura oficial da Feira Internacional do Livro: Participação de representantes da comunidade e dos governos (Palco do Mitre)

Programação – sábado, 31 de agosto

Programação infantil

11h00 – A arte de contar história: “O Poetinha” – Vera Vieira (Feira das Letrinhas – Palco 2)

Programação geral

09h00 – Biblioteca Municipal: 50 anos – Oficina: Encadernação Contemporânea – Oficineiro: Daniel Barbosa (Fundação Cultural)

10h00 – Palestra: “Educação de superdotados: Teoria e prática” – Profª. Drª. Clara Sodré S. Gama (Café Literário – Palco 01)

14h00 – Rádio Feira – Literatura é a Onda     ……

15h00 – Mesa: “O lugar do livro no século XXI” – Convidado Daniel Barbosa / Facilitadora Profª. Diana Araujo Pereira (Café Literário – Palco 1)

16h00 – Apresentação musical: “Música e Literatura – obras literárias musicalizadas” – coordenação: Profa. Irene Porzio Zavala (Palco 2)

17h00 – Oficina: Produção Cartonera  – coordenação: Profª. Diana Araujo Pereira  / Grupo Pet/Conexões de Saberes – UNILA  (Espaço de Oficina)

19h30 – “Literatura na diáspora latino-americana” – Escritora: Shirley Campbell Barr (Costa Rica) – Mediador: Profa. Angela Maria de Souza (Café Literário – Palco 01)

20h30 – Lançamento de livros: Autores da comunidade acadêmica  – Coordenação: UNILA (Café Literário – Palco 01)

Programação – domingo, 1º de setembro

Programação infantil

10h00 – A arte de contar histórias: “O Poetinha” – Vera Vieira (Antiquarium)

Programação geral

09h000 – Biblioteca Municipal: 50 anos –  Oficina: Encadernação Contemporânea / Oficineiro: Daniel Barbosa (Fundação Cultural)

14h00 – Rádio Feira – Literatura é a Onda     ……

14h00 – Mesa de debates 2: “Jovens escritores da Unila” – Mediadora: Profª. Débora Cota e Profª. Angela Maria de Souza – Unila (Café Literário – Palco 1)

15h00 – Lançamento de livro: “Inverno de Gunter” –  Juan Manuel Marcos –  mediador: Profª. Daiane Pereira Rodrigues (UNILA) (Café Literário – Palco 1)

16h00 – Mesa de debates 3: “Poesía, existencia y contexto histórico: una historia personal” – Miguel Angel Fernandez / Mediadora: Profª Diana Araujo Pereira (Unila) (Café Literário – Palco 1)

17h00 – Mesa de debates 4: “Tríplice Fronteira e Literatura” –  Convidados: Damián Cabrera, Douglas Diegues e Maria Eugenia Bancescu – Unila (Café Literário – Palco 1)

19h00 – Bate papo e Lançamento do Livro: “A historia do Paraná – Guia Pratico para o Vestibular” – Autor: Dênis Valério Martins (Café Literário – Palco 01)

Programação – segunda, 2 de setembro

Programação infantil

09h00  e 10h00 – A arte de contar histórias: “O Poetinha” – Vera Vieira (Feira das Letrinhas – Palco 2)

14h00 – A arte de contar histórias: A Bruxa Cueca – Adriana Maria Zenette (Feira das Letrinhas – Palco 2)

15h30 – A arte de contar histórias: A Bruxa Cueca – Adriana Maria Zenette (Feira das Letrinhas – Palco 2)

Programação geral

10h00 – “Comunicação e Educação: as tecnologias transformando a sala de aula – Prof. Carlos Gruber Neto &  Prof. Mestre Carmem Lúcia Fagundes – UDC (local a confirmar)

14h00 – Rádio Feira – Literatura é a Onda

16h00 – Lançamento de livro e bate-papo com o autor: “La sonrisa de mamá es como la de Peron” – Autor: Rocco Carbone – UNILA (Café Literário – Palco 1)

17h00 – Mesa de debates 5: “Para ler a América Latina: Literatura e cultura em trânsito” –    Débora Cota e Mercedez Yazmin Lenci – Unila (Praça do Mitre)

18h00 – Papo & Música: “Vinicius Sempre” – Luana (Foz do Iguaçu) (Palco 2)

19h00 – Mesa de debates 06: “Los três cielos, la poesia que se escribe em la Amazônia boliviana” –   Escritor: Homero Carvalho (Bolívia) – Unila (Café Literário – Palco 1)

Programação – terça, 3 de setembro

Programação infantil

09h00 e 10h00 – A arte de contar histórias: SDS Cia. Teatral (Feira das Letrinhas – Palco 2)

14h00 – A arte de contar histórias: “A linha e a agulha” – Amaury Moraes (Feira das Letrinhas – Palco 2)

Programação normal

14h00 – Rádio Feira – Literatura é a Onda

15h00 às 18h30 – Biblioteca Municipal: 50 anos – Oficina de poesia: Slan Poetry –  Oficineira:  Roberta Estrela D`Alva (Fundação Cultural)

16h00 – Roda de Conversa: “Leitura crítica da imprensa” –  Facilitadores: Alexandre Palmar e Wemerson Augusto Coordenação: Sindicato dos Jornalistas (Foz) (Arena das Ideias – Palco 2)

17h00 – Palestra: “Educação, trabalho voluntário e responsabilidade social” – Convidada: Silvana Aparecida de Souza / Mediador: Geraldo Magella Neres (Café Literário – Palco 1)

18h00 – Encontro Dos Escritores das Três Fronteiras (Arena das Ideias – Palco 1)

19h00 – ZAP! Zona Autônoma da Palavra: Roberta Estrela D´Alva (Arena das Ideias – Palco 2)

20h00 – Palestra sobre o livro: “Política e hegemonia – a interpretação gramsciana de Maquiavel”  – Autor: Geraldo Magella Neres/ Mediação: Silvana Souza (Café Literário – Palco 1)

Programação – quarta, 4 de setembro

Programação infantil

09h00 e 10h 00 – A arte de contar histórias: “O Poetinha” – Vera Vieira (Feira das Letrinhas – Palco 2)

14h00 e 15h30 – A arte de contar histórias: SDS Cia. Teatral (Feira das Letrinhas – Palco 2)

Programação geral

09h00 – Oficina: Dinâmica de escrita – Manual do texto de dissertativo – Oficineira: Julieta Mendonça  – Coordenação – Editares (Sala de Oficinas)

09h30 – Mesa de debates 1: “Consciência em revolução”  Convidada: Rosemary Salles  – Coordenação: Editares (Café Literário – Palco 1)

14h00 – Rádio Feira – Literatura é a Onda

15h00 – Mesa de debates 2: Fenômenos parapsíquicos – “Voltei para Contar” – Convidada: Lucy Lutfi – Coordenação:  Editares (Café Literário – Palco 1)

15h00 – Mesa de debates 2:  “Contrapontos do parapsiquismo” – Convidada: Cirleine Couto – Coordenação:  Editares (Café Literário – Palco 1)

15h00 – Mesa de debates 2:   “Qualificações da Consciência” – Convidado: Júlio Almeida –  Coordenação:  Editares (Café Literário – Palco 1)

15h00 – Apresentação do Grupo de Poesia – Escola Mun. Cecília Meireles (Palco 2)

16h30 – Mesa de debates 3: Técnicas parapsiquícas – “Dinâmicas parapsíquicas” – Convidados: Moacir Gonçalves e Rosemery Salles – Coordenação: Editares (Café Literário – Palco 1)

16h30 – Mesa de debates 3: “Acoplametarium” – Convidados: Lilian Zolet e Guilherme Kunz – Coordenação: Editares (Café Literário – Palco 1)

18h00 – Mesa de debates 4: Produtividade na juventude – “Inversão existencial” –  Convidados: Felipe Colpo e Alexandre Zaslavsky – Coordenação:  Editares (Café Literário – Palco 1)

18h00 – Mesa de debates 4: “Hiperatividade eficaz” – Convidada: Graça Razera – Coordenação:  Editares (Café Literário – Palco 1)

18h00 – Mesa de debates 4: “Síndrome do estrangeiro” – Convidados: Málu Balona – Coordenação:  Editares (Café Literário – Palco 1)

19h30 – Lançamento livro: “Autenticidade Consciencial”, de Tony Musskopf (Café Literário – Palco 1)

19h30 – Lançamento livro: “Revista Holoteca”, de César Cordioli e Karla Ullman – Coordenação: Editares (Café Literário – Palco 1)

19h30 – Lançamento livro: “Dicionário de Neologismo da Conscienciologia”, de Lourdes Pinheiro – Coordenação: Editares (Café Literário – Palco 1)

20h30 – Palestra sobre o livro: “A vida de Dale Carnegie e sua filosofia de sucesso” – Autor: Carlos Roberto Bacila (Café Literário – Palco 1)

Programação – quinta, 5 de setembro

Programação infantil

09h00 e 10h00 – A arte de contar histórias: SDS Cia. Teatral (Feira das Letrinhas – Palco 2)

14h00 e 15h00 – A arte de contar histórias: “A linha e a agulha” – Amaury Moraes (Feira das Letrinhas – Palco 2)

Programação geral

10h00 às 12h00 – Oficina: “Como Escrever – literatura, jornalismo, teatro e cinema” – Oficineiro: Jorge Fernando dos Santos (Fundação Cultural)

14h00 – Rádio Feira – Literatura é a Onda

15h00 – Paralelos – Livro Solidário: Doação de acervo à Biblioteca Comunitária CNI (Comunidade do  bairro Cidade Nova)

16h00 – Palestra e exposição de livro: “Conversações sobre o direito” – Convidado: Profº. Allan Wanderley (Café Literário – Palco 1)

19h00 – Lançamento Livro “Inspiração” – Escritora: Micheline Musser (Estande da Livraria Essencia da Leitura)

19h00 – Encontro de Escritores das Três Fronteiras – Coordenação: Eduardo Alfredo Galeano (Argentina) (Palco 2)

19h00 – “Desafios da escrita: a crise do jornalismo impresso e as transformações sofridas pela mídia na contemporaneidade” – Convidado: Jorge Fernando dos Santos (Café Literário – Palco 1)

20h00 – Palestra sobre o livro: “Psiquiatria sem alma” –  Autor: Dr. José Elias Aiex Neto (Café Literário – Palco 1)

21h00 – Palestra sobre o livro: “Mentes inquietas – TDAH: desatenção, hiperatividade e impulsividade” –  Autora: Drª. Ana Beatriz Barbosa (Café Literário – Palco 1)

Programação – sexta, 6 de setembro

Programação infantil

09h00 e 10h00 – A arte de contar histórias: A Bruxa Cueca  – Adriana Maria Zenette (Feira das Letrinhas – Palco 2)

14h00 e 15h00 – A arte de contar histórias: SDS Cia. Teatral (Feira das Letrinhas – Palco 2)

Programação geral

08h30 – Conferência de abertura  – Convidados: Profª. Dra. Silvia Helena Aires Araújo (Café Literário – Palco 1)

09h00 – Palestra sobre o livro: “O processo criativo e editorial do livro infantil” – Autor: Fábio Aristimunho Vargas (Café Literário – Palco 1)

10h00 – Palestra: “A arte da comunicação”  – convidada: Profª. Larissa B. Mantovani (Café Literário – Palco 1)

14h00 – Rádio Feira – Literatura é a Onda     ……

15h00 – Paralelos: Livro solidário: Doação de acervo à Biblioteca Cidadã Paulo Freire – Atividades literárias: Ponto de Cultura Tirando de Letra – Associação Guatá (Bairro Vila “C”)

16h00 – Roda de Conversa: “Poesia sem fronteiras”  – Intervenção Poética  – Coordenação: Ação Poética Três Fronteiras (Arena das Ideias – Palco 2)

17h00 – Bate-papo: “Dramaturgia contemporânea” – Palestrante: Cynthia Becker – Núcleo de Dramaturgia do SESI (Café Literário – Palco 1)

18h00 – Palestra: “Viagens literárias: quando a realidade ultrapassa a fronteira da ficção” -Palestrante : André Kondo (Café Literário – Palco 1)

18h00 – Lançamento do livro e sessão de autógrafos: “Palavras de Areia” – Autor: André Kondo     Café Literário – Palco 1

19h00 – Tema: A morte e o Nascimento de outro mundo – Autor: Claudio Bersot – Coordenação: UNIFOZ (Café Literário – Palco 1)

19h00 – Painel: “Ler para Viver” – Homenagem aos 50 anos da Biblioteca Municipal Elfrida Engels Rios – Palestrante: Rogério Pereira (BBP) (Fundação Cultural)

Programação – sábado, 7 de setembro

Programação infantil

10h30 e 14h00 – Espetáculo de teatro: “Como num filme de terror” – SDS Cia. Teatral (Feira das Letrinhas – Palco 2)

Programação geral

10h00 às 12h00 – Palestra-oficina: “A formação do leitor em cenário intercultural” – Palestrante: Adriane Elisa Glasser (Fundação Cultural)

10h00 às 12h00 – Lançamento do Livro: “A formação do leitor em cenário intercultural” – Autora Adriane Elisa Glasser (Fundação Cultural)

10h00 – Bate-papo sobre o livro: “Aspectos pedagógicos da Capoeira” –  Autor: Fábio André Castilha (Café Literário Palco 1)

14h00 – Rádio Feira – Literatura é a Onda

14h00 às 17h00 – Oficina de experimentação poética: “Sarau do Burro” – Convidado: Daniel Minchoni (Fundação Cultural)

16h00 – Bate-papo: Como Escrever um Livro – “Técnicas para escrever Contos” – Autora: Isabel Furini (Café Literário – Palco 1)

17h00 – Bate-papo e lançamento do livro: “Escrito sob fogo e sangue – A decisão” – Autora: Adrieni Yassine (Café Literário – Palco 1)

18h00 – Palestra: “Literatura e música no interior do Brasil” – Convidado: Profº. Dr. Ildo Carbonera (Café Literário – Palco 1)

19h00 – Palestra sobre o livro: “Autismo comprometido: sobre poesia peruana reciente” – Pedro Granados  – Mediador: Adolfo Montejo Navas (Café Literário – Palco 1)

20h00 – Palestra: “Um certo lorde”  – Convidado: João Gilberto Noll (Café Literário – Palco 1)

20h00 – Lançamento do Livro e sessão de autógrafos:  “Solidão Continental”  – Autor: João Gilberto Noll / Apresentação: Ildo Carbonera (Café Literário – Palco 1)

21h00 – “Sarau do Burro” – Daniel Minchoni –   Papo & Música: “Tiago Rossato ao Acordeon” (Palco 2)

Programação – domingo, 8 de setembro

Programação infantil

09h30 – A arte de contar histórias: “O chapéu amarelo” – SDS Cia. Teatral (Antiquarium)

Programação geral

10h00 às 12h00 – Oficina: “Literatura Infantil: O mundo da imaginação” – Oficineira: Isabel Furini (Fundação Cultural)

10h00 – Painel: “Poesia que se pinta: a poética do grafitti” –  Convidados: Sinhá e Daniel Minchoni (Palco 2)

11h00 – Palestra: a construção do livro da associação de pais e amigos dos surdos de Foz – Prof. Mestre Alessandra Ferreira e Universitária Michele Finkler

14h00 – Rádio Feira – Literatura é a Onda

15h00 – Apresentação de teatro: “Vinicius, a vida é uma arte” – Projeto Plugado! (Tenda das Artes – Palco 2)

16h00 – Palestra: “Foz do Iguaçu Intercultural – Cotidiano e narrativas da alteridade” –  Autora: Mestre Nara Regina e Universitários do Curso de Turismo (Café Literário – Palco 1)

17h00 – Palestra: “A arte de Contar Historias” – Professora Jaqueline Benitez e Universitários do Curso de Pedagogia (Palco 2)

19h00 – Lançamento: “Confissionarium”  – Autora: Marisete Zanon / Mediação: Jeane Hanauer – Coordenação: Ponto de Cultural Academia de Letras de Foz (Café Literário – Palco 1)

20h00 – Palestra: “Vinicius de Moares: vida e obra” – Convidado: José Castelo Branco / Mediação: Rogerio Pereira (BBP) (Tenda dos Escritores – Palco 1)

21h00 – Show musical: “Vinicius, profissão poeta” –  Spartaco Saulo (Foz do Iguaçu) (Palco 2)

Fonte:
http://cbnfoz.com.br/noticias-de-foz-do-iguacu/editorial/foz-do-iguacu/23082013-37405-confira-a-programacao-da-9-feira-internacional-do-livro-2013-em-foz-do-iguacu

Deixe um comentário

Arquivado em Feira de Livros, Programações

32º Semana Literária SESC & Feira do Livro (Programação de Maringá)

Tema:Cadê o Leitor?

Autor Homenageado: Bartolomeu Campos de Queirós

Patrono do evento: Manoel Carlos Karam

BARTOLOMEU CAMPOS DE QUEIRÓS

Nasceu em Papagaio (MG), em 1944. Publicou mais de quarenta livros (alguns deles traduzidos para inglês, espanhol e dinamarquês), como Onde tem bruxa tem fada (1979) e Até passarinho passa (2004). É considerado um dos principais autores da literatura infanto-juvenil brasileira. Em 2011, publicou Vermelho amargo, seu primeiro livro voltado ao público adulto. Queirós cursou o Instituto de Pedagogia em Paris e participou de importantes projetos de incentivo à leitura no Brasil, como o Proler (Biblioteca Nacional) e o Movimento por um Brasil Literário, do qual foi o idealizador. Também atuou como educador e crítico de arte e ministrou seminários sobre educação, leitura e literatura. Foi presidente da Fundação Clóvis Salgado/Palácio das Artes e membro do Conselho Estadual de Cultura, ambos em Minas Gerais. Por suas realizações, recebeu condecorações como Chevalier de l’Ordre des Arts et des Lettres (França), Medalha Rosa Branca (Cuba), Grande Medalha da Inconfidência Mineira e Medalha Santos Dumont (Governo do Estado de Minas Gerais). Ganhou ainda o Grande Prêmio da Crítica em Literatura Infantil/Juvenil pela APCA, Jabuti e Academia Brasileira de Letras. Em 2010, foi finalista do prestigioso prêmio internacional Hans Christian Andersen de Literatura Infantil. O prêmio Ibero-americano SM reconheceu “a transcendência de sua obra que se manifesta na profundidade dos temas abordados, o respeito pelo leitor, seu compromisso com a arte literária sem concessões e o caráter poético e filosófico de sua obra”. Faleceu em 16 de janeiro de 2012.

MANOEL CARLOS KARAM

Nascido em 1947, em Rio do Sul (SC), Manoel Carlos Karam fixou-se em Curitiba nos anos 1960, onde viveu até sua morte, em 2007. Escritor, jornalista e dramaturgo, trabalhou em jornais e emissoras de TV do Paraná e, a partir da década de 1970, escreveu e dirigiu peças de teatro. Em 1995, seu romance Cebola recebeu o Prêmio Cruz e Souza, da Fundação Catarinense de Cultura, tendo sido publicado dois anos depois. Junto a ele, Fontes murmurantes (1985), O impostor no baile de máscaras (1992) e Pescoço ladeado por parafusos (2001) compõem o projeto do escritor de traçar painéis sobre um país, uma cidade, uma casa e um quarto. Karam também é autor dos contos de Comendo bolacha maria no dia de são nunca (1999), dos romances Encrenca (2002) e Sujeito oculto (2004) e da peça teatral Duas criaturas gritando no palco (2003). Considerado um dos grandes nomes da geração de prosadores dos anos 1980, deixou vários textos inéditos — entre crônica, teatro e prosa de ficção — que vêm sendo publicados postumamente, a exemplo de Jornal da guerra contra os taedos (2008).
Em sua obra, destacam-se o humor, a mistura de gêneros da prosa, personagens “genéricos” que representam os tipos comuns (em muitos casos, não possuem identidade própria ou gênero e idade bem definidos) e o enredo labiríntico.

                                 ESPAÇOS PERMANENTES

ESPAÇO INTERATIVO  BARTOLOMEU CAMPOS DE QUEIRÓS

“Da Narrativa ao poema”

Com o objetivo de mostrar  Bartolomeu com sua força poética, as palavras que se escondem e se revelam na  história,  o mistério, o passageiro e o eterno, a mágica das palavras e o resgate da infância. O espaço será composto de: Bosque da poesia,Trilha dos mistérios,Caminho dos Contos.

Exposição de ilustrações de livros infantis – “A Imagem do Medo na Ilustração de Livros Infantis Brasileiros”,
organizada pela FNLIJ – Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.
Local : Tenda das exposições.

Exposição “Lendo Os Clássicos Infantis Através da Arte”
Técnica da arte em biscuit
Arte-educadora – Eliane Gabriel Corrêa.
Local – Hall de entrada.

LEITURAS AO VENTO
Projeto de Incentivo à leitura, destinado à crianças e jovens.
São mais de 200 livros espalhados em varais para a leitura das crianças.

SINOPSE
O projeto Leituras ao Vento nasceu da iniciativa de dois professores: Maristela Melo Barroso, pedagoga e especialista em Administração Escolar; e Wagner Oliveira Candido, historiador e especialista em Metodologia do Ensino Superior. Nasceu espontaneamente a partir de suas idas em família à Praça da Catedral de Maringá, para estudar, ler um bom livro, brincar de bola, estender um lençol para relaxar junto ao gramado. Em um certo domingo do verão de 2011 surgiu a idéia: Por que não compartilhar nosso acervo de livros infantis e juvenis com as crianças e jovens que vinham passear na praça?

Local: Espaço externo da Unidade.

OFICINAS LITERÁRIAS E CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS
Voltada a alunos da Pré-Escola até o 5º ano do ensino fundamental.

Contação de Histórias- “Ciganos”
Autor: Bartolomeu Campos de Queirós

Sinopse – Ciganos – Bartolomeu Campos de Queirós
História adaptada do livro “Ciganos” do escritor mineiro Bartolomeu Campos de Queirós, conhecido como o “tecelão de imagens e sonhos”- Conta  a história de um menino que observa a chegada e a partida de ciganos em sua cidade.  Sentimentos de solidão e falta de afeto paterno são retratados nessa narrativa e o desejo de ser levado por aquele povo nômade para conhecer outros lugares.

Público: Infantil
Contadora de Histórias – Sibele Milani
Local: Biblioteca
==================
OFICINA- Palavra Puxa Palavra e Cria Poemas.
A oficina é inspirada no livro “Diário de Classe” de Bartolomeu Campos de Queiros, os participantes construirão uma poesia, poema ou versinho com palavras que surgirão do texto, uma palavra puxa a outra e o verso começa a se formar.

Público: Infantil
Local : Tenda das letras
=====================
Oficina- Baralho Narrativo-“Brincando com o Texto”.
Após a leitura do texto serão formados cinco grupos de alunos, cada grupo receberá uma ficha (A,B,C,D e E),  os alunos tem a tarefa de   embaralhar  os diversos grupos de fichas e tentar formar seqüências: Personagem, ação, espaço (lugar), tempo e a causa determinante da ação.

Público: Infantil
Local: Tenda das Letras
=====================
Oficina de Texto-Construção Oral e História Coletiva.
Na oficina o mediador lê o episódio que conta a “história de Maria do Céu que cansou de ser Ideia e virou fada”, convida  os participantes a experimentarem uma narrativa suave com linguagem simples,  a construir oralmente uma história coletiva, usando como suporte o livro “Onde tem bruxa tem fada de Bartolomeu Campos de Queirós.

Público: Infantil
Local: Tenda da Letras
=====================

Tenda dos Mistérios: Mistérios e Terror na literatura
A tenda terá uma programação diferenciada onde, várias histórias de Edgar Allan Poe serão contadas, além de lendas urbanas resgatadas pela mediadora de leitura.
Objetivo: Aprender o conceito de histórias de terror, desenvolver leitura e interpretação desse tipo de história, produzir histórias desse gênero textual.
Mediadora : Sirlei Vimieiro- Mestranda em Letras
=====================

Programação Diária

16 – Setembro (Segunda – Feira)

9h

Oficina: Ler e Criar – Poesias
Ministrante-Escritor e Poeta Jaime Vieira

Nasceu em Marília – São Paulo É professor de Língua Portuguesa e Inglesa, autor dos livros: “Desencontros”, “Ecos e Gritos”, ”Reencontro”,”Outonos”, “Reencanto”,,”Asas” e “Contra- Espelho”(Inédito). Tem 36 prêmios Literários, alguns deles são internacionais.  Escreveu durante  muitos anos a Coluna Literária “Sinal Verde”, para jornais de Maringá.  Atualmente além de membro da Academia de Letras de Maringá, faz parte da União Brasileira de Escritores (UBE) de São Paulo.

Público: 5ª ano ao ensino médio.
Local: Tenda dos autores
=====================
9h,10h,14h,15h

Espetáculo de Contação de histórias

DIVERSAS HISTÓRIAS DE UMA DIVERSIDADE DIVERTIDA.

Apresentação: Cia. Manipulando.

O espetáculo conta a história de uma menina que apesar de todas as tentativas de Bullying não se deixa levar. Mara é uma menina com detalhes que a ela não fazem diferença, o tamanho da sua orelha, seu cabelo, suas roupas, tudo cabe como uma maneira diferente de ver o mundo. Uma menina de olhos verdes vê o mundo pelas cores, cheiros, sensações e na verdade não pode ver. Um divertido e emocionante espetáculo com as “Diversas Histórias de uma Diversidade Divertida”.

Local: Salão de eventos do SESC
=====================

14H30

Lançamento de Livros e Sessão de Autógrafos – “Um Caminho Cinzento”, “Estudiosos do Macabro” e o Deserto de Ferrugem.

Escritor: Diogo Pereira.
Mediador: Marcelo Bulgarelli – jornalista

Diogo Al-chueyr Martins Pereira (ou apenas D. Pereira) nasceu em Curitiba em 1979 e atualmente reside em Maringá, no Norte do estado do Paraná. Formado em Engenharia Civil, fez cursos de desenho, pintura e histórias em quadrinhos no Solar do Rosário e no Meio Tom Atelier Studio, na capital paranaense. Leitor compulsivo dos clássicos do terror gótico, com 20 anos começou a escrever contos, chamados de “Pequenos Delírios”. No final de 2011 publicou o livro  Estudiosos do Macabro, no qual relata as aventuras e mistérios de dois detetives do oculto britânicos. Na sequência, em 2012, lançou dois novos livros, Um Caminho Cinzento (sequência do primeiro livro) e O Deserto de Ferrugem (uma obra de ficção científica com ares de terror espacial). Atualmente, além das atividades como engenheiro civil, trabalha num terceiro e último volume que encerrará as aventuras dos estudiosos do macabro e mantém uma página de divulgação discussão de histórias de terror na internet (www.facebook.com/pequenosdelirios).

Local: Tenda dos Autores
=====================

20h
MESA REDONDA: “JABUTIS NA POLTRONA”- CADÊ O LEITOR?

OSCAR NAKASATO E JOSÉ CASTELLO.
MEDIAÇÃO: Dr.Milton Hermes Rodrigues- UEM

O brasileiro lê em média pouco mais de um livro por ano, conforme números da pesquisa Retratos na Leitura no Brasil. Apenas 50% da população brasileira acima de cinco anos pode ser considerada leitora. Mas há um paradoxo, pois o mercado editorial passa por uma grande transformação e os eventos literários se multiplicam país afora. Como aumentar a média de leitura? O que tem sido feito? Até que ponto o governo tem ajudado? E a sociedade civil? O sistema educacional tem culpa pelo baixo índice de leitura?

José Castello – È  carioca nascido em 1951 e residente em Curitiba. É biógrafo, crítico literário, cronista, romancista e jornalista e mestre em comunicação pela UFRJ. Iniciou sua carreira jornalística na década de 1970. Atualmente colabora regularmente com os jornais, O Globo, Valor Econômico e Rascunho, entre outros. É também autor de perfis e biografias como “Vinicius de Moraes: O Poeta da Paixão”. Em 2007, publicou “A literatura na poltrona”, resultado de suas experiências com oficinas literárias e de jornalismo cultural. Outro livro “Ribamar” publicado em 2010 foi o vencedor do prêmio Jabuti (CBL) de romance, em 2011.

Oscar Nakasato. Nascido em Maringá-Pr em 1963. Atualmente reside em Apucarana-Pr. Graduado em Letras, Mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada, Doutor em Literatura Brasileira. Professor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Premiado no III Festival Universitário de Literatura Xerox – Livro Aberto em 1999, com os contos Olhos de Peri e Alô, ganhador do Concurso Nacional de Contos Newton Sampaio, Categoria Especial Paraná, em 2003, com o conto Menino na árvore, do Prêmio Benvirá de Literatura em 2011, do Prêmio Bunkyô de Literatura em Língua Portuguesa em 2011 e do Prêmio Jabuti na categoria romance em 2012 com Nihonjin. Autor do livro Imagens da integração e da dualidade: personagens nipo-brasileiros na ficção.
Local: Salão de eventos do SESC

Milton Hermes Rodrigues
Possui graduação em Letras Ânglo-Portuguesas pela Universidade Estadual de Maringá (1980), graduação em Direito pela Universidade Estadual de Maringá (1986), mestrado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1989) e doutorado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000). Atualmente é professor associado da Universidade Estadual de Maringá. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em literatura brasileira contemporânea

=====================

FÓRUM DA LEITURA- “LIVROS E LEITURA COMO TRANSFORMAÇÃO SOCIAL”

8h30-Conferência de abertura-Leitura, Mediação e Transformação Social
Dr. Ezequiel Theodoro da Silva – Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP – SP
=====================
9h30-Apresentação do texto Vermelho Amargo – Bartolomeu Campos de Queirós.
Escritora, diretora e atriz- Majô Baptistoni – Academia de Letras de Maringá.
=====================
10h- Palco de debates- Os jovens e o exercício da Leitura em tempos atuais.

Profa. Dra. Alice Aurea Penteado Martha, da Universidade Estadual de Maringá (UEM),
Prof. Dr. Ezequiel Theodoro da Silva – Da Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP

Mediação: Escritora Olga Agulhon – Academia de Letras de Maringá
=====================
11h30- Autógrafos dos participantes da mesa redonda.
=====================

14h- Palestra: Leitura e Memória
Francisco Gregório Filho – Sistema Nacional de  Bibliotecas Públicas – Rio de Janeiro
=====================

15h – Palco de debates: Práticas de leitura na escola.

Francisco Gregório Filho – Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas. Rio de Janeiro
Prof. Dr. Renilson José Menegassi- da Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Mediação: Rogério Recco – Academia de Letras de Maringá
=====================

16H30 – Experiências em Projetos de Leitura-Biblioteca do Papai Quinha – Formando Leitores.
Profa. Dra. Tânia Maria Gomes da Silva – Coordenadora de Pós-Graduação
Faculdade Metropolitana de Maringá – Unifamma
=====================

17H30 – Autógrafos dos participantes da mesa redonda.
 

*Ezequiel Theodoro da Silva
Possui Graduação em Língua e Literatura Inglesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1971), Mestrado em Educação – Leitura – University of Miami (1973) e doutorado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1979). Atualmente é professor aposentado – colaborador voluntário da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em pedagogia, psicologia e didática, atuando principalmente com os seguintes temas: leitura, formação do professor, biblioteca escolar e leitura na Internet. Desenvolve também estudos e pesquisas na área da pesca esportiva, fazendo a manutenção de um portal da Internet. Mais recentemente inaugurou o PORTAL LEITURA CRITICA onde inseriu boa parte da sua obra e promove a formação dos professores para o ensino da leitura. Ex-secretário municipal de Educação de Campinas. Sócio fundador e presidente de honra da Associação de Leitura do Brasil – ALB (biênio 2007-2008).

Alice Áurea Penteado Martha
Possui graduação em Letras pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Penápolis (1969), mestrado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1988) e doutorado em Letras Assis pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1995). Atualmente é professor Associado da Universidade Estadual de Maringá. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: leitura, literatura infantil, literatura brasileira, literatura e Monteiro Lobato. É votante, desde 2005, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ, Coordenadora do Centro de Estudos de Literatura, leitura e escrita: história e ensino – CELLE, certificado pelo CNPq/UEM; participa do Grupo de Pesquisa Leitura e Literatura na Escola, que congrega professores de diversas universidades do país. Coordenadora do GT de Leitura e Literatura Infantil e Leitura, da ANPOLL desde 2010

Olga Agulhon
Possui graduação em  Pedagogia e Letras,  especialista em literatura brasileira , membro da União Brasileira de Trovadores, dona de extenso currículo literário. Foi presidente da Academia de Letras de Maringá . Tem vários livros publicados: “Delírios  – 1991 (poesias), “As Três Estatuetas de Bronze” – 2000 (infanto-juvenil), “O Tempo” – 2003 (poesias), “Germens da Terra” – 2004 (contos).  Maneja com a mesma habilidade a Trova, a Poesia Livre e a Prosa.

*Francisco Gregório Filho
Nasceu em Rio Branco, no Acre, e formou-se em artes cênicas pela UNIRIO. Geriu projetos culturais e tem sido um dos organizadores do Programa Nacional de Incentivo à Leitura (PROLER), implantado e 1992. Desde então desenvolve oficinas de formação de contadores de histórias para educadores sociais, estudantes e profissionais de diferentes áreas. Além de atuar no Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas. Alguns de seus livros são “Lembranças Amorosas”, “Dona Baratinha e Outras Histórias” e a mais recente “Ler e Contar, contar e ler – caderno de Histórias,

Rogério Recco
Jornalista e escritor em Maringá, é natural de Assis (SP).Como jornalista, trabalhou em jornais de Maringá, Londrina e Curitiba. Especializado em agronegócio, é assessor de imprensa da Cocamar, da Sicredi União e da Associação dos Produtores de Bioenergia do Estado do Paraná (Alcopar). Foi colaborador da Revista Globo Rural,editor do Caderno Agrícola de O Estado do Paraná e é integrante da Associação dos Jornalistas de Agronegócio do Paraná (Ajap).  Ao longo de sua carreira, foi ganhador de vários prêmios de jornalismo concedidos pela Associação Brasileira de Marketing Rural, Associação Brasileira de  Comunicação Empresarial e Organização das Cooperativas do Paraná-Ocepar. É editor do Jornal de Serviço Cocamar.
Como escritor, é autor de diversas obras que retratam, basicamente,  o resgate da história regional.   Fundador do Instituto da Árvore,  é membro da Academia de Letras de Maringá e foi agraciado com o Mérito Municipal em 2008.


Renilson José Menegassi

Doutor em Letras pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho (UNESP-Assis). Atua nas linhas de pesquisa ‘Ensino e Aprendizagem de Línguas’, enfatizando-se a leitura e a escrita em situação de ensino, e ‘Formação do Professor de Língua’, investigando a constituição da escrita na formação inicial e continuada. Coordena o Grupo de Pesquisa Interação e Escrita no Ensino e Aprendizagem (UEM/CNPq), Docente da Universidade Estadual de Maringá. Atualmente, coordena três projetos de pesquisa financiados pela Fundação Araucária, um deles com Bolsa de Produtividade de Pesquisa.

Majô Baptistoni
Formada em Letras-Português pela UEM, Pós-graduação  em Ensino de Artes pela SOET, Curso de  Artes Cênicas pela Fundação Teatro Guairá e UEM;  Aperfeiçoamento em Artes Cênicas pela Fundação Teatro Guaíra; Membro da Academia de Letras de Maringá; Autora dos livros: Pingos de Vida, O Pintinho Assustado , O Menino que Ganhou uma Boneca e Rosas para Margarida (no prelo).
Escreve contos e textos para teatro, presidente da Cia Teatral Tipos & Caras.

Tânia Maria Gomes da Silva*
 Presidente da Comunidade Social Cristã Beneficente, entidade filantrópica sem fins lucrativos  e coordenadora dos projetos culturais da entidade. Pós-doutoranda em História (UFPR), doutora em História (UFPR), Mestre em História (UEM). Tem experiência na área de família das camadas populares, mulheres e gênero. Coordenadora dos cursos de pós-graduação da Faculdade Metropolitana de Maringá e professora dos cursos de graduação e pós-graduação. Desenvolveu trabalhos voluntários na Associação Obras Sociais Irmã Dulce, na Bahia e no Nagalynea College, na Austrália, que trabalha com aborígines em situação de vulnerabilidade.

Público – O Fórum  da Leitura  é voltado a educadores, especialistas ,profissionais da área de literatura e público em geral.

Local: Anfiteatro do Senac
Horário: 8h às 18h
Carga horária: 08 horas.
Os participantes receberão certificado.
=====================
17 – Setembro (Terça – Feira)

9h,10h,14h,15h
– O CIRANDEIRO – Apresentação: GRUPO ALMAZEM TEATRO DE BONECOS

Sinopse: “O Cirandeiro” é um espetáculo de bonecos destinado a crianças de todas as idades. Cantar, brincar de roda, cirandar… Um ator e seu violão, apoiado em situações desenvolvidas ludicamente através do teatro de animação, cria situações inesperadas e às vezes inusitadas, que deleitam grandes e pequenos. “O Cirandeiro” surpreende a criança com um universo rítmico e melodioso nem sempre presente no seu cotidiano. Surpreende o adulto gerando um clima nostálgico que ele logo identifica como os momentos felizes da infância.

Público: Infantil e infantojuvenil
Local: Salão e eventos do SESC
=====================

9h30, 14h
Literatura e Música
“Música para Vinicius”

O Objetivo da oficina é possibilitar uma imersão dos alunos no mundo do artista.
A oficina oportunizará as crianças o acesso ao universo literário de Vinicius de Moraes, fazendo uso de instrumentos musicais interagindo com a poesia e a música, levando-os a constituírem uma relação diferenciada com a literatura e consequentemente tornarem-se futuros leitores e apreciadores da literatura e da música do autor.

Público: A partir 11 anos
Duração: 40 min
Realização: Centro de Difusão Musical do SESC
Local: Tenda dos autores
=====================
15h
LANÇAMENTO DE LIVRO E SESSÃO DE AUTÓGRAFOS
LIVRO: 1+1=3  Sem Limites

Sinopse
O livro traz várias ideias como meio de romper limites, sejam os criados por nós mesmos ou os que o meio nos impõem. A intenção é trazer aos leitores a sensibilidade de identificar esses limites, para que possam rompê-los.
 “Uma das peculiaridades do livro é ter página comestível.”
Luiz Maurício Bidim, nasceu em Maringá, Paraná, tem 22 anos, é  formado no curso de Marketing pela faculdade América do Sul.
Rafael Jorge Pinhatti,  nasceu em Maringá, Paraná , tem 21 anos  e está cursando o 4º ano de Direito, no CESUMAR.

=====================

19h30

Literatura e Cinema
Meu nome é Paulo LeminsKi

Embate entre pai e filho em torno de poesia de Paulo Leminski. “Tudo que eu faço, alguém em mim que eu desprezo sempre acha o máximo; mal rabisco, não dá mais para mudar nada, já é um clássico”.
Duração: 5 min
Ano: 2004
Cidade: Rio de Janeiro  RJ País: Brasil
Mediação: Bárbara Gennaro

Local: Salão de eventos do SESC
=====================
18 – Setembro (Quarta – Feira)

9h,10h,14h,15h
Espetáculo de Contação de Histórias : ONDE TEM BRUXA TÊM FADA.

    Apresentação:  Cia Fanto Kid’s

Sinopse – Onde tem bruxa tem fada – Bartolomeu Campos Queirós
Para onde vai o mundo sem imaginação nem fantasia?
Imagine a decepção de Maria do Céu, uma fada que vem á terra e descobre que o consumismo tomou conta de todos e que não há mais lugar para o sonho e a fantasia!
Uma fábula cheia de fascínio, que nos leva a refletir sobre as convenções impostas pelo progresso.
Seria o sacrifício do amor e da liberdade em troca do conforto material?
A Cia Fanto Kid’s faz uma adaptação livre, utilizando-se dos recursos do teatro de bonecos e animação, para contar, de forma lúdica, esta incrível história. Por meio de objetos que ganham vida, as atrizes e contadoras de histórias Rô Fagundes e Luara Fagundes, convidam o público infantil a fazerem uma viajem pelo mundo da imaginação.

Elenco: Rô Fagundes e Luara Fagundes.
Duração da história: 45min.
Técnica Utilizada: Teatro de bonecos e animação de objetos.
Trilha sonora: Cairan Fagundes

Publico: Infantil
Local: Salão de eventos do SESC
=====================
9h30, 14h30

Literatura em Cena
 Histórias com contos de Edgar Allan Poe

A Cia Em Cena Ser apresenta Histórias de  Terror de Edgar Allan Poe uma contação de histórias com os contos: Sepultamento prematuro, O Poço e o Pêndulo e Hop Frog.  Numa relação direta com a plateia, a atriz recria o clima de horror presente nessas narrativas.  E quem acha que contação de histórias é coisa de criança, precisa ver esta! 
Duração: 45 minutos
Indicação: a partir 12 anos
Adaptação e Interpretação: Cristiana Gimenes
Direção: Andreza Domingues

Público: Adolescentes e adultos.
Local: Tenda dos mistérios
=====================

16h
Literatura e Cinema
Transubstancial

 Dir. Torquato Joel – Sinopse: Uma visão existencialista da obra do poeta Augusto dos Anjos a partir de fragmentos de seus poemas.
Título: Transubstancial
Programadora Brasil
Duração: 17 min
Ano: 2003
Cidade: João Pessoa UF(s): PB País: Brasil
Gênero: Ficção

Mediação: Bárbara Gennaro
Local: Tenda dos Autores
=====================
20h

 Mesa redonda “ A Força do Escritor”-Antonio Torres
Mediação: Wilame Prado

A FORÇA DO ESCRITOR
Que tipo de transformação social a literatura é capaz de empreender num país como o Brasil? Vamos discutir de que maneira se dá a interferência da ficção no dia a dia das pessoas, no cotidiano social. É possível falar em potência social das ficções?

 Antônio Torres nasceu no povoado de Junco (onde atualmente é Sátiro Dias), na Bahia, e escreveu uma extensa obra que hoje o coloca como um dos mais importantes escritores de sua geração. Autor de romances como “Um cão uivando para a lua” (1972), “Essa terra” (1976) e “Meu querido canibal” (2000), Torres é vencedor de diversos prêmios literários: já levou o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, o Zaffari & Bourbon, da Jornada Literária de Passo Fundo (RS), e o Prêmio Jabuti de Romance, em 2007. Ele também foi condecorado pelo governo francês com o título de “Chevalier des Arts et des Lettres” e tem seus livros publicados em 11 países.

Wilame Prado nasceu em São Paulo-SP, em 1985. Formou-se em jornalismo e atua como repórter e cronista. “Charlene Flanders, que voava em seu guarda-chuva roxa, mudou minha vida” é seu livro de estreia.  Atualmente mora em Maringá.
Local: Salão de eventos do SESC
=====================

19 – Setembro (Quinta – Feira)
9h,10h,14h15h

Apresentação do espetáculo teatral:   Cotidiani Clown
Grupo : Meu Clown

Direção: Marcelo Colavitto 
O espetáculo apresenta cenas do cotidiano de um grupo de palhaços que se relacionam entre si e com objetos comuns do dia-a-dia.    
Em cotidiani Clown, resgata-se o espírito ingênuo das brincadeiras da infância de todos nós, compartilhando com os palhaços a alegria e a emoção da descoberta que cada elemento proporciona: um bambolê, uma piscina inflável, o jogo das cadeiras, músicas folclóricas e da infância, fazem com que todos experimentem um sentimento puro e inocente, presente naqueles que se permitem ser o que são que se libertam das amarras sociais e se deixam ser no momento presente.

      Duração: 60 minutos

Público: Infantil
Local: Salão de Eventos do SESC
=====================
9h
Literatura e Cinema

Meu nome é Paulo LeminsKi
Embate entre pai e filho em torno de poesia de Paulo Leminski. “Tudo que eu faço, alguém em mim que eu desprezo sempre acha o máximo; mal rabisco, não dá mais para mudar nada, já é um clássico”.
Duração: 5 min
Ano: 2004
Cidade: Rio de Janeiro- RJ País: Brasil
Programadora Brasil
Mediação: Bárbara Gennaro

Local: Tenda dos mistérios
=====================

14h30 –
Horror Cult: Literatura e Cinema de Arrepiar!

Leitura do prólogo da obra Paranorman, da editora Salamandra.- trailer do filme Paranorman e comentários.
Contos de horror do livro xeque mate, de Roberth Fabris lidos em forma de leitura dramática.

Biografia
Roberth Marcel Fabris é crítico de cinema e artes, Mestre em Letras UEM, Pós-Graduado em Arte-Educação, Membro da Academia de Letras de Maringá, Acadêmico de Artes Cênicas PARFOR 2012, autor das obras Xeque Mate, Noites.

Público: Adolescente

Local:Tenda dos Mistérios
=====================
20h

Literauta e Cinema
Título: Transubstancial

Uma visão existencialista da obra do poeta Augusto dos Anjos a partir de fragmentos de seus poemas.
Duração: 17 min
Ano: 2003
Cidade: João Pessoa)-PB País: Brasil
Mediadora: Bárbara Gennaro
Gênero: Ficção
=====================

20 – Setembro (sexta – Feira)

8h30
Literatura e Cinema
CineSesc
Helena de Curitiba 

SINOPSE: “Helena de Curitiba” narra a história da professora e poetisa paranaense Helena Kolody. O documentário traz imagens e depoimentos inéditos da poetisa, colhidos um mês antes de sua morte, em fevereiro de 2004, aos 92 anos. O enredo do filme nasce com cenas fictícias da infância e adolescência dela em meio à natureza paranaense, passando pelo amadurecimento da escritora, professora, e mostrando a sua história como filha, jovem, mulher e autora. Relata parte da história da imigração ucraniana no Paraná através de imagens do acervo da Cinemateca de Curitiba. Adquirindo este filme, o Sesc estará valorizando a arte e cultura local, propiciando o acesso deste importante registro histórico pelo público de todo o Estado.
Dir. Josina Melo – 31 minutos
Público: Livre
Mediação: Bárbara Gennaro

Local: Tenda dos mistérios
=====================

9h,10h,14h,15h

Espetáculo de contação de histórias – A CASA DOS CONTADORES DE HISTÓRIAS.
Apresentação: Cia. dos Ventos

Numa casa muito engraçada, que não tinha teto e não tinha nada, moram mãe e filha. A mãe é uma contadora de histórias de profissão e ensina a sua interessada filha, sobre como nasceu seu gosto pelas histórias e em que momento esse gosto passou a ser um modo de vida. A sua experiência e suas referências são repassadas à filha. Uma história com muitas Histórias e muita música. Um trabalho com atores e objetos.

Público Infantil
Local: Salão de eventos do SESC
=====================

9h30-Papo Aberto com o Escritor
Nivaldo Donizete Mossato – Academia de Letras de Maringá

Público: Livre
Local: Tenda dos Autores
=====================

14h30
BATE-PAPO: Mistérios e Terror na literatura
Escritora: Heloísa Prieto

Mediação: Marcelo Bulgarelli
 

A escritora Heloisa Prieto, reúne dez relatos que são construídos de uma forma meticulosa, tomando por base lendas urbanas que circulam pelo país e apresenta em seu livro: Rotas fantásticas (FTD, 2003), enveredando pelos caminhos do sobrenatural.  Este será o foco das discussões no encontro marcado com a escritora, mistérios e terror na literatura.
Heloisa Prieto, paulistana, nasceu em 1954. É formada em Letras, mestre em comunicação e semiótica e Doutora em teoria literária pela USP. Heloisa é tradutora e autora de diversas obras de literatura infanto-juvenil, se divide entre escrever, traduzir, coordenar coleções e ministrar oficinas de criação literária para crianças e adolescentes. Sempre gostou de literatura gótica dedicando-se a escrita e pesquisa desse gênero.  Entre seus trabalhos mais recentes, destacam-se “De Primeira Viagem” e “O Imperador Amarelo”. E para as crianças, “O Jogo da Parlenda” e a “Panela da Paz”, uma homenagem ao seu pai.

Marcelo Bulgarelli –  natural de Petrópolis, Rio de Janeiro. está radicado em Maringá há 15 anos. trabalhou durante dez anos em o Diário do Norte do Paraná e cinco anos na rádio CBN. em o Diário foi repórter e editor de cultura , trabalhou na RIC rede Record em Maringá como editor- chefe atualmente é produtor da TV Cultura – globo de Maringá  -RPC.  Atualmente trabalha na Viapar como assessor de Comunicação.
Público: Adolescente
Local: Tenda dos mistérios
=====================

20h
MESA REDONDA: “POESIA MARGINAL E OUTRAS POESIAS”

ANTONIO CÍCERO E RICARDO CHACAL
MEDIAÇÃO: Alexandre Gaioto
 

Que tipo de transformações sociais a poesia brasileira foi capaz de empreender desde a década de 70? Quais tendências poéticas se delineavam  nesse período?   Os poetas que surgiam desse período eram em sua maioria de classe média alta, com boa formação acadêmica e viviam em um momento de censuras.  Movimentos literários  como a poesia Marginal ou de mimeógrafo começam a surgir gerando uma poesia mais pessoal e afinada com seu momento histórico, ela ainda sobrevive?  E o que nos mostra o cenário da poesia brasileira hoje?

Antonio Cícero Correia Lima, nasceu em 1945, no Rio de Janeiro.  Formado “Bachelor of Arts” em Filosofia pelo University College London, da Universidade de Londres (1972), o poeta e ensaísta Antonio Cicero é autor, entre outras coisas, dos livros de ensaios filosóficos O mundo desde o fim ( 1995), Finalidades sem fim ( 2005) – obra finalista do Prêmio Jabuti de 2006, na categoria Teoria / Crítica Literária – e Poesia e filosofia ( 2012), e dos livros de poemas Guardar (1996) – obra que recebeu o Prêmio Nestlé em 2007 –,  A cidade e os livros ( 2002), Porventura (2012) e, em colaboração com o pintor Luciano Figueiredo, O livro de sombras: pintura, cinema e poesia ( 2010). Em colaboração com o poeta Eucanaã Ferraz, organizou a Nova antologia poética de Vinícius de Moraes (2003) e, em colaboração com o poeta Waly Salomão, organizou o livro O relativismo enquanto visão do mundo (1994). Organizou o livro Forma e sentido: poesia contemporânea (RJ: EdUERJ, 2012). Antonio Cicero é autor do “Posfácio” à Antologia poética de Carlos Drummond de Andrade (SP: Cia das Letras, 2012).

Ricardo de Carvalho Duarte, nasceu no Rio de Janeiro, em 1951, é músico, letrista e poeta. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Fez parcerias na composição de letras de música com artistas como Lulu Santos e Blitz. Chacal, como é conhecido, também foi co-autor em várias peças e publicou diversos livros, entre eles, “Comício de Tudo”, “Posto Nove” e “Belvedere”. Foi um dos criadores do espaço CEP 20.000 (Centro de Experimentação Poética), onde atualmente é diretor e no qual se apresentavam performers, bandas de rock, vanguardas em geral, entre outros.

Alexandre Gaioto, formado em Letras (UEM) e Jornalismo (CESUMAR), é repórter do jornal O Diário. Colaborou com as seções de cultura dos jornais O Estado do Paraná, Folha de Londrina, Gazeta do Povo, Zero Hora e Jornal do Brasil.
Local: Salão de Eventos do SESC

Público: Adulto
=====================
Apoio
Academia de Letras de Maringá

Livrarias participantes

Livrarias  do Chaim
Livrarias Curitiba
Livraria Espaço do Livro
Livrarias Paulinas
SeboMultimania

Oficinas Literárias – 8h às 11h e 13h30 às 17h
As Oficinas Literárias para o público infantil- acontecem todos os dias como atividade permanente, de hora em hora, necessitando de agendamento prévio.

Sesc- Serviço Social do Comércio- Av. Duque de Caxias,1517 – zona 7
Telefone de contato(44) 3262-3232 -laidesousa@sescpr.com.br

Fonte:
Laide Cecilia de Sousa | Assistente Administrativo
Biblioteca
Av. Lauro Eduardo Werneck,1517 | CEP 87020 025 | Maringá- PR
Tel: (44) 3262-3232 | email: laidesousa@sescpr.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Maringá, Programações

Centro de Letras do Paraná (Centenário e Programação)

OS FESTEJOS DO CENTENÁRIO DO CENÁCULO

Divulgue a nossa Cultura, 
que o verso e a prosa nos dá, 
alçando a literatura 
e as Letras do Paraná. 

Nei Garcez 
Academia Paranaense da Poesia 
UBT-Curitiba/Paraná/Brasil

Muito nos ufana vivenciar o “Centenário do Centro de Letras do Paraná”, modelar e tradicional entidade cultural que congrega o que há de melhor no seio da intelectualidade de nossa terra.
Volvendo no tempo, deparamos com o 19 de dezembro de 1912, quando um grupo de idealistas, sessenta e cinco ao todo, inclusive quatro damas, reuniu-se no Salão de Honra do Diário da Tarde, Euclides Bandeira à frente, criando o Sodalício.
Dez anos depois, o mesmo Euclides assim justificava o acontecimento, verbis: “A ideia básica do Centro de Letras do Paraná consistia, em suma, na organização de uma biblioteca paranaense, porque ocorria fato interessante: muito se falava no Paraná Literário, na pujança espiritual e numérica de seus poetas, prosadores, dramaturgos, comediógrafos, etc. enfim, proclamava-se em todos os tons o estranho brilho com que o Estado exsurgia no convívio intelectual do país, mas em verdade, a produção representante em livros não correspondia a tamanho ruído” (.In “Euclides Bandeira, Biografia e Antologia”, de Paulo Roberto Karam).
E, para remover a desproporção, eis que apenas “as magnificas revistas de artes, legítimos primores que na radiosa esfera do pensamento prestaram ótimos serviços ao Estado”, o nosso primeiro presidente declarava, “… que não era a falta de operosidade, nem de capacidade criadora de nossos plumitivos, pois muitos até possuíam dois ou três volumes, carinhosamente escritos, ao fundo da gaveta. O óbice era de ordem pública e foi o que o Centro de Letras do Paraná se propôs a remover pela conjugação da vontade de todos, numa sorte de cooperativismo literário” (obra citada, página 44).
Agora, cem anos passados, quando, eufóricos festejamos, relembramos, com extrema gratidão, todos aqueles que nos legaram tão precioso acervo, cumprindo-nos preservá-lo a todo custo, a fim de que atual e as futuras gerações dele possam usufruir!
O mês de novembro ensejará outros tributos em hosanas a própria História do Centro de Letras do Paraná, certo que os Poderes Legislativos Municipais e Estaduais, homenagearão o nosso Centenário, como consta da programação respectiva.
Urge, porém, que os caríssimos confrades e confreiras prestigiem todos os eventos, tal como tem acontecido com aqueles até agora realizados. 
PROGRAMAÇÃO
DIA 06
16 HORAS
Reunião da Diretoria e do Conselho Fiscal.
17 HORAS
Tribuna Livre. Oportunidade para manifestação dos associados e convidados.
DIA 13
17 HORAS
Palestra do presidente da Rádio/TV Educativa, Dr. Paulo Vítola.
Tema: “O papel da Rádio e Televisão Pública na cultura em geral”.
17hrse45min.
Lançamento da “Coleção Tagarela, composta de cinco livros de história infantil”.
Autora: Poetisa e confreira Adélia Maria Woellner.
DIA 20
09hrse30min.
Homenagem da Câmara Municipal de Curitiba ao Centro de Letras do Paraná.
Local: Palácio Rio Branco.
17 HORAS
Terça da Poesia, a cargo da Academia Paranaense da Poesia.
18 HORAS
Término do prazo para indicação de novos associados, na forma estatutária.
DIA 27
14hrse30min.
Homenagem da Assembleia Legislativa do Estado ao Centro de Letras do Paraná.
Local: Edifício Anibal Khury, Praça Nossa Senhora do Salete, Centro Cívico.
Luís Renato Pedroso
Presidente.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias Em Tempo, Programações

BH– Cultura (Programação de Literatura 23 a 31 de Outubro)

Terças e quintas, às 9h 
Centro Cultural Jardim Guanabara
Literatura, Teatro de Bonecos e Brincadeiras. 
Público: acima de 14 anos. 
Dia 23, às 9h30
Centro Cultural Vila Santa Rita
Hora do Conto e da Leitura Especial com Diego D´ávila.
Dia 23, às 10h
Centro Cultural Venda Nova
Leitura para Crianças com Hilda Palhares, Robson Souza e Regina Vaz.
Dia 23, às 10h30
Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte
Como Sonham os Bichos com Simone Teodoro. 
Livro O Sonho do Ursinho Rosa, de Roberto Aliaga e Helga Bansch.
Dia 23, às 14h
Centro Cultural Urucuia
Seleção de Poemas. 
Leitura, seleção e decoração de poemas infantis.
Dia 23, às 14h30
Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte
A Bola Rola Nestas Letras com Ícaro Bravo. 
Leitura de textos literários sobre o futebol. 
Público: acima de 10 anos.
Dia 23, às 14h30
Centro Cultural Vila Santa Rita
Hora do Conto e da Leitura Especial com Diego D´ávila.
Dia 25, às 9h30
Centro Cultural Vila Santa Rita
Encontro com o Autor. 
Escritora: Branca Maria de Paula sobre o livro Claro e Escuro.
Dia 25, às 12h30
Centro de Cultura Belo Horizonte
Livro do Mês. Apresentação de Shazam, de Álvaro de Moya. Dia 19, às 17h
Gotas Literárias. Leitura de poemas, contos e crônicas.
  
Dia 25, às 14h30
Centro Cultural Zilah Spósito
Roda de Leitura com Rodrigo Teixeira. Público: acima de 8 anos.
Dia 25, às 19h
Centro Cultural Vila Santa Rita
Sarau Lítero-musical com Ronildo Arimatéia, Diego D´ávila e Paulo H. Rocha.
Dia 26, às 14h
Centro Cultural Vila Fátima
Jogo da Palavra com Éricka Martin. 
Público: acima de 8 anos.
Dia 26, às 19h
Centro Cultural Zilah Spósito
Sarau Luardente. Participação do grupo Rosas do São Bernardo.
Dia 27, às 9h30
Palestra
Centro Cultural Venda Nova
Especiarias: Um Toque Especial na Culinária com Sayury Rodrigues Maireles.
Dia 27, às 10h
Centro Cultural Padre Eustáquio
Sementes de Poesia com Regina Mello. 
Recital de poesias.
  
Dia 29, às 14h
Biblioteca Regional Santa Rita de Cássia
Graciliano para Crianças com Érica Lima. 
Livro Alexandre e Outros Heróis, de Graciliano Ramos.
Dia 30, às 9h30
Centro Cultural Venda Nova
Lê uma História pra Mim? com Éricka Martin. 
Público: infantil.
Dia 30, às 10h30
Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte
Como Sonham os Bichos com Simone Teodoro. 
Livro O Sonho do Ursinho Rosa, de Roberto Aliaga e Helga Bansch.
Dia 30, às 14h
Centro Cultural São Bernardo
Graciliano para Crianças com Erica Lima. 
Livro Alexandre e Outros Héróis. 
  
Dia 30, às 14h
Centro Cultural Urucuia
Roda de Histórias com Rodrigo Teixeira.
Dia 30, às 14h30
Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte
A Bola Rola Nestas Letras com Ícaro Bravo. 
Leitura de textos literários sobre o futebol. 
Público: acima de 10 anos.
Dia 30, às 14h30
Centro Cultural Zilah Spósito
Lê uma História pra Mim? com Éricka Martin. 
Público: acima de 4 anos.
Dia 31, às 19h
Centro Cultural Zilah Spósito
Fantasmas das Cidades com Edward Ramos. 
Histórias sobre lendas urbanas. 
Público: infantil.
  
Fonte:
BH-Cultura  

Deixe um comentário

Arquivado em Belo Horizonte, Programações

Casa do Poeta de Canoas (Sarau de Aniversário)

A Casa do Poeta de Canoas realizará 

Sarau de Aniversário 

28/09/2012, Sexta-feira, às 19 horas 

no Conjunto Comercial Canoas

Rua 15 de Janeiro, 481 – Centro / Canoas
Gostariamos de contar com o prestígio da presença de todos nosso associados, 
parceiros, amigos e simpatizantes para abrilhantar este evento que comemora os 
10 anos de existência de nossa entidade.. 

Maria Luci Cardoso Leite
Presidente da Casa do Poeta de Canoas

PROGRAMAÇÃO DAS ATIVIDADES ALUSIVAS AOS 10 ANOS DA CASA DO POETA DE CANOAS

Dia 26 de setembro (quarta-feira)

Participação no XX Congresso de Poesia na cidade de Bento Gonçalves , com apresentação do Grupo de Teatro da Casa do Poeta com a peça TRAVESSIA.

Dia 28 de setembro (Sexta-feira)

19h – Sarau de Aniversário no Conjunto Comercial de Canoas.

Dia 2 de outubro (Terça-feira)

18h30min – Abertura Oficial de Exposição de fotos dos 10 anos de atividades da Casa do Poeta na Biblioteca Publica João Palma da Silva.

19h – Projeto Confraria da Leitura – Auditório da Bibliotecas João Palma da Silva.

 Palestrante: Jornalista e escritor Canabarro Tróis Filho (Tonito), tendo também a presença do Irmão Henrique Justus.

Dia 5 de outubro (Sexta-feira)

19h – Tributo a Roberto Carlos, com Luis Lisboa e Norberto Prado.
 Antiga estação férrea – Av. Victor Barreto, 2301 – Centro – Canoas

Dia 6 de outubro (Sábado)

12h – Almoço Comemorativo aos 10 Anos de nossa entidade, com Sarau Poetico Musical e Lançamentos da Coletânea da UBE Nucleo Canoas , Coletânea Dasnieve Daspet e Amigos núcleo Canoas e o livro “Amor de Alma” da escritora Neida Rocha.

 Restaurante Italianíssimo – Coronel Vicente, 260 – Centro – Canoas.

Dia 9 de outubro (Terça-feira)

13h – Lançamento da 4ª Edição do Projeto Poesia no Ônibus.

Dia 9 a 11 de outubro

Participação com contação de história, oficinas literárias e Sarau na feira do livro da Escola Estadual Érico Veríssimo no bairro Igara

Dia 18 de outubro (Quinta-feira)

18h – Homenagem na Câmara de Vereadores pelos 10 anos de atividades da entidade.
 Câmara Municipal de Canoas – Rua Ipiranga, 123 3º andar – Centro

Dia 26 de outubro (Sexta-feira)

15h – Homenagem aos Ferroviários pela passagem do seu dia (31/10), com Exposição de objetos cedidos pelo Museu do Trem de São Leopoldo e exibição do curta metragem “Dormentes do Tempo”, na versão original 30mm.
 Antiga estação férrea – Av. Victor Barreto, 2301 – Centro – Canoas

19h – Apresentação da peça A TRAVESSIA, pelo Grupo de Teatro da Casa do Poeta. Encerramento das atividades alusivas ao aniversário da Casa do Poeta de Canoas.
 Antiga estação férrea – Av. Victor Barreto, 2301 – Centro – Canoas

Fonte:
Casa do Poeta de Canoas

Deixe um comentário

Arquivado em Canoas, Programações, Rio Grande do Sul, Sarau